França. “Coletes amarelos” apresentam lista às eleições europeias

Sebastien Nogier / EPA

Protesto dos “Coletes Amarelos” no sul de França

O movimento contestatário francês dos Coletes Amarelos apresentou esta quinta-feira uma lista para concorrer às eleições de maio para o Parlamento Europeu (PE) liderada por Ingrid Levavasseur, uma auxiliar de enfermagem de 31 anos.

A lista intitula-se Reunião de Iniciativa Cidadã, cujas iniciais, RIC, coincidem com as de uma das principais exigências políticas do movimento de contestação, um referendo de iniciativa cidadã. “O movimento social nascido no nosso país a 17 de novembro reflete a necessidade de transformar a raiva num projeto político humano”, afirma Levavasseur em comunicado.

O texto explica que a lista tem como objetivo dar “respostas aos franceses que apoiam” os ‘coletes amarelos’ e os eurodeputados que eleger terão como principal missão servir de “porta-vozes dos cidadãos, que serão consultados ao longo de todo o seu mandato” Com esse vínculo ao PE, os cidadãos passarão a ser “atores da nova construção europeia”.

“Queremos deixar de sofrer as decisões das instâncias europeias e os ‘diktats’ das castas de financeiros e tecnocratas que se esqueceram do principal: o humano, a solidariedade, o planeta”, lê-se na mesma nota.

Os primeiros dez candidatos na lista têm idades entre os 29 e os 53 anos e entre eles figuram uma doméstica, um vendedor, um contabilista, um jurista e um conselheiro municipal.

O designado movimento dos ‘coletes amarelos’ surgiu em França, onde desde 17 de novembro milhares de pessoas se têm manifestado todos os sábados envergando coletes refletores de segurança rodoviária. Algumas dessas manifestações degeneraram em violência, com automóveis e contentores de lixo incendiados e confrontos com as forças policiais, que fizeram pelo menos dez mortos e centenas de feridos.

// Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Forças Armadas dos EUA estão a adquirir coletes à prova de bala adaptados para mulheres

As Forças Armadas dos EUA estão a dar grandes passos no que diz respeito à igualdade de género. A instituição está a começar a mudar os seus coletes à prova de bala, de forma a …

Abstenção do PCP no OE2021? É um excelente indicador, diz Costa

O primeiro-ministro, António Costa, considerou um “excelente indicador” o PCP ter anunciado a abstenção no Orçamento do Estado de 2021 (OE2021) e resultado de um entendimento “para ter um bom orçamento para o próximo ano”. “É …

Egito abre restaurante com vista de luxo para as pirâmides de Gizé

O Egito inaugurou um novo restaurante com vista panorâmica para as pirâmides. O investimento faz parte de uma tentativa de reavivar o turismo no país. O Egito revelou novas instalações para os visitantes no planalto nas …

Novo recorde. Portugal regista mais 3.669 casos de covid-19

Portugal regista este sábado 3.669 novos casos de infeção com o novo coronavírus, responsável pela covid-19, o valor diário mais elevado desde o início da pandemia, e mais 21 mortes relacionadas com a covid-19, segundo …

Câmara do Porto encerra cemitérios nos dias 31 de outubro e 1 e 2 de novembro

O presidente da Câmara do Porto anunciou o encerramento dos cemitérios em 31 de outubro e 1 e 2 de novembro, justificando a decisão com a necessidade de desviar meios para cumprir a proibição de …

Rui Vitória de saída do Al Nassr

O treinador português Rui Vitória está de saída do Al Nassr, avança este sábado o canal árabe 24Sports. A saída de Rui Vitória, que em janeiro de 2019 deixou o comando técnico do Benfica, surge …

Casamento com 200 pessoas autorizado em Arruda dos Vinhos. Câmara contesta

O presidente da Câmara de Arruda dos Vinhos criticou a decisão da autoridade de saúde de autorizar a realização de um casamento “com cerca de 200 pessoas”, considerando que vai colocar a população do concelho …

Novo Banco desmente demissão de gestores após polémicas com Fundo de Resolução e Vieira

O Novo Banco veio a público desmentir a notícia do Público que alega que três gestores de topo da instituição se demitiram, após divergências internas envolvendo várias polémicas relacionadas com o Fundo de Resolução, com …

Milhões da bazuka europeia só chegam em junho

Portugal e os restantes Estados-membros das União Europeia (UE) só deverão receber os respetivos fundos da bazuka europeia de apoio à retoma no pós-pandemia na segunda metade de 2021, em meados de junho. A confirmar-se …

Braço de ferro entre Costistas e Nunistas novamente adiado

O PS voltou a adiar, agora de 31 de Outubro para 7 de Novembro, a reunião da Comissão Nacional que decidirá a orientação do partido face às eleições presidenciais. Fica assim adiado o braço-de-ferro entre …