Deputado critica “barbaridades” de Hernâni Carvalho sobre suspeito de crime

O jornalista Hernâni Carvalho está no meio de uma polémica por causa de declarações que fez na sua rubrica de criminalidade, no programa da SIC “Queridas Manhãs’. Há quem o acuse de ter instigado um crime.

Em causa estão as palavras de Hernâni Carvalho a propósito das alegadas agressões de um homem aos seus dois enteados, de apenas um e três anos de idade, em Sintra.

O caso que envolve um funcionário dos serviços municipalizados da Câmara de Sintra ainda não foi a julgamento e o suspeito está em prisão preventiva, em regime domiciliário com pulseira electrónica.

Hernâni Carvalho defendeu no “Queridas Manhãs” que, se o homem vier a ser preso, deveria ser presenteado com a inscrição na testa “agredi uma criança de um ano“.

“Depois os presos explicam, têm uma conversa com ele, têm atitudes pedagógicas, levam-no a jogar à bola, fazem-lhe massagens“, prosseguiu o jornalista, considerando ainda, que “os presos são seres humanos” e que “não gostam destes proto-humanos”.

Estas palavras são interpretadas como um incitamento à violência, nomeadamente pelo deputado do PCP Miguel Tiago que considera, no seu perfil do Facebook, que o jornalista “não pode ficar impune”.

“Este eleito do PSD diz barbaridade atrás de barbaridade, mas quando a barbaridade é crime, as responsabilidades devem ser proporcionais”, diz ainda o deputado comunista.

Miguel Tiago partilha no Facebook um texto do militante comunista António Santos, escrito no blogue Manifesto 74, onde o deputado também escreve, e onde se realça que o jornalista decidiu dar “o salto qualitativo e passar diretamente do «comentário da criminalidade» à atividade criminal propriamente dita“.

António Santos realça também a ligação do comentador da SIC ao PSD, apontando que é atualmente, elemento da Assembleia Municipal de Sintra, eleito pelos sociais-democratas, e acusa-o de ter apelado “publicamente a que se cometam atos de violência contra o suspeito de um crime”.

Para este militante do PCP é evidente que Hernâni Carvalho incorre no crime de “Instigação pública a um crime”, previsto pelo artigo 297.º do Código Penal, que refere que “Quem, em reunião pública, através de meio de comunicação social, por divulgação de escrito ou outro meio de reprodução técnica, provocar ou incitar à prática de um crime determinado é punido com pena de prisão até 3 anos ou com pena de multa, se pena mais grave lhe não couber por força de outra disposição legal“.

António Santos aponta ainda o dedo à SIC, realçando que “este crime de instigação pública a um crime é o prato da casa na estação televisiva de Carnaxide“.

“A SIC recorre de forma sistemática e consciente à boçalidade como engodo de audiências, sendo frequentes os apelos à violência contra suspeitos, arguidos, condenados e absolvidos”, acusa António Santos.

Hernâni Carvalho / Flickr

-

“Agredi uma criança de um ano”. Hernâni Carvalho quer uma inscrição na testa para suspeito de agressão

A rubrica de Hernâni Carvalho no “Queridas Manhãs” adiantou, entretanto, que o suspeito do crime visado pelo jornalista estava em liberdade condicional, quando foi detido por alegadamente agredir os enteados, depois de ter sido condenado por atentado ao pudor, sequestro e roubo.

SV, ZAP //

PARTILHAR

30 COMENTÁRIOS

  1. Boas
    Não sei que tipo de hipocrisia em algumas pessoas, que se não disserem nada ninguém sabe quem são, originam criticas a Hernâni Carvalho. Eu queria ver se esta situação fosse com um filho destes iluminados, se eles eram tão críticos ou tão isentos. Estes e outros crimes existem porque a determinada altura a vitima passa a ser o criminoso e o criminoso a vitima, com enormes responsabilidades da classe politica, que querendo dar um ar de evoluídos, criam leis que favorecem os criminosos. E isto vê-se em todos os dias em diversas áreas.

  2. Fantástico !!!!
    Fala um inimputável, que pode f…. o país inteiro sem que nada lhe aconteça, a criticar alguém que está a expressar a sua opinião !!!

    Será que a seguir vamos ter o ilustre deputado a propor a criação de Gulags para internar quem expressa livremente a sua opinião?

