A Aurora Flight Sciences, subsidiária da Boeing, vai lançar em 2019 o seu drone solar Odysseus, que terá a capacidade voar durante meses de forma autónoma e o objectivo de dar acesso Internet a todo o planeta – incluindo os cantos mais longínquos do mundo.

Embora o Facebook tenha desistido de desenvolver o seu drone solar Aquila, muitas outras empresas continuam a perseguir o objectivo de criar um drone que possa manter-se no ar por tempo ilimitado apenas com a energia do Sol. Entre estes está o Odysseus, projecto apoiado pela Boeing, que vai mostrar o que vale já no próximo ano.

O Odysseus, desenvolvido pela Aurora Flight Sciences, está em desenvolvimento há alguns anos. A sua origem remonta ao Daedalus Project, projecto lançado pelo MIT na década de 1980 que bateu o record de voo de um avião solar tripulado em 1988, com uma muito simbólica viagem de 115 km sobre o mar Egeu, entre Creta e Santorini.

“O Odysseus, ideia que nasceu do Daedalus, é já hoje uma solução viável para o avanço da pesquisa sobre as alterações climáticas e outros problemas que afectam a nossa atmosfera”, afirmou John Langford, um dos líderes do projecto Daedalus e actualmente presidente e CEO da Aurora Flight Sciences, em nota divulgada esta semana.

“A Aurora foi fundada com a ideia de que a tecnologia e a inovação podem fornecer soluções poderosas para os complexos problemas que afectam toda a Humanidade”, acrescenta Langford.

O Odysseus tem como objectivo tornar-se uma alternativa aos satélites, uma vez que permitirá criar plataformas de observação da Terra de alta altitude, mas com um custo de uma fracção do de um satélite.

Aurora Flight Sciences

O enorme drone solar Odysseus quer levar a internet aos 4 cantos do mundo

A abordagem da Boeing diverge, neste aspecto, do projecto da SpaceX de Elon Musk, que planeia melhorar a velocidade da internet e a conectividade global do planeta colocando em órbita, entre 2019 e 2024, nada menos que 4.425 satélites – três vezes mais do que todos os satélites que existem actualmente em órbita.

A versão orbital tenha a vantagem de não ter preocupações com questões territoriais das fronteiras geográficas e das burocracias necessárias em cada país onde fosse necessário ter um drone. Por outro lado, é uma solução que não está ao alcance de qualquer empresa.

A Aurora realça que os seus drones podem ser lançados com um custo muito inferior ao de um satélite, e que a sua autonomia, na ordem dos meses, é muito superior ao dos drones solares convencionais.

“O Odysseus tem uma autonomia de que nenhum outro drone semelhante é capaz, e pode transportar instrumentos de investigação científica que o transformam numa plataforma de eleição para a pesquisa meteorológica e atmosférica, que será o seu primeiro papel”, explica Langford. “O Odysseus vai mudar o Mundo“.

O Odysseus está também apto para missões de vigilância, comunicações e conectividade, podendo assumir o papel que o Facebook tinha planeado para o seu projecto Aquila há alguns anos – tornando-se assim uma alternativa viável para dotar o planeta de uma rede de comunicações global e levar a internet aos cantos mais distantes do Mundo.

Mas primeiro, será preciso demonstrar que um colossal drone solar consegue mesmo manter-se no ar durante meses… a cumprir a sua missão, qualquer que ela seja.

O primeiro voo do Odysseus, que partirá de Porto Rico, está agendado para o dia 23 de abril de 2019, data do 31º aniversário do voo do Daedalus sobre o mar Egeu.

PARTILHAR

RESPONDER

Autonomia para a contratação nos hospitais continua a depender de Centeno

Os hospitais já não precisam de autorização do Ministério das Finanças para substituir os profissionais de saúde. Porém, se quiserem ter total autonomia, continuam a precisar da aprovação do ministério tutelado por Mário Centeno. Na quarta-feira, …

Portugal garante duas entradas diretas na Champions de 2021/22

Portugal assegurou esta quinta-feira que vai terminar a época 2019/20 no 'top 6' do ranking de clubes de UEFA, garantindo duas entradas diretas, mais uma equipa na terceira pré-eliminatória, na Liga dos Campeões de futebol …

EDP processa Estado e reclama 717 milhões de euros

A EDP está a processar o Estado português, exigindo uma compensação de 717 milhões de euros devido ao antigo fundo de hidraulicidade. O Governo recusa essa hipótese. A EDP avançou com um processo contra o Estado …

Conservadores vencem com maioria absoluta. Boris promete Brexit a 31 de janeiro

O Partido Conservador garantiu, esta quinta-feira, a maioria absoluta e venceu oficialmente as eleições legislativas, apesar de a contagem dos votos continuar em curso. Para obter uma maioria absoluta, um partido precisa de vencer em 326 …

Estado é um dos clientes que podem ter de pagar para ter dinheiro nos bancos

Os bancos que não podem cobrar pelos depósitos de multinacionais ou empresas públicas, mas podem aplicar comissões apenas a instituições financeiras, como bancos ou seguradoras. Porém, de acordo com o jornal Público, há entidades do Estado …

Esgotaram as vacinas contra a gripe. Governo acusado de "esquecer" idosos

A Administração Regional de Saúde de Lisboa e Vale do Tejo (ARSLVT) admitiu esta sexta-feira que houve uma rutura de stock da primeira tranche de vacinas contra a gripe. Em resposta a questões da Lusa na …

Vénus paleolítica com mais de 20.000 anos descoberta no norte de França

Uma Vénus do Paleolítico esculpida há 23 mil anos foi encontrada no campo arqueológico de Renancourt, perto de Amiens, no norte de França. A descoberta remonta a julho passado e foi agora anunciada em comunicado pelo …

Chumbados projetos de lei para proteger vítimas de violência doméstica

Reconhecimento das crianças em contexto de violência doméstica, declarações para memória futura das vítimas e criação de subsídio para quem é obrigado a abandonar o lar foram os temas em discussão. Os projetos de lei do …

Ferro repreende Ventura no Parlamento. Deputado pede audiência urgente a Marcelo

O presidente da Assembleia da República, Ferro Rodrigues, fez esta quinta-feira uma advertência ao deputado do Chega por utilizar com “demasiada facilidade” as palavras “vergonha” e “vergonhoso” nas suas intervenções no parlamento. André Ventura intervinha no …

Consumo moderado de álcool pode estar associado a um maior risco de cancro

Um novo estudo sugere que até mesmo o consumo leve ou moderado de álcool pode estar associado a um maior risco de cancro. No entanto, as conclusões não são consensuais na comunidade científica. Nem só o …