/

Comboio intercidades descarrila na linha da Beira Alta

Um comboio intercidades que fazia a ligação de Guarda para Lisboa com 89 pessoas a bordo descarrilou este domingo em Mortágua. Não há feridos a registar, segundo informação da proteção civil e da empresa CP.

O descarrilamento aconteceu pelas 8:40, à entrada do túnel do Coval, em Mortágua, já depois da paragem em Santa Comba Dão, segundo as mesmas fontes. A bordo seguiam 87 passageiros e dois tripulantes, não havendo feridos, disse este domingo uma fonte oficial da CP Comboios de Portugal.

A causa do acidente, que provocou o descarrilamento da locomotiva e das duas primeiras carruagens, foi um deslizamento de terras devido à chuva dos últimos dias, disse o presidente da Câmara de Mortágua, Júlio Norte.

O autarca confirmou à agência Lusa que o acidente não provocou feridos e verificou-se já em território do vizinho concelho de Santa Comba Dão, mas “no limite dos dois concelhos”.

O acidente não teve a ver com as obras” em curso nalguns troços da Linha da Beira Alta, acrescentou, frisando que, na sequência dos incêndios de 15 outubro de 2017, os taludes da linha e as encostas na zona estão desprovidos de vegetação, o que “tende a provocar deslizamentos” que arrastam terra, pedras e troncos.

O sábado “foi um dia em que choveu bastante“, realçou o autarca.

A linha da Beira Alta está cortada e não há previsões de quando voltará a estar operacional. A CP assegurou o transbordo rodoviário dos passageiros entre Santa Comba Dão e Mortágua para poderem continuar viagem, que foram levados de autocarro para Coimbra, onde apanharam um comboio para Lisboa, disse à Lusa fonte oficial da empresa.

A empresa diz ainda que “lamenta os transtornos decorrentes deste acidente e envidará todos os esforços para minimizar o efeito destas perturbações nas viagens dos seus clientes”. Ao longo do dia de hoje, estão previstos 14 comboios na linha da Beira Alta.

  // Lusa

Deixe o seu comentário

Your email address will not be published.