    O Jornalista abusa, certo !!!
    Tem à partes pessoais que até me irritam, certo !!!
    Mas, PORRA !!!, tem ou não o direito de afirmar que os presos dão um tratamento especial a pessoas cujos crimes fogem da normalidade, tais como parricidas, fratricidas, infanticidas, violadores, etc ?

    Isto vindo de um Comunista !!!!!

  3. O maior crime contra a liberdade individual pratica-se dentro dos partidos e no que devia ser a própria casa da democracia, a assembleia da república, com a disciplina de voto. Afinal, o voto é livre ou não? Então qualquer menção a disciplina de voto, ou castigo por parte dos partidos para deputados que em determinada matéria votaram diferente do resto do partido, deveria ser punida.
    E crime de discriminação fazem todos os dias, com a separação de leis para público e privado.

  4. Boa tarde,

    Que aconteceu ao “Inocente até prova em contrário”. Não é o que diz a lei!!!

    Infelizmente neste pais continua-se a condenar as pessoas em praça publica mas depois acabam absolvidos por falta de provas ou porque os prazos caducam.

    Não quero com isto dizer que a pessoa visada de maus tratos é inocente. Quero acreditar que se está com medida de coação a probabilidade de ser culpado é muito elevada.
    Não se pode é fazer julgamentos em praça pública.
    E se a Sic ou outra estação tem programas para discussão de assuntos como o acima referido os jornalistas devem ser isentos, não tendenciosos, juizes ou mesmos carrascos!!!

    Infelizmente os programas de televisão tipo o feito pelo Sr. Hernâni são indícios do estado de alfabetização da população, isto é, uma população com baixa alfabetização.
    Enfim é o pais que temos e as entidades com maior poder para intervir infelizmente são aquelas que mais potenciam situações destas…

    Deixo como sugestão: vejam a RTP memória porque assim ao não haver audiências estas entidades são forçadas a alterar as programações…

  5. Por forma a reduzir penas e custos com estabelecimentos prisionais a quem rouba devia ser amputado um membro, quem viola devia ser castrado, quem mata devia ser morto, quem agride inocentes de 1 ano devia ser-lhe extraído um globo ocular para começar a ver noutra perspetiva. Provados os fatos claro está.

    • Estou a cem por cento de acordo com o Ruimvp! Se os animais são castrados, os homens por que não se são piores que os animais!

  6. O eterno problema dos direitos dos arguidos que a “esquerda” nunca se cansa de clamar. O homem é intrinsecamente bom e, nas melhores tradições hobbesianas, é a sociedade vil que conspurca a sua alma e o leva ao crime. Há que reeducar o agente. Há que o re-socializar, re-integrar na sociedade…
    Perfeitamente de acordo!

    MAS E OS DIREITOS DO OFENDIDO? E OS DIREITOS A VIVER EM SEGURANÇA E COM JUSTIÇA POR VIA DOS QUAIS RENUNCIAMOS À VINDICTA PRIVATA (JUSTIÇA PELAS PRÓPRIAS MÃOS)?
    É TUDO MUITO BONITO VIREM COM ESTAS TEORIAS DE TRETA, O POLITICAMENTE CORRECTO E AFINS!
    A MINHA PERGUNTA É SIMPLES: E SE FOSSE CONVOSCO OU COM UM DOS VOSSOS, O QUE FARIAM?

    Depois o mais engraçado disto tudo é vir de um Sr. Deputado do PCP. O tal partido que faz a apologia de alguns dos mais execráveis criminosos da história recente, como Estaline, Fidel Castro, a dinastia Kim – não esquecer que “não é líquido que a Coreia do Norte não seja uma democracia”, Ceaucescu, etc… Não tardará o dia em que estes Senhores celebrarão Hitler como o libertador da opressão sionista…
    Tenham vergonha! “Hipócritas! Sepulcros caiados! Baixéis de iniquidade!”

    Regressando ao caso para concluir: às tantas, não vá o suspeito, que está em prisão preventiva (por, seguramente, “dá cá aquela palha”), ser absolvido, ainda será condenado um dos miúdos, por ter agredido o outro…

  7. Estes esquerdistas que tomaram de assalto o poder são contra a liberdade de expressão (veja-se o que aconteceu à conferência na Nova de Lisboa) e colocam-se sempre na posição do agressor. Para estas esquerdas quanto mais marginal for a pessoa, mais defendida deve ser. A interpretação de democracia desta gente é que deve ser aplicada a liberdade de expressão apenas quando são expressos os desejos e convicções desviantes que professam. Todos os outros devem ser calados e, quando for permitido, eliminados.

