“Com cautela e sem pressa”. Depois das creches, Noruega reabre escolas para 250 mil alunos

Esta segunda-feira, a Noruega reabriu as escolas aos mais de 250 mil alunos do 1.º ciclo, depois de cinco semanas de aulas à distância. Neste país, o regresso à nova normalidade faz-se “com cautela e sem pressa”.

Na semana passada, as autoridades de saúde da Noruega permitiram que as creches e os jardins de infância reabrissem.

Esta segunda-feira, 250 mil alunos do 1º ciclo, com entre 6 e 10 anos, regressaram às escolas. Uma escola em Asker limitou as aulas a 15 crianças por professor.

O regresso à “normalidade” foi feito apertadas regras de higiene, como a lavagem das mãos, e promovendo o distanciamento social.

O ministro da Saúde, Bent Høie, assegurou, citado pelo Observador, que deixar as crianças voltar à escola não terá efeito sobre a propagação do vírus, mas não hesitará em “encerrar rapidamente” todos os estabelecimentos de ensino caso a curva epidemiológica se altere.

“Se não conseguirmos conter o vírus, vamos apertar as medidas novamente”, disse Høie. “Precisamos de fazer esse trabalho juntos, porque já vimos que é muito fácil perder o controlo da infeção”.

Os números mais recentes revelam um total de 7.533 pessoas infetadas pela covid-19. Apenas 122 necessitaram de hospitalização, mas os mortos ultrapassaram os 200 durante o fim de semana.

A Noruega tem conseguido manter a taxa de transmissão (R0) à volta dos 0,7. Com uma taxa de infeção (número de pessoas infetadas por cada infetado) sempre abaixo de 1, o país foi preparando a estratégia para o desconfinamento “com cautela e sem pressa”, como admitiu Høie.

Além das escolas e dos transportes públicos, o governo autorizou também a abertura de dentistas, cabeleireiros e institutos de beleza.

Segundo um estudo realizado pela empresa de seguros FM Global, a Noruega é o país mais bem preparado para dar a volta à crise económica provocada pelo novo coronavírus, seguido pela Dinamarca, Suíça, Alemanha e Finlândia.

1,4 milhões instalaram uma app que rastreia covid-19

Este sábado, de acordo com o Observador, o Instituto de Saúde Pública da Noruega (FHI) revelou que 1.427.000 pessoas – a Noruega tem 5,5 milhões de habitantes – instalaram a Smittestopp, uma app que avisa os utilizadores se estiveram em contacto com alguém com covid-19 em troca dos seus dados.

A app de instalação voluntária utiliza dados Bluetooth e de localização dos utilizadores para medir a eficácia das medidas de contenção da pandemia. Através de uma análise em massa de dados agregados, teoricamente anónima, quem tiver a app pode saber se esteve em contacto com alguém infetado com o novo coronavírus.

A primeira-ministra norueguesa chegou a referir que seria a solução para “recuperar a liberdade e a vida quotidiana antes da pandemia” e instou a população a instalá-la.

De acordo com a revista Forbes, o aparente sucesso desta app veio com críticas de proteção de dados e problemas de cibersegurança. Na descrição da app, os responsáveis assumem que nem sempre conseguem proteger a identidade dos cidadãos.

Também têm surgido outras críticas relacionadas com o procedimento utilizado para criar a app. A empresa pública que ficou responsável por a construir, a Simula, recebeu o projeto por ajuste direto. Inicialmente, ia utilizar 9 milhões de coroas norueguesas (781 mil euros) para a desenvolver. Contudo, ao longo de 2020, espera-se que gaste 45 milhões de coras norueguesas (3,9 milhões de euros).

Em Portugal, a app monitorCovid19.pt será de uso voluntário e permitirá aos utilizadores descobrir casos de contacto próximo com infetados pelo novo coronavírus. No entanto, para ser eficaz, a app tem de ser instalada por 60% dos utilizadores de smartphones.

ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Diário de oficial nazi revela localização de tesouro escondido na Polónia durante a 2.ª Guerra Mundial

Um diário que esteve na posse de uma sociedade secreta durante décadas contém um mapa que descreve a localização de mais de 30 toneladas de ouro escondidas pelos nazis durante a Segunda Guerra Mundial. Escrito há …

"Pés de café" ajudam robôs a andar mais rápido (e sem tropeçar)

Uma das principais aplicações para robôs com pernas é a exploração de locais de desastre. No entanto, para atravessar os escombros, estas máquinas precisam de ter "pés" firmes. Uma equipa de investigadores da Universidade da Califórnia, …

Famalicão 2-1 FC Porto | Dragões falham reentrada

O FC Porto ficou hoje com a liderança da I Liga portuguesa de futebol em risco, ao perder em casa do Famalicão, por 2-1, na 25.ª jornada, que marca o regresso após a paragem devido …

Empresas chinesas compram soja dos EUA apesar de suspensão imposta pelo Governo

Empresas estatais chinesas terão comprado pelo menos três carregamentos de soja aos Estados Unidos (EUA), mesmo após o Governo ter levantado uma suspensão. Esta surgiu depois de Washington afirmar que terminaria com o acordo comercial …

Musk quer bombardear Marte. Pode ser só um "pretexto" para enviar armas nucleares para o Espaço

O plano de Elon Musk de bombardear Marte é apenas um pretexto para o lançamento de armas nucleares para o Espaço, disse o diretor da agência espacial russa Roscosmos, Dmitry Rogozin. Bombardear Marte para tornar o …

Quase 20 mil toneladas de combustível derramadas em rio na Rússia

https://cache-igi.cdnvideo.ru/igi/video/2020/6/2/%D0%BD%D0%BE%D1%80%D0%B8%D0%BB%D1%8C%D1%81%D0%BA.mp4 Quase 20 mil toneladas de combustível foram acidentalmente derramadas num rio no extremo norte da Rússia, levando as autoridades a declarar uma situação de "emergência" e levantando preocupações entre ambientalistas e residentes. Em comunicado, a associação …

Mais verde e mais barato. Suécia segue a Alemanha e instala a primeira turbina eólica de madeira

A Suécia instalou uma nova e interessante turbina eólica: uma torre construída em madeira. A Alemanha também já tem esta nova tecnologia. Construída a partir de materiais de fontes sustentáveis e que oferecem desempenho comparável às …

Já não mostra só as filas do supermercado. App "Posso ir?" também diz se pode ir à praia

A aplicação móvel que permite aos utilizadores consultar as filas e as afluências aos supermercados também mostra como está a praia. Agora, a aplicação "Posso ir?" vai também dizer-lhe se é ou não prudente ir dar …

Discurso xenófobo. Na Áustria, "a islamofobia tornou-se uma forma dominante de racismo"

A Áustria regista um aumento preocupante do discurso xenofóbico, em particular em relação aos muçulmanos e refugiados, alerta um relatório do Conselho da Europa. A Comissão do Conselho da Europa contra o Racismo e a Intolerância …

Um em cada quatro russos acredita que a pandemia é uma invenção

Um em cada quatro russos acredita que a pandemia de coronavírus é uma invenção, de acordo com uma pesquisa realizada pela Escola Superior de Economia de Moscou (HSE). Segundo avançou o site de notícias RBC, citado …