Dinheiro do bar e papelaria dos Colégios GPS era entregue aos administradores

claremontcollegesdigitallibrary / Flickr

As receitas em dinheiro do bar e da papelaria de dois colégios eram entregues aos cinco administradores por funcionários, uma professora e um filho de um dos arguidos.

Todo o dinheiro que entrava em numerário no bar, papelaria e até numa feira do livro era entregue aos cinco administradores do grupo GPS constituídos arguidos, segundo a acusação do Ministério Público a que o Observador teve acesso.

De acordo com as orientações dadas aos serviços administrativos do Colégio São Mamede e do Colégio Miramar dadas pelos administradores, os pagamentos em cheque ou moedas deviam ser “depositados na conta bancária aberta em nome desses colégios”, mas se os alunos pagassem em notas, eram “entregues aos administradores, ou a pessoas da sua confiança”.

Este desvio de numerário terá acontecido entre 2010 e 2014, período em que “António Calvete, Manuel Madama, António Madama, Fernando Catarino e Agostinho Ribeiro decidiram apoderar-se de verbas provenientes de outras receitas dos colégios, designadamente de papelaria e bar” e também de uma feira do livro, cujas receitas atingiram os 1.068,39 euros.

Segundo o jornal, um total de 426.987,99 euros foi entregue aos arguidos, e desse total, quase meio milhão de euros foi recolhido por um funcionário no Colégio São Mamede, que aparece referenciado na acusação do MP como “Dr Manuel”.

Além disso, na lista de pessoas que recolheram o dinheiro para entregar aos administradores consta uma professora – que fez uma recolha no valor de 4.145 mil euros  – e Nuno Madama, filho do arguido António Madama, que recolheu 76.064,30 mil euros.

Este alegado desvio de dinheiro poderá justificar a apreensão de 29 mil euros “em numerário” a Manuel Madama – além de 60 veículos – e de 25 mil euros em dinheiro a António Madama, além de sete carros.

No passado dia 23 de março, o MP acusou por corrupção, peculato, falsificação de documento, burla qualificada e abuso de confiança dois ex-decisores públicos e cinco administradores do grupo GPS – três deles, inclusive, continuam em funções.

Foram usados mais de 34 milhões de euros dos mais de 300 milhões pagos ao grupo no âmbito dos contratos de associação com o Estado, principalmente através de seis empresas-fantasma controladas pelos administradores. Esse dinheiro serviu para pagar viagens, cruzeiros, carros, jantares, vinhos e seguros pessoais.

ZAP //

PARTILHAR

5 COMENTÁRIOS

RESPONDER

Epidemiologista chefe da DGS abandona cargo. Saída foi "programada"

A chefe da divisão de Epidemiologia e Estatística da Direção-Geral da Saúde, Rita Sá Machado, vai integrar a equipa da Missão Permanente de Portugal junto dos Organismos e Organizações Internacionais das Nações Unidas, em Genebra. A …

"É com Vieira que o FC Porto consegue tirar a final da Taça do Jamor"

Rui Gomes da Silva, candidato à presidência do Benfica, apontou baterias ao atual presidente das águias, Luís Filipe Vieira, poucas horas depois de a Federação Portuguesa de Futebol ter anunciado que a final da Taça …

Rui Rio propôs fim dos debates quinzenais sem consultar deputados

A bancada do PSD só recebeu as propostas do partido para alterar o regimento da Assembleia da República mais de 24 horas depois do anúncio feito por Rui Rio, na terça-feira, no Porto. Rui Rio, líder …

TAP escapa à nacionalização. Estado assume controlo com 72,5% da companhia

O Estado e os acionistas privados da TAP estão perto de chegar a acordo, devendo a companhia aérea escapar à nacionalização. Ainda não há fumo branco, mas o acordo sobre o futuro da TAP deverá …

Encontradas 115 crianças enterradas com moedas na boca na Polónia

Trabalhadores que construíam uma nova estrada na Polónia encontraram os restos de 115 corpos de crianças enterras com moedas na boca. Durante os trabalhos de construção de uma autoestrada em Jezowe, na Polónia, trabalhadores descobriram restos …

À frente de Figo, Futre e Ronaldo. