Concurso de colocação de professores está a criar problemas outra vez

ustock

A bolsa de contratação de Escolas está em marcha e mais de 2,3 milhões de candidatos vão tentar a sua sorte para conseguirem uma das 7.573 vagas disponíveis. Mas já se estão a detectar problemas no processo de colocação de professores, à imagem do que aconteceu no ano passado.

Este concurso de contratação pública destina-se a 307 Agrupamentos e Escolas denominadas TEIP [Território de Intervenção Prioritária] e que possuem contratos de autonomia.

Em causa estão, de facto, 7.573 concursos que dão azo a 2.346.659 candidaturas envolvendo 20 a 30 mil docentes, de acordo com dados do Diário de Notícias.

E “as primeiras listas divulgadas confirmam a continuidade de alguns dos problemas que deixaram milhares de alunos sem aulas em 2014″, segundo avança o mesmo jornal.

O diário cita casos de “colocações múltiplas de docentes”, inclusive “em diferentes horários da mesma escola” e chega a exemplificar com “situações caricaturais” que vão já sendo divulgadas pelos envolvidos na Internet.

Em causa está, nomeadamente, o caso de um “professor que ficou colocado em seis horários idênticos do 1º ciclo do Agrupamento de Escolas Padre João Coelho Cabanitas, em Loulé“, refere o DN, constatando que, deste modo, o docente teria de “passar 150 horas semanais a dar aulas na escola”.

Outra circunstância que está a preocupar é o facto de a legislação em vigor permitir que um professor possa ocupar vagas num número ilimitado de escolas.

Mas, para já, os dirigentes das Associações de Directores de Agrupamentos Escolares preferem reservar-se nas críticas com a “esperança de que os professores estejam colocados no início das aulas”, conforme aponta Filinto

Lima, vice-presidente da Associação Nacional de Directores de Agrupamentos e Escolas Públicas (ANDAEP), citado pelo Público.

“Desta vez, o Ministério da Educação não tentou centralizar o processo e remeteu-o de imediato para a direcção de cada escola, o que no ano passado só fez a 20 de Outubro. Quero crer, por isso, que tudo vai correr bem ou, pelo menos, melhor, como aconteceu a partir do momento em que, na altura, assumimos o processo, colocando todos os professores em 15 dias”, constata Filinto Lima ao jornal.

ZAP

PARTILHAR

3 COMENTÁRIOS

  1. Se só há 10 milhões de portugueses e a maior parte das colocações de professores já ocorreu, como é que ainda existem mais de 2,3 milhões de candidatos que vão tentar a sua sorte para conseguirem uma das 7.573 vagas disponíveis?
    Ou sou eu que estou a fazer mal as contas?
    Meus senhores a comunicação/informação é uma área demasiado importante para ser tão mal tratada!
    Vamos lá ser um nadinha mais precisos e… sérios!

  2. ZAP…olhem estes números…..”e mais de 2,3 milhões de candidatos vão tentar a sua sorte para conseguirem uma das 7.573 vagas disponíveis. Não são professores a mais?

  3. Caros amigos,
    Um dos maiores problemas da generalidade dos Portugueses é a falta de informação sobre os assuntos que comentam, na maioria dos casos o comentário sobre os assuntos surge de uma forma praticamente gratuita e sem fundamento, apenas na atitude de que eu estou aqui e sou um ser racional capaz de dizer duas ou três coisas acerca de toda a informação que me chega. Ora isto é errado, não devemos comentar de forma critica e por vezes até verbalmente agressiva sem antes termos conhecimento pleno do assunto que tratamos.
    É bem visível esta situação nos comentários anteriores ao meu sobre este assunto, pois realmente não existem 2,3 milhões e professores candidatos a uma das 7.573 vagas disponíveis, o que realmente existem são cerca de 21.000 professores contratados que concorrem a uma bolsa de contratação de escola “B.C.E.” e respondendo aos critérios impostos por cada escola, e cada um deles concorrendo por vezes a uma ou duas centenas de escolas, abrem assim um campo de probabilidade de total de preferências submetidas que ronda os tais 2,3 milhões de possibilidades de concurso para todos os 21.000 docentes a concurso.
    De frisar também que este concurso é extremamente injusto, visto ter por critérios de seleção dos candidatos não apenas a sua graduação profissional, mas além desta e com um peso igual a resposta a critérios que muitas vezes são feitos de encomenda para o lugar a ocupar por determinado docente.
    Como podem ver afinal não existem 2,3 milhões de professores a concorrerem a 7.573 vagas.
    Temos de saber do que falamos e melhor que isso devemos ter a humildade suficiente para quando não estamos por dentro dos assuntos pedir esclarecimentos a quem de direito sobre os mesmos e não partirmos logo para o comentário de senso comum, o comentário fácil e dilatório!!!
    Desta forma nunca correremos o risco de termos algum cidadão a assistir a uma operação cirúrgica e a mandar “bitaites” ao cirurgião. “- Sr. Doutor não corte aí… pois isso deve ser uma dor dos Diabos!!!” ou então a corrigir um Juiz ” Sr. Juíz este homem até tem cara de boa pessoa e filhos pequenos… deixe-o ir embora” ou por exemplo: “Sr. Professor essa matéria é um pouco aborrecida, não poderia ensinar outra matéria mais divertida ao meu miúdo?”