  8. O estêrco comunista é mesmo assim, possivelmente os jornalistas na Coreia do Norte é que são o espelho da democracia, realmente estes “mâfios” comunas são intragáveis.

  9. Se o Sr Hernâni está ligado ao psd, então compreendo porquê das críticas. Agora isso que o Sr Hernâni diz é discurso corrente no povo. Não estou ligado à política, porque se o estivesse o meu filho estava a trabalhar há muito tempo, mas a política só serve para arranjar compadres. Por amor de Deus ainda existe liberdade de expressão, não inventem problemas onde eles não existem. O Sr Hernâni diz o que o senso comum sabe. Santa ignorância

  10. É das poucas coisas em que guardas e reclusos estão de acordo

    Na cana não é preciso levar nada escrito, deveria ser carimbado na testa a ferro quente mas era para quando andar na rua e obrigado a ter uma placa a dizer pedófilo à porta da casa e ser obrigado a declarar à junta cada vez que mudar de residencia, como em Inglaterra, isso é q era.

    Quanto à cana, estão eles acabadinhos de entrar, ainda eles estão à espera de ir buscar a cama, colchões, lençois, etc e geralmente já os guardas sabem e transmitem aos reclusos encarregados da lavandaria e das camas que fazem logo questão de lhes dar as fronhas e lençois mais esburacados, ou trapos, que nunca vão à máquina, servem de cortina do cubito, pano de limpeza da cela e pessoal nalguns casos, polir os sapatos, etc. O colhão é o que estiver mais javarde possivel, quanto pior melhor e se estiver encharcado de humidade ou outro liquido qualquer melhor.
    A comida, se for distribuida na cela, e se for um pedófilo com um crime às costas daqueles que só merece é que o pendurem pelos ditos cujos, arrisca-se a levar um tempero extra na comida, cortesia do pessoal da distribuição
    E depois, claro, horas do recreio áparte porque os azares acontecem, e mesmo assim longe das janelas porque nunca se sabe o que pode voar duma.

    Mas o momento alto do pedófilo é quando tem de ir a tribunal ou ao hospital e só há uma carrinha que leva todos os que têm de sair para o mesmo. Se não houver homicidas perigosos na carrinha os guardas informam os que vão na carrinha que há um pedo que precisa de ir também e para evitar mais viagens e atrasos, se não se importam que o pedo vá na carrinha com eles, mas que só vai se houver garantia que não vai haver problemas.
    O pedo vai lá atrás na ultima fila se não tiver mais ninguém, caso contrário, sentado na latrina e não abre a boca, ele sabe que está a pisar um gelo muito fino e vê-se lhe bem o medo nos olhos.
    É bom para sentirem só um bocadinho do que fazem às vitimas.

    Por isso, não, na cana não, não é preciso terem nada escrito, sabe-se sempre quando entra um pedófilo.

  11. Então o deputado Tiago não acha barbaridade, 2 crianças serem vitimas de violência por parte deste selvagem? ele nem deveria estar em casa com pulseira electrónica porque isso não o impede de agredir pessoas na mesma. É inacreditável como alguém pode se colocar do lado do vil criminoso

  12. ESTA É A TESE DO RODRIGUES QUE DEFENDO.

    Não sei que tipo de hipocrisia em algumas pessoas, que se não disserem nada ninguém sabe quem são, originam criticas a Hernâni Carvalho. Eu queria ver se esta situação fosse com um filho destes iluminados, se eles eram tão críticos ou tão isentos. Estes e outros crimes existem porque a determinada altura a vitima passa a ser o criminoso e o criminoso a vitima, com enormes responsabilidades da classe politica, que querendo dar um ar de evoluídos, criam leis que favorecem os criminosos. E isto vê-se em todos os dias em diversas áreas.

