Comissão de Proteção de Dados considera lista de pedófilos inconstitucional

Manuel de Almeida / Lusa

A ministra da Justiça, Paula Teixeira da Cruz

A Comissão Nacional de Proteção de Dados (CNPD) considera que a proposta do Governo que prevê a criação de uma lista de condenados por agressões sexuais de menores contém inconstitucionalidades e ilegalidades.

Citando um parecer da CNPD, o jornal Público refere que a proposta de lei do Ministério da Justiça, além de violar vários artigos da Constituição e de outras leis, representa “uma ameaça para os valores da segurança, ordem e tranquilidade pública”.

Ao longo de 25 páginas, o documento contesta o diploma que será defendido hoje no parlamento pela ministra Paula Teixeira da Cruz e que prevê a possibilidade de os pais poderem perguntar às autoridades policiais se determinados moradores das suas áreas de residência foram condenados por abuso sexual de menores.

“A transferência da função estadual de prevenção criminal para a população em geral ou para um conjunto de cidadãos em especial, com os correspondentes poderes, traz consigo uma ameaça para os valores da segurança, ordem e tranquilidade pública”, refere o parecer, justificando que a criação de “uma sociedade civil policial” poderia originar a “legitimação da ação direta”.

A comissão interroga-se sobre o critério que poderá levar os pais a acederem às identidades dos condenados por pedofilia, – “um rumor, uma conversa de vizinhos, uma desconfiança pessoal?” -, alegando que o diploma governamental em nenhum momento o concretiza.

Segundo o Público, o parecer deixa implícito que seria “de constitucionalidade muito duvidosa” o acesso à informação “com base numa mera suspeita imaginária ou até em razões menos nobres”.

Outro aspeto criticado no parecer é a possibilidade de um agressor condenado a 10 anos de prisão poder permanecer 20 anos na lista, o que, segundo a CNPD, “pode revelar-se numa perpetuação que não é compaginável com os ideais de reinserção social orientadores de qualquer sistema penal moderno, onde se situa o português”.

A inserção, no registo, de condenações anteriores à aprovação desta proposta viola o princípio da legalidade”, diz ainda a CNPD, citada pelo Público.

Ainda sobre a polémica da criação de um registo de condenados por abuso sexual de menores, o Diário de Notícias avança, na edição de hoje, que a procuradora-geral da República, Joana Marques Vidal, pretende que os pedófilos possam pedir para ser retirados das listas.

A intenção consta de um parecer da PGR (Procuradoria-Geral da República) e pretende permitir que os abusadores possam pedir a um juiz para que os seus nomes sejam retirados da lista.

A ministra da Justiça estará hoje no plenário da Assembleia da República para debater a proposta de lei, que deverá ser votada na quinta-feira.

/Lusa

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

  1. criminoso como outro qualquer,porque a der ter um tratamento diferente ? ok ,ja fizeram isso em outros paises, e o que pretendem ! uns pais que o filho foi vitima,terem acesso que reside um desses criminosos ope deles e por prevençao atacar alguem ! ou uma forma de o governo se livrar deles,pois nao conseguem ter uma vida normal e vao para o estrangeiro,alias as pessoas nao tem noçao da quantidade de estrangeiros que residem em portugal,que na terra deles tem cadastro por crimes sexuais ! entres outros crimes ,uma forma perversa que muitos governos tem de exportar criminosos !

RESPONDER

Em 2020, nasceram em casa o dobro dos bebés do ano anterior. Mas não existe regulamentação

No último ano, os partos em casa aumentaram para quase o dobro em Portugal. No entanto, esta é uma realidade ainda sem regulamentação e que as seguradoras recusam financiar. Mais de 1100 mulheres optaram por …

Noah brincou e "comportou-se de forma muito normal". Alta hospitalar já foi autorizada

A criança de dois anos e meio que esteve desaparecida mais de 30 horas em Proença-a-Velha, concelho de Idanha-a-Nova, teve esta segunda-feira alta do Hospital Amato Lusitano, disse a diretora clínica daquela unidade hospitalar de …

Espanha. Indultos aos líderes catalães serão aprovados na terça-feira, anuncia Sánchez

O primeiro-ministro espanhol, Pedro Sánchez, informou que o conselho de ministros vai aprovar na terça-feira a concessão de indultos aos líderes independentistas catalães, anúncio feito esta segunda-feira, no Grande Teatro do Liceu, em Barcelona. "Amanhã [terça-feira], …

Número de desempregados inscritos nos centros de emprego recua em maio

O número de desempregados inscritos nos centros de emprego recuou 1,7% em maio em termos homólogos e 5,1% face a abril, segundo dados divulgados hoje pelo Instituto do Emprego e Formação Profissional (IEFP). De acordo com …

BE quer retirar da fatura elétrica taxa de carbono paga às barragens e eólicas

A coordenadora do Bloco de Esquerda anunciou, em Torres Novas, a apresentação de uma proposta para que os portugueses deixem de pagar taxa de carbono na energia produzida pelas barragens e eólicas, a exemplo do …

"Eternizar" moratórias de crédito "é negativo", defende Centeno

O governador do Banco de Portugal (BdP), Mário Centeno, defendeu esta segunda-feira que não se pode "eternizar" as moratórias de crédito, concedidas para fazer face aos efeitos da pandemia na economia, e que empresas e …

Barcelona: foram campeãs europeias mas pedem outro treinador

Época inédita no futebol feminino do Barcelona não é sinónimo de continuidade do técnico vencedor. Jogadoras pedem mudança no banco. O Barcelona protagonizou uma época histórica e inédita no futebol feminino. A equipa catalã foi novamente …

PSD/Porto diz que escolha de António Oliveira para Gaia foi "erro de casting"

O presidente do PSD/Porto disse esta segunda-feira que a escolha de António Oliveira para encabeçar a candidatura à Câmara de Vila Nova de Gaia foi “um erro de casting”, pelo que encara a desistência deste …

Há mais três mortos e 756 novos casos de covid-19

De acordo com o boletim epidemiológico da Direção-Geral da Saúde (DGS), nas últimas 24 horas registaram-se mais 756 casos de infeção por covid-19 e três pessoas morreram. A região de Lisboa e Vale do Tejo regista …

Mensagem em garrafa atravessou o Atlântico e foi encontrada nos Açores

Três anos depois de ter sido lançada ao mar, uma mensagem numa garrafa uniu dois adolescentes separados pelo Oceano Atlântico. Em 2018, durante um feriado (25 de novembro) no estado norte-americano de Rhode Island, no leste …