Comissão Europeia prevê turismo limitado na Europa este verão

A Comissão Europeia disse esta terça-feira prever movimentos turísticos limitados dentro da Europa este verão, para que o setor consiga retomar “a normalidade possível”, e defendeu a mobilização de 20% do futuro fundo europeu de recuperação para estas empresas.

“Espero que possamos começar a viajar dentro da Europa ainda este verão, apesar das atuais restrições [adotadas devido à pandemia de covid-19], nomeadamente as pessoas que vivem num país e têm família noutro, [pelo que] há que facilitar estes movimentos”, declarou o comissário europeu responsável pelo Mercado Interno, Thierry Breton.

Falando por videoconferência numa audição das comissões de Transportes e Turismo do Parlamento Europeu, a partir de Bruxelas, o responsável garantiu: “Estou a trabalhar todos os dias, com os restantes comissários de áreas semelhantes, para tentar facilitar as viagens num futuro próximo [na Europa], incluindo este verão, para retomarmos a normalidade possível, mas respeitando todas as restrições em vigor”.

“Isto também nos permitirá reabrir, ainda que de forma gradual, as nossas infraestruturas [turísticas] para os nossos cidadãos, de forma a que possam beneficiar da Europa”.

Frisando que o setor do turismo é um dos mais afetados pela crise gerada pela covid-19, numa altura em que a população está confinada e sem se poder mover, o comissário europeu admitiu que “esta temporada de verão vai ser particular”.

Segundo as contas reveladas por Thierry Breton na ocasião, estimam-se perdas nas receitas à volta dos 50% nos hotéis e restaurantes europeus, de 70% para operadores e agências turísticas e ainda de 90% para empresas de cruzeiros e de aviação.

Por isso, assegurou que a Comissão Europeia “está a acompanhar de perto” o setor e que vai “fazer tudo o que puder” para garantir apoio financeiro, nomeadamente através de verbas mobilizadas diretamente para estes negócios, nomeadamente os de pequena e média dimensão (que são a quase totalidade).

Breton defendeu, por essa razão, a alocação de pelo menos 20% do futuro fundo europeu de recuperação económica a este setor, que será discutido na cimeira de líderes da próxima quinta-feira. Caberá aos chefes de Estado e de Governo decidir nesse dia como é que este fundo vai ser financiado, tendo em vista reconstruir a economia pós-pandemia.

“Temos de reinventar o turismo do amanhã”

Já certa é a intenção do executivo comunitário em promover um “debate genuíno” sobre a recuperação do setor, com Thierry Breton a anunciar uma cimeira europeia para o final de setembro. “Temos de reinventar o turismo do amanhã”, argumentou o comissário europeu, observando que a pandemia “despertou a necessidade de ter um setor resiliente e reinventado, adaptado às realidades económicas, ambientais e tecnológicas”.

Insistindo numa reestruturação do setor ao nível europeu, que visa evitar realidades como o turismo de massa que já causou problemas em locais como Veneza (Itália) ou Barcelona (Espanha), Thierry Breton manifestou a sua “ambição de manter a União Europeia como o maior recetor turístico do mundo, mas reinventando-o”.

Temos de ter um turismo sustentável, adaptado ao pacto ecológico europeu, que evita a sobrelotação e aposta na proximidade, […] e temos de combinar os operadores tradicionais com os que são altamente tecnológicos”, elencou.

Até lá, de acordo com Thierry Breton, é preciso “lidar com esta crise sem precedentes” no setor turístico, assegurando que “todas as infraestruturas existentes se mantêm intactas”.

 

Há cerca de duas semanas, a Presidente da Comissão Europeia, Ursula von der Leyen, desaconselhou reservas para férias de verão devido à impossibilidade de previsões fiáveis acerca dos efeitos da pandemia do novo coronavírus.

“Recomendo esperar antes de fazer planos. Neste momento, ninguém pode fazer previsões confiáveis para julho e agosto”, disse este domingo Von der Leyen em declarações ao jornal alemão ‘Bild’, o mais lido na Alemanha.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

"Relativamente rápido". Centeno acredita que países europeus vão recuperar da crise até ao fim de 2022

O ministro das Finanças português e presidente do Eurogrupo, Mário Centeno, acredita que a União Europeia vai conseguir ultrapassar a crise económica provocada pela pandemia de covid-19 de forma "relativamente rápida". Em entrevista ao jornal alemão …

Florentino congelado e Jota (e mais dois) na porta de saída. Mercado já mexe na Luz

Apesar da pandemia, que paralisou quase todas as competições europeias e que deverá atrasar a janela de transferência no futebol, o mercado já mexe na Luz. A imprensa desportiva dá conta nesta segunda-feira que Florentino …

Cova da Piedade abandona direção da Liga e convida Proença a demitir-se

O Cova da Piedade juntou-se ao Benfica na decisão de abandonar a direção da Liga de clubes e convidou Pedro Proença a demitir-se da presidência do organismo. Em comunicado, o Cova da Piedade justifica a decisão …

Milhares foram a banhos este domingo. Só nas praias da Caparica estiveram mais de 180 mil pessoas

As elevadas temperaturas que se fizeram sentir neste domingo levaram milhares de portugueses à praias. Só na Costa da Caparica, no concelho de Almada, mais de 180 mil pessoas foram a banhos. Entre as 9 e …

"Há outras prioridades". Ana Gomes está a refletir sem "pressa" sobre eventual candidatura a Belém

No espaço de comentário da SIC Notícias, a ex-eurodeputada Ana Gomes disse que ainda está a "refletir" sobre uma eventual candidatura à Presidência da República. Ana Gomes ainda não tomou uma decisão sobre uma possível candidatura …

Há quatro distritos sem meios aéreos de combate a incêndios. PSD denuncia "grave violação do planeamento"

O PSD denuncia a falta de, pelo menos, oito helicópteros ligeiros e de todas as aeronaves de coordenação previstas no Dispositivo Especial de Combate a Incêndios Rurais. Este domingo, o PSD questionou o Governo relativamente ao …

Desemprego sobe 52% entre jovens até aos 24 anos

O desemprego entre os jovens até aos 24 anos disparou à boleia da pandemia de covid-19, que já fez mais de 1.300 vítimas mortais em Portugal. De acordo com o Jornal de Notícias, que avança …

Orçamento Retificativo: entre um cocktail de propostas e os apoios que Costa prefere segurar

António Costa decidiu ouvir todos os partidos com assento parlamentar antes de desenhar o esboço final do Orçamento Retificativo. Os encontros decorrem entre segunda e terça-feira. O primeiro-ministro recebe, entre hoje a amanhã, todos os partidos …

Descobertos fósseis do maior canguru do mundo e lagarto com seis metros

Os fósseis do maior canguru do mundo e de um lagarto com 6 metros de comprimento foram alguns dos achados de uma equipa de paleontólogos na Austrália. Uma equipa de paleontólogos relatou a descoberta de uma …

"Resolvia metade dos problemas sociais". PCP critica verba para o Novo Banco

O secretário-geral do Partido Comunista Português (PCP) disse este domingo que os 850 milhões de euros transferidos recentemente para o Novo Banco davam para “resolver metade dos problemas sociais que neste momento existem”. “Tantas vezes nos …