  13. Não votes nas utopias
    Que alguns te vão prometer
    Mordomias, regalias
    Não te deixes convencer

    Sabes que vais encontrar
    Entre todos uma lista
    Que pensa erradicar
    O que não é extremista

    É cabrito ou cordeiro
    Por fora, por dentro não
    Tem o pelo de carneiro
    E a cabeça de cão

    Defende o criminoso
    Põe a polícia na palha
    Parece que lhe dá gozo
    Defender a escumalha

  14. Quero que se lixe se este senhor é PSD ou não. Que é irónico, sarcástico, populista….lá isso é. É mais um papagaio, daqueles que faz muito ruído, diz aquilo que a maioria das pessoas quer ouvir mas, depois, é igual aos demagogos comuns que usa o espaço televisivo para se promover. Acho graça a estes gajos, quando estão de fora têm sempre soluções para tudo (fazem lembrar os e as economistas que debitam soluções em barda, quando estão por fora claro, alguns até foram ministros), manipulam pessoas (as que se deixam manipular claro, fenómeno muito ligado á fraca instrução académica), mas depois de estarem em lugares que impõem tomada de decisões, são uma nulidade. Este artista já esteve na Camara de Odivelas. É um cromo como os outros todos. Bem, passando á frente, acho que toda a gente tem direito a indignar-se, não tem é o direito de fomentar ou instigar a confusão. Este tipo de atitude é quase tão hediondo como os próprios crimes pelos quais alguém foi condenado.

    • “…as que se deixam manipular claro, fenómeno muito ligado á fraca instrução académica” – lá está mais um cliché da sociedade actual: se fores licenciado és mais inteligente do que os outros..já conheci muitos licenciados que se deixam manipular e que até me admiro como conseguem os trabalhos que têm..

      • Não é cliché, é uma realidade.
        Cara Sofia, ser licenciado, por si só, não atribui a visão analitica abrangente na qual sustento o meu comentário porém, não o ser, contempla limitações de analise, bem patentes nas sociedades subdesenvolvidas, sejam elas dominadas por ditaduras ou por ideologias religiosas, onde “estupidificar” é palavra de ordem. Tivemos isso mesmo, aqui, neste nosso “cantinho” onde o analfabetismo imperava, exatamente para ninguém “fazer ondas”. Gente culta, questiona, não aceita dogmas. Foi essa mesma gente, mais informada e mais inconformada, que fez o 25 de Abril, que nos permitiu abrir um pouco mais os olhos para a realidade, pondo em causa os “feudos” que massacraram todo um povo durante décadas.

  15. O senhor deputado comunista que se entretenha a discutir as barbaridades comunistas ao longo da história por vários países comunistas e terá matéria para vários anos, quanto ao que se passa por cá só lamento que ele bem como toda a classe parlamentar não se incomodem um pouco com a criminalidade gratuita que existe por cá e que cada vez nos dá mais a sensação de que qualquer um de nós tem o dever de morrer nem que seja deitado na cama ás mãos de um bandido e que ninguém tem nada a reclamar só para não ofender este, parece ser esta a ideia que muitos ditos nossos representantes defendem ao abrir a boca ou optarem por ficarem eternamente calados e indiferentes ao que se passa à sua volta.

  16. É verdadeiramente inacreditável! O quê? Os comentários de 99% que aqui se encontram. Em situação alguma (e diz no texto no artigo 297.º do Código Penal, transcrito no texto) se pode publicamente incitar à violência. Tenha “razão” ou não! Este senhor não tem o direito de julgar (na praça pública) quem quer que seja! Seja o visado (ou visada) inocente ou não! Tem direito à sua opinião, (como todos nós) mas quando se trata de algo que chega a muita gente, (não me refiro a conversas de café) não tem o direito (para além de ser crime) de sugerir um “tratamento especial” dos reclusos. Nem que o visado seja um animal! Se assim fosse possível, viveríamos numa anarquia. Será que (quase) todos estão interessados em viver numa? Aqui não é chamada a liberdade de expressão nem de imprensa! Há muita gente que continua sem perceber que a liberdade termina quando viola a liberdade de outros. Sei que custa ver um “monstro” não ter o tratamento “que merece”, segundo vocês, mas se cedermos a esses instintos animais, seremos exactamente iguais áqueles que “julgamos”. E acrescento: Um dia é este “monstro”, (que ainda é alegado) um dia poderá ser um inocente ou… VOCÊ!

    Espero (com pouca esperança) que este “senhor” seja condenado a prisão efectiva e que seja algo exemplar. Estes “jornalistas” da treta têm de aprender de uma vez por todas que a liberdade de expressão e imprensa, não é o vale tudo! Têm de tirar os os “óculos de Penafiel”, perceber e avaliar as concequências dos seus escritos e/ou declarações. Aparentemente o “monstro” é culpado. E se não fôr? E se ele fôr morto por sugestão deste “pseudo, pseudo “jornalista”? Isso é assassinio por procuração (penso que é este o termo jurídico – se não fôr desculpem).

