Dinheiro do bar e papelaria dos Colégios GPS era entregue aos administradores

claremontcollegesdigitallibrary / Flickr

As receitas em dinheiro do bar e da papelaria de dois colégios eram entregues aos cinco administradores por funcionários, uma professora e um filho de um dos arguidos.

Todo o dinheiro que entrava em numerário no bar, papelaria e até numa feira do livro era entregue aos cinco administradores do grupo GPS constituídos arguidos, segundo a acusação do Ministério Público a que o Observador teve acesso.

De acordo com as orientações dadas aos serviços administrativos do Colégio São Mamede e do Colégio Miramar dadas pelos administradores, os pagamentos em cheque ou moedas deviam ser “depositados na conta bancária aberta em nome desses colégios”, mas se os alunos pagassem em notas, eram “entregues aos administradores, ou a pessoas da sua confiança”.

Este desvio de numerário terá acontecido entre 2010 e 2014, período em que “António Calvete, Manuel Madama, António Madama, Fernando Catarino e Agostinho Ribeiro decidiram apoderar-se de verbas provenientes de outras receitas dos colégios, designadamente de papelaria e bar” e também de uma feira do livro, cujas receitas atingiram os 1.068,39 euros.

Segundo o jornal, um total de 426.987,99 euros foi entregue aos arguidos, e desse total, quase meio milhão de euros foi recolhido por um funcionário no Colégio São Mamede, que aparece referenciado na acusação do MP como “Dr Manuel”.

Além disso, na lista de pessoas que recolheram o dinheiro para entregar aos administradores consta uma professora – que fez uma recolha no valor de 4.145 mil euros  – e Nuno Madama, filho do arguido António Madama, que recolheu 76.064,30 mil euros.

Este alegado desvio de dinheiro poderá justificar a apreensão de 29 mil euros “em numerário” a Manuel Madama – além de 60 veículos – e de 25 mil euros em dinheiro a António Madama, além de sete carros.

No passado dia 23 de março, o MP acusou por corrupção, peculato, falsificação de documento, burla qualificada e abuso de confiança dois ex-decisores públicos e cinco administradores do grupo GPS – três deles, inclusive, continuam em funções.

Foram usados mais de 34 milhões de euros dos mais de 300 milhões pagos ao grupo no âmbito dos contratos de associação com o Estado, principalmente através de seis empresas-fantasma controladas pelos administradores. Esse dinheiro serviu para pagar viagens, cruzeiros, carros, jantares, vinhos e seguros pessoais.

ZAP //

PARTILHAR

5 COMENTÁRIOS

RESPONDER

Os Simpsons podem ter previsto o surto do novo coronavírus da China

A série de televisão animada "Os Simpsons" é conhecida por ter feito profecias que, com o passar do tempo, se tornaram mesmo realidade. Agora, os fãs do programa parecem ter encontrado um episódio que prediz …

Identificada nova espécie de dinossauro que viveu há mais de 150 milhões de anos

Paleontólogos identificaram, nos Estados Unidos, uma nova espécie de dinossauro do género dos alossauros, que viveu há mais de 150 milhões de anos. A espécie, que tem o nome de Allosaurus jimmadseni, foi identificada a partir …

Escorpião com 436 milhões de anos foi dos primeiros animais a pisar a Terra

Cientistas descobriram um escorpião com 436 milhões de anos que terá sido um dos primeiros animais da Terra a migrar dos habitats aquáticos para os terrestres. Foram encontrados dois fósseis da espécie num antigo mar tropical …

Bruno de Carvalho disposto a liderar SAD do Sporting com Varandas

O ex-presidente do Sporting admitiu, esta sexta-feira, estar disposto a liderar a SAD do clube, mesmo com Frederico Varandas como presidente. No seu comentário semanal na Rádio Estádio, Bruno de Carvalho disse estar disposto a regressar …

A Inteligência Artificial teria resolvido o mistério da fuga de Alcatraz

Um programa de Inteligência Artificial (IA) poderia ter resolvido o mistério da fuga dos irmãos irmãos John e Clarence Anglin e Frank Morris da prisão de Alcatraz, que foi considerada uma das mais seguras dos …

Mais de 30 militares dos EUA ficaram com lesões cerebrais após ataque iraniano

Mais de 30 militares norte-americanos ficaram com lesões cerebrais traumáticas na sequência do ataque iraniano na base militar de Ain al-Assad, no Iraque. 34 militares norte-americanos ficaram com lesões cerebrais traumáticas na sequência do ataque levado …

Homem que torturou suspeitos de planear o 11 de setembro diz que o voltaria a fazer

James Mitchell torturou os cinco suspeitos de terem planeado o ataque de 11 de setembro de 2001. Em tribunal, disse que não tem remorsos e que o voltaria a fazer. James Mitchell foi o psicólogo responsável …

Belenenses e Belenenses SAD chegam a acordo para suspender ações judiciais

A Federação Portuguesa de Futebol (FPF) anunciou, esta sexta-feira, que foi alcançada uma suspensão das ações judiciais entre o Belenenses e a Belenenses SAD. Em comunicado publicado na sua página oficial, a FPF informou que o …

Amazon quer que os clientes paguem com as mãos

A gigante tecnológica Amazon quer que os  clientes comprem e efetuem o pagamento com um aceno da mão em vez de passar um cartão numa máquina. De acordo com o Wall Street Journal, que cita fontes …

59 autarcas constituídos arguidos na Operação Éter

O Ministério Público constituiu 74 arguidos, 59 dos quais autarcas e ex-autarcas de 47 câmaras do Norte e Centro, no processo da investigação às Lojas Interativas da Turismo do Porto e Norte, realizada no âmbito …