Com 13 anos, Jack não conseguiu jogar na lotaria (mas comprou uma arma)

Jack, um rapaz norte-americano de 13 anos, tentou, sem sucesso, comprar cerveja, cigarros, revistas para adultos ou até jogar na lotaria. Mas quando se tratou de comprar uma arma, conseguiu-o em menos de dez minutos.

O vídeo foi publicado pela primeira vez em 2014, num segmento da HBO Real Sports do jornalista Bryant Gumbel, para mostrar a facilidade chocante com que se consegue comprar uma arma nos Estados Unidos.

Agora, está novamente a ser partilhado nas redes sociais, depois do tiroteio levado a cabo por Nikolas Cruz, um jovem de 19 anos que matou 17 pessoas no interior de uma escola em Parkland, na Florida.

Jack é um rapaz de apenas 13 anos que, acompanhado por uma equipa da HBO, tenta fazer algumas compras na cidade onde vive, no estado de Virginia. Como seria de esperar, é a mãe que o leva às lojas, porque o jovem não tem idade suficiente para conduzir.

Nas imagens, podemos ver o rapaz a levar “nega” dos funcionários das lojas, quando se trata de comprar cerveja, um maço de cigarros, revistas para adultos e até bilhetes para jogar na lotaria. Em todos os casos, Jack não conseguiu cumprir o objetivo por ter menos de 18 anos, ou 21, no caso das bebidas alcoólicas.

Porém, a última paragem aconteceu numa loja de armas. Em menos de dez minutos, e sem enfrentar qualquer tipo de entrave ou perguntas do vendedor, que ainda o aconselhou de qual seria o melhor modelo para si, o rapaz conseguiu sair com uma espingarda calibre 22, arma semelhante à que Nikolas usou na semana passada.

De acordo com a Polícia do Estado da Virginia, é necessário ter 18 anos de idade para se conseguir comprar uma espingarda de um revendedor de armas licenciado e, pelo menos 21 anos, para adquirir uma pistola.

Estamos no início de 2018 e, nos EUA, o tiroteio de Parkland foi já o 18.º episódio a envolver armas de fogo em escolas ou locais próximos de estabelecimentos de ensino. Para mostrar que chegou a altura de dizer “basta”, um grupo de alunos que sobreviveu à tragédia está a preparar uma marcha, em Washington, no próximo dia 24 de março.

Várias celebridades como George e Amal Clooney, Oprah Winfrey, Steven Spielberg, Lady Gaga, Cher, Rowan Blanchard, Justin Bieber, Amber Tamblyn, Amy Schumer, Olivia Wilde, Bryce Dallas Howard, Julianne Moore e Alyssa Milano já fizeram doações para ajudar o movimento e muitos vão mesmo juntar-se aos estudantes na capital.

ZAP // Hypeness

PARTILHAR

4 COMENTÁRIOS

  1. E soluções?
    Marchas é muito bonito, mas e propor soluções? O Trump propõe armar os funcionários Escolares (professores, treinadores, etc…) e apresenta os seus motivos. Podemos discutir a validade dos motivos, tentar calcular os resultados… Mas chamar-lhe estúpido e fazer marchas de protesto não trás os mortos de volta e também não oferece nenhuma solução para o futuro. O melhor era em vez de fazer marchas e protestar contra tudo e contra todos seria meter os cérebros a trabalhar, ler a constituição, ver as leis existentes, ver onde estão a falhar e propor medidas legais, constitucionais e eficazes para resolver a situação. Mas algo me diz que o problema de facto não são as armas, está no motivo que leva as pessoas a usá-las, a falta de respeito pela vida humana, a falta de objectivos, os problemas psicológicos, a falta de motivação para a vida… O que tem de ser tratado é o motivo que leva as pessoas a adquirir armas para usar deliberadamente e conscientemente contra outros.

  2. Isso é muito bonito e muito poético, mas se não houver vontade política por parte daquele anormal de pele casca de laranja e cabelo pelo de rato, nada feito. Pelo menos as marchas e outras manifestações pacíficas servem para alertar consciências e dar visibilidade ao problema, embora obviamente não trazem os mortos de volto, como aliás..dahh, nada trará os inocentes massacrados de volta. Finalmente, o que leva aquelas “pessoas” a adquirir armas, é a facilidade e a natureza pistoleira do seu ADN. Pessoas com problemas psicológicos há por todo o lado infelizmente, mas felizmente que nem em todo o lado um esquizofrénico deprimido de 17 ou 18 anos entra numa loja de armas e adquire uma shotgun!