    O Sr Armindo diz: “Que aconteceu ao “Inocente até prova em contrário”. Não é o que diz a lei!!!” Pois é. Tem toda a razão (embora se tenha enganado no ponto de exclamação em “Não é o que diz a lei”). Mas a questão é que ele incitou mesmo à violência. Resta aos tribunais julgar. Mas também é verdade que ele, o jornalista, é inocente até prova em contrário (mesmo tendo provas concretas – como o video atesta).

    Nota: Alguns de vocês provavelmente insultar-me-ão alegando “Se me acontecesse a mim? Se fosse a minha filha?” Provavelmente faria o mesmo que muitos de vocês (ou pior) mas não viria para a praça pública incitar outros a fazê-lo. Nunca! Em circunstância alguma teria o direito de o fazer e… seria crime se o fizesse (seria mais um cometido).

    É preciso ver as coisas de forma fria, e estes “jornalistas” não querem fazê-lo (e vocês também não). Tudo é válido para vender jornais e conseguir patrocínios (para programas medíocres – adjectivo que não faz justiça aos programas deste tipo). A lei é para se cumprir. Se o povo (na sua maioria) quiser execuções na praça pública, faça-se um referendo e altere-se a lei (caso o referndo seja positivo, claro!). Caso contrário, a lei é para ser respeitada. Por TODOS (mesmo que a “justiça” seja parcial)!

    • Caro amigo, é exatamente isso mas, esta gente não entende. Já comentei aqui esta situação e…fui logo criticado. Enfim!

  17. Num mundo respeitador dos direitos humanos o que tem de prevalecer é sentimento de justiça e a sua prática concreta. E uma sociedade que os respeita nunca pode ceder aos desejos de vingança d de alguns dos seus membros. Viveriamos em total anarquia e ninguém estaria a salvo das vinganças. Mas explicar isto a quem apenas pensa com a emoção é uma tarefa árdua. Porém, pelo que se lê por aqui, bastante necessária.

  18. O “Justiceiro”, deve ter um simples canudo (talvez daqueles por onde costuma ver Braga) e pensando como um intelectual de meia-tigela, começa a ver o resto dos seres humanos como seus inferiores.
    Este”Justiceiro” arrogante, pretensioso e atingido por narcisismo, diz muito mais quando está em silêncio, do que quando se exprime. Portanto, se quer dar alguma opinião sobre algo, mantenha-se em silêncio e com a boca bem fechada para que não cuspa sapos…

    • Se soubesse interpretar correctamente o que escrevi, então estaria caladinho e não teria feito a triste figurinha que está a fazer. Basta ter só dois dedos de testa para perceber aquilo que escrevi e que nada tem que ver com a interpretação absolutamente idiota que fez.
      Enfim, olhe não sou como você e, como também sou apologista da democracia, espero que continue a escrever aqui. Quanto mais não seja, para me rir um bocadinho.

  19. Acho que em tudo isto se está a confundir a árvore com a floresta. O jornalista pode não ter sido feliz na forma como descreve o que se passa no interior das prisões, junto da comunidade prisional, relativamente ao que se passa quando ali são colocados suspeitos de fazer mal a crianças ou mulheres… Mas aquilo que ele diz é inventado? Não é o que se passa há muitos anos em situações análogas dentro das prisões? Não são factos concretos que ali ocorrem? Pode, volto a dizer, não ter utilizado os termos mais adequados, as palavras e expressões escolhidas podem não ter sido as mais convenientes para não chocar algumas consciências…, mas o que diz é inexistente, não acontece, é imaginação???? Claro que não, e principalmente quem acompanha há muito o que se passa no interior das prisões – sejam deste país ou de qualquer outro lugar no mundo, deste âmbito prisional – portanto deixemo-nos de ser cândidos e ingénuos. O que deve ficar na nossa percepção de uma notícia do género ou no seu comentário, deverá sempre o acto hediondo – a floresta! – e não o mensageiro ou crítico da coisa – a árvore! Tenham juízo!

    • Ouça (e veja) o vídeo novamente. Ele não está a denunciar o que se passa nas prisões. Ele está a sugerir que se faça algo de específico a um determinado preso SUSPEITO (nem sequer condenado). Mesmo que esse “tratamento” seja usual numa prisão (o que é inaceitável – porque sim! até os presos têm direitos!) ele não descreve. Ele sugere que se faça.

