Começa hoje o julgamento final de Dilma Rousseff

Marcelo Camargo / ABr

Dilma Rousseff, presidente do Brasil

Dilma Rousseff, presidente do Brasil

Os senadores brasileiros iniciam esta quinta-feira o julgamento final da Presidente com mandato suspenso, Dilma Rousseff, um processo de vários dias que determinará quem vai governar o país nos próximos dois anos sem ir às urnas.

A Presidente, que governou o país de 2011 a 12 de maio deste ano, quando foi temporariamente afastada para ir a julgamento, é acusada de ter cometido crime de responsabilidade ao praticar manobras fiscais para melhorar as contas públicas e assinar decretos a autorizar despesas que não estavam previstas no orçamento.

O julgamento, liderado pelo presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), Ricardo Lewandowski, começa às 9h (13h em Lisboa), estando previstos, pelo menos, dois dias para os depoimentos das testemunhas.

Na segunda-feira, às 9h locais, terá lugar a audiência de Dilma Rousseff e, a partir daí, não há uma hora para finalizar.

Se 54 dos 81 senadores entenderem que Dilma Rousseff cometeu crimes de responsabilidades, a Presidente perderá definitivamente o mandato e o direito a ocupar cargos públicos eletivos por oito anos, assumindo Michel Temer, atual Presidente interino, os destinos do país até às presidenciais de 2018.

Para Dilma Rousseff reassumir o cargo, a defesa vai precisar de convencer seis senadores, uma vez que, a 10 de agosto, o Senado decidiu, por 59 votos contra 21, que a denúncia era válida.

Muro separa grupos contra e a favor

Apesar de o afastamento ser quase certo, nos últimos dias de tentativa de assegurar votos, até o próprio Presidente interino se reuniu com senadores, segundo a imprensa brasileira.

O Presidente em exercício quer ver o processo finalizado rapidamente, tendo em conta a sua viagem à China para participar no encontro do G20, com os representantes das 20 principais economias do mundo, a 4 e 5 de setembro.

Numa carta aos senadores, a Presidente com mandato suspenso pediu justiça, avisando que só o povo pode “afastar o Presidente pelo conjunto da obra” e que, se consumado o impeachment (destituição), se estaria diante de “um golpe de Estado”.

Se concretizado o afastamento, será o primeiro no Brasil em que um Presidente lutou até ao fim.

Em 1992, o impeachment de Fernando Collor de Mello foi concluído apesar de, horas antes do julgamento final, ele ter renunciado ao cargo.

Para os próximos dias, foi montada uma estrutura apelidada localmente como “muro” para separar grupos contra e a favor do impeachment junto ao Congresso, em Brasília, sendo que a Secretaria de Segurança e Paz Social do Distrito Federal aguarda, no máximo, 30 mil manifestantes de cada lado.

Quando os senadores se reuniram para levar Dilma Rousseff a julgamento, a 9 de agosto, apenas algumas dezenas de pessoas se manifestaram na zona, ficando aquém das cinco mil esperadas pelas forças de segurança.

ZAP / Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Vídeo de criança vítima de bullying gera onda de apoio global

Internautas de todo o mundo, inclusive celebridades, uniram-se para dar apoio ao menino australiano, de nove anos, que sofre de bullying por causa da sua aparência. De acordo com a BBC, Yarraka Bayles partilhou o vídeo …

Descoberta nova quasipartícula: o π-ton

Foi descoberta uma nova quasipartícula no Instituto de Tecnologia de Viena. Os cientistas batizaram-na de π-ton, uma quasipartícula que contém dois eletrões e duas lacunas. Existem diferentes tipos de partículas. Um deles, as quasipartículas, são excitações …

É oficial. Friends está de volta para um episódio especial

As preces dos fãs foram finalmente ouvidas. O elenco de Friends vai reunir-se para um episódio especial exclusivo na HBO Max. Jennifer Aniston, Courteney Cox, Lisa Kudrow, Matt LeBlanc, Matthew Perry e David Schwimmer voltarão ao …

Dieta ocidental está a deixar as pessoas menos inteligentes

Uma dieta pouco saudável, à base de hambúrgueres e doces está literalmente a deixar as pessoas menos inteligentes apenas no espaço de uma semana. Esta foi a conclusão de um estudo de investigadores da Universidade …

Pedro Proença: Sociedade deve atuar no combate ao racismo

O presidente da Liga Portuguesa de Futebol Profissional (LPFP) disse, esta sexta-feira, que a sociedade portuguesa deve atuar no combate ao racismo, violência, xenofobia e intolerância. A Liga vai lançar, durante este fim-de-semana, uma campanha com …

Na última década, Coreia do Norte gastou mais de meio milhão de dólares em cavalos russos

A Coreia do Norte gastou recentemente dezenas de milhares de dólares na aquisição de 12 cavalos provenientes da Rússia, de acordo com os dados alfandegários. A Coreia do Norte gastou quase meio milhão de dólares (584.302 …

O caranguejo "supervilão" do Canadá vai ser transformado em plástico biodegradável

Uma equipa de cientistas no Canadá desenvolveu um plano para transformar uma espécie invasora de crustáceo - conhecida como como caranguejo supervilão - em copos e talheres  de "plástico", usando as suas carapaças para criar …

Covid-19. Tripulante de navio japonês pode ser o primeiro português infetado

Um português que é tripulante do navio Princess Cruises, atracado no porto de Yokohama, no Japão, pode ter sido diagnosticado "positivo" com o novo coronavírus. Contactada pela agência Lusa, a diretora-geral de Saúde, Graça Freitas, afirma …

Harry e Meghan vão deixar de poder usar a marca Sussex Royal

O duque e a duquesa de Sussex vão deixar de poder usar a marca Sussex Royal, anunciou, esta sexta-feira, um porta-voz da casa real. "Estando o duque e a duquesa focados nos seus planos de estabelecer …

Messi marca quatro e embala Barcelona para o topo da La Liga

Um póquer de Lionel Messi embalou o FC Barcelona, este sábado, para a liderança da Liga espanhola, com uma "mão cheia" de golos na receção ao Eibar (5-0). Os catalães subiram ao topo de La Liga …