Conferência de terraplanistas acusa “poderosos” de tentar “negar existência de Deus”

Este domingo, terraplanistas italianos reuniram-se numa conferência em Palermo, na Sicília. Três oradores abordaram o tema, referindo argumentos para sustentar a crença de que a Terra é realmente plana.

Agostino Favari, Calogero Greco e Albino Galuppini foram os três palestrantes que deram início à conferência com a seguinte frase: “Não vamos adiantar as nossas profissões. A única coisa que importa é que a Terra é plana.” Para assistir à palestra, as pessoas tinham de pagar vinte euros, incluindo os jornalistas. “Se quiserem ouvir as nossas teorias, terão que pagar”, avisaram logo no início da conferência.

Greco abriu a palestra explicando que iria sustentar que a Terra é plana através da descoberta de novos territórios que vão além do pólo Norte. Segundo os palestrantes, o pólo Norte não passa de uma invenção geográfica, uma vez que, segundo eles, está localizado no centro da Terra plana e não no extremo.

“Como explicar, então, a possibilidade de viajar entre um pólo e outro? A prova é que não se pode fazer esta viagem porque o Tratado da Antártida proíbe. Portanto, há algo escondido nesta proibição. Outro exemplo é o facto de afirmarem ser possível voar verticalmente, mas ninguém pode descolar sem uma autorização da torre de controlo”, sustentou Favari.

Para convencer o mundo das suas convicções de terraplanismo, os palestrantes mencionaram constantemente “as teorias conspiratórias organizadas por poderes fortes”.

Os astronautas são atores, a NASA é como a Disneylândia. A circum-navegação da Terra é uma ilusão. A força da gravidade não existe. A prova de que a Terra é plana está numa garrafa cheia: basta colocá-la horizontalmente para perceber que a água nunca se curva”, frisaram. “Essa história de que a Terra é esférica foi engendrada por um movimento subterrâneo que quer negar a existência de Deus.”

Que o tema desperta muita curiosidade, não é novidade. Por esse motivo, a conferência italiana reuniu mais jornalistas do que participantes. Das 50 pessoas que se inscreveram, apenas cindo afirmaram acreditar que a Terra é realmente plana. Os demais eram jornalistas e curiosos que vieram de diversa regiões de Itália para passar o fim de semana na Sicília ou apenas para se divertir.

Eliana Urbano Raimondi, de 24 anos, formada em educação artística e curadora de exposições, escolheu passar o domingo na conferência em Palermo. “As teorias sobre a Terra plana sempre me fascinaram. Eu gosto de ir contra a corrente, contra argumentos preestabelecidos que o sistema nos propõe”, disse a jovem, explicando que “o nosso planeta pode ser como o pingente plano do colar”.

Na sala de conferências do Hotel Garibaldi, havia também muitos céticos, como Marco Guzzio, de 38 anos, formado em História e Filosofia. “Eu ouvi estes boatos há anos, como uma realidade distante, mas uma vez que tive a oportunidade de ver de perto, acho que é meu dever dar uma oportunidade a estas palavras.”

Apesar de o matemático e astrónomo grego Eratóstenes de Cirene ter calculado que a Terra é esférica, em 240 a.C, muitas pessoas ainda acreditam no terraplanismo.

Andrea Aparo von Flüe, docente de Física na Universidade de Roma, explicou alguns motivos que levam os terraplanistas a negar as evidências. “Aceitar as principais descobertas científicas requer a rejeição de uma narrativa existente. Este é o caso da evolução no contexto das interpretações fundamentalistas da Bíblia. Para aqueles que acreditam literalmente na história de Génesis, aceitar a evolução requer a rejeição da visão de mundo ditada pela Bíblia”, explicou.

“É essencial manter a coerência e a integridade da narrativa ortodoxa, num esforço de purificação ideológica. Não importa quão esmagadora seja a evidência científica. Por exemplo, é desnecessário explicar a Daniel que o leão vai matá-lo, porque ele sabe que Deus está com ele. É a fé contra as evidências experimentais. A teologia versus a ciência. A teologia e a fé vencem sempre”, afirmou o físico.