      Tenha juízo e ouça de novo.

  20. As crianças, são o futuro do mundo!
    Devemos; amá-las educá-las e protegê-las de todas e quaisquer agressões, sejam elas físicas ou psicológicas.
    Quem agride uma criança, física, psíquica ou verbalmente, deve responder perante a Justiça e no meu entender, quem apoia ou defende os agressores apelando ao respeito dos direitos humanos, está a por-se conscientemente, do lado dos crime!
    Eu gostaria de ver a reacção destes últimos, se isso acontecesse com um dos seus rebentos.
    Penso que se, se encontrassem nessa situação, outro galo cantaria pois que nesse caso específico, seria sangue do seu sangue e carne da sua carne.
    Sentir-se-iam atingidos na própria pele e mudariam de opinião!
    Direitos humanos do criminoso?
    E então, assim sendo, onde estão os direitos da CRIANÇA?

    E mais, não digo!

    • Um dia são os direitos humanos de um “monstros”. No dia seguinte são os seus. E no dia após este são os das crianças. Já viu onde isto pode parar? “E mais, não digo!”

Responder a Sofia Cancelar resposta

Cientistas explicam porque trabalhar à noite faz mal aos intestinos

As pessoas que trabalham à noite têm mais probabilidades de desenvolver inflamações intestinais, porque há células que contribuem para a saúde intestinal que deixam de receber informações vitais do cérebro, indica um estudo divulgado esta …

Marinha dos EUA admite que vídeos de OVNI's são verdadeiros (e não era suposto ninguém saber)

A Marinha dos EUA confirmou que imagens de OVNIs que surgiram nos últimos anos são reais e que nunca pretenderam que o vídeo fosse visto pelo público. As imagens que apareceram pela primeira vez online em …

O Pólo Norte vai ter um hotel de luxo (iluminado pelas auroras boreais)

https://vimeo.com/360873720 O hotel "mais a norte do mundo" só existirá durante um mês e o glamping de luxo será para muito poucos: o custo é de 95 mil euros por pessoa por três dias. Em 2020, o …

Whitney Houston vai regressar aos palcos (em holograma)

Whitney Houston vai "regressar" aos palcos, em formato holograma. Foi anunciada uma digressão da cantora por várias salas do Reino Unido, em 2020. Os planos para uma digressão de holograma de Whitney Houston têm sido discutidos …

Victor Vescovo diz que chegou ao ponto mais profundo dos oceanos. James Cameron não concorda

James Cameron levantou dúvidas sobre as recentes declarações de Victor Vescovo sobre ter quebrado o recorde do mergulho mais profundo no oceano, dizendo que o empresário não pode ter descido mais, uma vez que não …

Par de patinadores no gelo mais medalhado de sempre anuncia fim da carreira

Os canadianos Tessa Virtue e Scott Moir, o par de patinadores no gelo mais medalhado da história do olimpismo, anunciaram esta quarta-feira o fim da carreira. “Olá a todos. Temos novidades para todos os que nos …

Elon Musk é o líder mais inspirador da tecnologia da atualidade

Elon Musk foi nomeado o líder mais inspirador no setor da tecnologia, de acordo com um estudo publicado pela Hired, uma plataforma para contratação de pessoal em 14 cidades em todo o mundo. O estudo, chamado …

De portas abertas para quem precisa. Frigoríficos solidários crescem em Paris

A Cantina do 18.º bairro parisiense foi o primeiro espaço deste projeto solidário, inaugurado há dois anos. Atualmente existem 38 restaurantes em França que acolhem os frigoríficos solidários. Em dois anos, o projeto dos frigoríficos solidários …

Imigrante do Bangladesh em Itália encontra e devolve carteira com 2 mil euros

Mossan Rasal, um bangladeshiano de 23 anos que vive em Roma, encontrou na rua uma carteira com dois mil euros, documentos de identificação, cartões de crédito, carta de condução. Em vez de retirar o dinheiro e …

Austrália conclui que China foi responsável por ciberataque ao parlamento

A agência de inteligência cibernética da Austrália (ASD) concluiu que a China foi a responsável por um ataque informático, no início deste ano, contra o parlamento nacional. Os serviços de inteligência australianos (Australian Signals Directorate) concluíram …