Dezoito grandes comícios de Trump podem ter provocado 30 mil infeções e 700 mortes

Donald Trump

Um novo estudo da Universidade de Stanford, nos Estados Unidos, estima que dezoito grandes comícios de Donald Trump podem ter contribuído para que o país tenha tido mais 300 mil infeções de covid-19.

O estudo, intitulado Os Efeitos dos Encontros de Grandes Grupos na Propagação da Covid-19: o Exemplo dos Comícios de Trump, estima, a partir de extrapolações de amostragem de vários comícios de Trump, que “estes dezoito comícios resultaram em última análise em mais de 30 mil casos confirmados de covid-19 adicionais”.

“Aplicando taxas de mortalidade posteriores ao evento especificas para cada município, concluímos que é provável que os comícios tenham provocado mais de 700 mortes (não necessariamente de presentes)”, lê-se no artigo, citado pelo Observador.

Os investigadores analisaram dados de um período de até dez semanas posteriores a cada evento. O método foi “baseado num conjunto de modelos de regressão, um para cada evento, que captam a relação entre os efeitos pós-eventos e as características pré-evento, incluindo demografia e a trajetória de casos covid-19, em municípios semelhantes” àqueles que os comícios ocorreram.

Segundo as estimativas, os 18 eventos “aumentaram subsequentemente os casos confirmados de covid-19 em mais de 250 por cada 100 mil residentes”.

Os cientistas norte-americanos apontam ainda que estão “a par de um pequeno conjunto de análises semelhantes” feitas pelos seus pares e citam um estudo que se concentra num comício de Donald Trump em Tulsa.

“Não encontram nenhum acréscimo de novos casos ou mortes. O problema em concentrarmo-nos num só evento é que os efeitos na covid-19 são altamente variáveis, como indicado pela magnitude dos erros padrão de previsões na nossa análise”, explicam.

A análise agora revelada “suporta fortemente os avisos e recomendações de oficiais de saúde pública relativamente ao risco de transmissão da covid-19 em encontros de grandes grupos, particularmente quando o grau de cumprimento de diretrizes relativas a uso de máscara e distanciamento social é baixo”.

“As comunidades nas quais os comícios de Trump aconteceram pagaram um preço alto relativamente a doenças e mortes.”

A equipa escolheu os eventos de Donald Trump por “envolveram um grande número de participantes” e pelo facto de o conjunto de grandes eventos de campanha de Trump ser “facilmente identificável”, ao contrário de outros conjuntos de grandes eventos mais difíceis de situar, localizar ou confirmar.

Além disso, sustentam, “os eventos aconteceram em dias identificáveis”, não se tendo espalhado ao longo de vários dias.

ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Meteorito atinge casa de homem indonésio e transforma-o em milionário

O caso insólito aconteceu em Kolang, na Sumatra do Norte, Indonésia. Um fabricante de caixões de 33 anos encontrou um meteorito no seu jardim, depois deste atingir o telhado da sua casa em agosto. O protagonista …

Há 20 anos que ninguém sabe do paradeiro de dois cadernos de Charles Darwin

Dois dos cadernos do naturalista Charles Darwin, um dos quais com o rascunho da “Árvore da Vida” (1837), estão desaparecidos há cerca de 20 anos e terão sido muito provavelmente roubados, anunciou esta terça-feira a …

Cientistas reconstruiram explosão de Beirute através das redes sociais

Cientistas forenses recorreram a imagens partilhadas nas redes sociais para reconstruirem a explosão de Beirute, em agosto, que matou 191 pessoas. A 4 de agosto, uma série de explosões causadas por 2.750 toneladas de nitrato de …

Professor alemão do ensino básico é suspeito de canibalismo e homicídio

Depois de uma pilha de ossos ter sido encontrada por transeuntes no parque de Berlim, as autoridades alemãs descobriram que se tratava de uma vítima de canibalismo. As pistas conduziram-nas, mais tarde, à casa do …

Marselha 0-2 FC Porto | Dragão vence e abre porta dos "oitavos"

Basta apenas um ponto para que o FC Porto carimbe uma vaga nos oitavos-de-final da Liga dos Campeões. Na noite desta quarta-feira, os “dragões” venceram o Marseille por 2-0 – com os contributos de Zaidu …

Mais de 100 mil crianças morreram com VIH e 320 mil ficaram infetadas. A pandemia pode piorar o cenário

De acordo com um relatório da UNICEF, a cada 100 segundos uma criança ou jovem com menos de 20 anos foi infetado pelo VIH no ano passado. Com os novos dados, o número total de …

Animação mostra como foram construídas as pontes do século XIV

Construir uma ponte sobre a água parece uma tarefa complicada e a verdade é que, apesar dos inúmeros avanços tecnológicos, os fundamentos pouco alteraram desde os tempos medievais. A Ponte Carlos tem 618 anos, mas não …

Médicos sem Fronteiras deixam hospital da Venezuela devido a restrições

A Médicos sem Fronteiras (MSF) vai se retirar de uma colaboração com um hospital venezuelano que visa tratar pacientes com covid-19 devido a restrições na entrada de especialistas no país, informou a organização na terça-feira. A …

O novo amplificador de guitarra tem maior capacidade de encaixe (e é mais poderoso)

Em 2016, o engenheiro eletrónico Chris Prendergast lançou um projeto Kickstarter para o amplificador de guitarra portátil JamStack. Este encaixava-se num pino de correia e emitia sons gerados por um smartphone. Agora foi lançada a …

Etiópia. Comissão de direitos humanos denuncia massacre de 600 civis na região de Tigré

A organização independente que investiga acusações de violência contra civis na Etiópia corroborou o relatório da Amnistia Internacional que denunciou a chacina de pelo menos 600 pessoas na região de Tigré, no Norte do país. Segundo …