    • Ora, voltamos ao mesmo!
      O problema já existia antes do homem com cabelo cor de laranja. E a culpa não é dele. Aliás o anterior presidente e o seu partido são os que mais falam contra as armas. Mas tiveram o poder 8 anos e… nada! O facto é que o número de armas per capita até nem tem variado muito nas últimas 3 décadas. Porque é que raio estas coisas só tem acontecido nas última década e meia (mais ou menos)? E as leis/legislação/controlo têm aumentado precisamente neste periodo…
      Como fazer? O que fazer? As manifestações/passeatas adiantam o quê efectivamente? As pessoas sabem bem o que se passa. O problema é que é capaz de ser bem dificil de resolver!
      Dado curioso: o grupo que mais aumentos a compra de armas foram as mulheres na casa do 30 anos!

  3. 10 minutos pra conseguir uma arma ?! Que horror ! Que burocracia infernal. Se viesse cá à Cova da Moura ou ao Entroncamento bastavam 3 e ainda conseguia aprender também a gamar carros. Ou seja, fazer tudo dentro da lei só causa entraves.

RESPONDER

Presos primeiros suspeitos do assassinato de Marielle Franco

Nove meses depois da morte da vereadora Marielle Franco e do motorista Anderson Gomes, a polícia civil cumpriu, na quinta-feira, mandados de prisão e busca ligados ao crime. De acordo com a TV Globo, os agentes …

Morreu a primeira mulher portuguesa a integrar um Governo

Maria Teresa Cárcomo Lobo foi nomeada subsecretária de Estado da Saúde em agosto de 1970 por Marcelo Caetano. Morreu este mês no Rio de Janeiro, no Brasil, aos 89 anos. A notícia da morte de Maria …

Putin, o espião soviético, tinha cartão de identificação da secreta alemã

Quando era membro do KGB, o Presidente russo estava colocado em Dresden, na Alemanha. Agora, descobriu-se nos arquivos que tinha também identidade da Stasi. Foi encontrado nos arquivos da polícia secreta, em Dresden, um cartão de …

Ataque em Estrasburgo. Número de vítimas mortais sobe para quatro

Um dos feridos do atentado de terça-feira em Estrasburgo morreu esta sexta-feira, elevando para quatro o número total de vítimas mortais, anunciou a Procuradoria de Paris. Duas pessoas morreram no próprio dia do ataque, depois de …

Preço do pão pode aumentar no próximo ano

O preço do pão poderá subir em 2019, acompanhando o aumento do salário mínimo e do valor da matéria-prima, disse à agência Lusa o presidente da Associação dos Industriais da Panificação, Pastelaria e Similares do …

Auditorias sobre fogos de 2017 ainda não estão prontas

Quase um ano e meio depois dos incêndios que assolaram o país em 2017, as inspeções e processos disciplinares destinados a apurar responsabilidades que correm na Inspeção Geral da Administração Interna (IGAI) não estão ainda …

PJ detém suspeito de 160 crimes informáticos por tentar clonar cartões multibanco

A Polícia Judiciária (PJ) deteve um homem suspeito de 160 crimes de burla informática e associação criminosa por ter instalado dispositivos em máquinas multibanco para capturar dados das bandas magnéticas e códigos de acesso para …

Falhas do piloto na origem da queda de avioneta na praia da Caparica

Falhas na gestão da emergência e quebra de procedimentos pelo piloto instrutor levaram à aterragem do Cessna 152 numa praia da Costa de Caparica, Almada, em agosto de 2017, causando a morte a duas pessoas, …

Greve do Metro do Porto desconvocada após acordo

A greve na Metro do Porto, marcada para os dias 17 e 31 de dezembro, foi desconvocada depois de a empresa ter chegado a acordo com o Sindicato dos Maquinistas de Caminho-de-Ferro. A greve dos profissionais …

Parlamento aprova benefícios fiscais para arrendamento de longa duração

O parlamento aprovou esta quinta-feira, na generalidade, quatro dos dez projetos de lei do PSD sobre arrendamento, destacando-se a atribuição de benefícios fiscais a contratos a partir de dois anos e o aperfeiçoamento do Balcão …