Segundo o professor, outra razão para rejeitar as narrativas científicas é não considerar qualquer valor científico que não pertença à comunidade que as originou. “No mundo de hoje, há muito conhecimento e nós temos tão pouco conhecimento individual que não nos consideramos significativos, com um sentimento de falta de controlo que alimenta a crença em teorias da conspiração”.

Aparo alertou ainda para os perigos desta vertente, como o movimento antivacinas. “Este movimento tem levado milhares de pessoas a deixar de vacinar os seus filhos, causando o ressurgimento de doenças, como o sarampo. Outro grande dano em negar as provas científicas são os efeitos colaterais das mudanças climáticas”, rematou.

ZAP // RFI

PARTILHAR

3 COMENTÁRIOS

  1. Hahahaaaaa!…
    É óbvio que tem que pagar; afinal, tal como todas as outras religiões, sem dinheiro não há Deus que aguente!!
    O mais preocupante é isto ser acontecido na Itália e pior, com italianos – já não é só no Brasil e nos EUA!…
    A parte boa é que, dos 50 que pagaram bilhete, apenas 5 são realmente palermas!!
    .
    @ZAP: “palestrantes”? Em Portugal chamam-se oradores!

RESPONDER

Luxemburgo 0-2 Portugal | Campeão marca presença no Euro

Portugal venceu o Luxemburgo por 2-0 e apurou-se para a fase final do Euro2020 – a 11ª presença consecutiva da turma das “quinas” em fases finais de grandes competições. Num encontro mal jogado, em parte pelas …

Hologramas e outras tecnologias podem ajudar a combater incêndios florestais

Portugal continua a ser assombrado pela destruição sem precedentes dos incêndios florestais. Agora é a hora de aproveitar as nossas ferramentas tecnológicas e encontrar maneiras inovadoras de ajudar a aliviar o problema e também evitar …

Pombos estão a perder dedos ou patas por causa da poluição

Basta passar algum tempo na praça de uma cidade para ver que alguns pombos têm patas feridas ou dedos em falta. Embora possamos pensar que isto é causado por algum vírus ou pelos eventuais desentendimentos …

Descoberto no Japão fóssil de pássaro com 120 milhões de anos

O fóssil de um pássaro do Cretáceo recentemente descoberto no Japão pode levar os cientistas a repensarem alguns detalhes sobre a evolução do voo. Há cerca de 120 milhões de anos, um pássaro com o tamanho …

Irão corta acesso à Internet após protestos contra a subida do preço da gasolina

O Irão cortou o acesso à internet no sábado, após os protestos contra o aumento do preço da gasolina, que provocaram fortes confrontos entre manifestantes e forças de segurança. O Irão cortou o acesso à internet …

A maior parte das Testemunhas de Jeová não apresenta queixa em caso de abuso sexual. Mas uma nova lei pode alterar essa realidade

Em casos de abuso sexual dentro organização religiosa Testemunhas de Jeová, a maior parte das vítimas não acusa os agressores por receio de serem excluídas, revelou um artigo da Vice. Agora, uma nova lei norte-americana, …

Hong Kong. Agente atingido por flecha e operação policial reforçada com canhão de água

Um polícia foi atingido numa perna por uma flecha lançada por manifestantes antigovernamentais e pró-democracia, informaram as forças de segurança, que reforçaram a operação no local com um canhão de água. Um polícia foi atingido …

Príncipe André nega ter abusado sexualmente de jovem de 17 anos

O príncipe André, filho de Isabel I, é acusado de ter abusado sexualmente de Virginia Giuffre, uma jovem que na altura tinha 17 anos. O caso remonta ao dia 10 de março de 2001 e, este …

FC Porto tira pão da boca ao Sporting ao desviar central brasileiro

Os 'dragões' podem estar perto de chegar a acordo para a transferência de Gustavo Henrique. O central do Santos estava em negociações com o Sporting, mas uma forte investida do FC Porto, pode ter mudado …

Será que os cães conseguem farejar uma gravidez?

Já ouvimos falar de cães a farejar bombas e de cães a farejar cancro. E quanto à gravidez, o que poderá o nariz de um cão dizer? Há várias mulheres grávidas a relatar que o cão …