RESPONDER

Friends: regresso da série está em negociações

De acordo com o The Hollywood Reporter, encontram-se a decorrer negociações que podem levar a uma reunião da série intemporal Friends. Este retorno seria um trunfo exclusivo da plataforma HBO Max, que ainda não foi …

NASA rebatiza Ultima Thule. Antigo nome foi associado ao nazismo

O nome do Ultima Thule deu polémica e a NASA decidiu mudá-lo. A controvérsia surgiu pelo nome dado inicialmente ao mundo gelado do Cinturão de Kuiper estar vinculado à ideologia nazi. O anúncio foi feito esta …

Vídeo mostra orcas a perseguirem tubarões-brancos na África do Sul

O tubarão-branco é visto como o maior predador dos oceanos. Mas um novo vídeo mostra que nem este animal está assim tão seguro, sendo na verdade uma presa para outras espécies. De acordo com o Science …

Descoberta a primeira vespa polinizadora da época dos dinossauros

Uma equipa de cientistas encontrou a primeira vespa polinizadora (prosphex anthophilos), que conviveu com dinossauros há cerca de 100 milhões de anos. O animal foi encontrado num fragmento de resina fossilizada em Mianmar, na Birmânia, segundo …

China está a vender drones assassinos ao Médio Oriente

A China está a vender drones capazes de matar automaticamente, sem necessidade de controlo humano. Os seus principais clientes serão a Arábia Saudita e o Paquistão. Segundo o site Defense One, uma empresa chamada Ziyan está …

Aumento da temperatura pode vir a matar 1,5 milhões de indianos por ano

Se as emissões globais de gases de efeito de estufa não forem interrompidas, cerca de 1,5 milhões de indianos podem vir a morrer anualmente até 2100 devido ao aumento das temperaturas. Os números contam de …

O vencedor do Tour de France, Egan Bernal, pode ter beneficiado de uma vantagem genética

O ponto de viragem da Tour de France deste verão ocorreu no alto de uma montanha nos Alpes franceses. Foi o resultado de anos de treinamento e, de acordo com um estudo divulgado na segunda-feira, …

Mina Chang utilizou uma capa falsa da Time no CV e conseguiu chegar ao Governo de Trump

Mina Chang, vice-secretária adjunta do Gabinete de Operações de Conflitos e Estabilização do Departamento de Estado dos Estados Unidos, mentiu no seu currículo para conseguir alcançar um lugar no Governo de Donald Trump. De acordo com …

Jovem norueguesa controla 450 perfis no Instagram para tentar evitar suicídios

Uma norueguesa de 22 controla 450 perfis privados no Instagram para tentar evitar suicídios, conta a emissora britânica BBC, revelando ainda que a jovem recebeu já o apelido de "salva-vidas" devido ao trabalho que leva …

Espanha vai tentar exumar 31 corpos que se encontram no Vale dos Caídos

As autoridades espanholas vão tentar exumar 31 dos milhares de corpos de pessoas enterradas no Vale dos Caídos, um grande mausoléu onde esteve enterrado o ditador Francisco Franco até ao mês passado. Segundo a agência Associated …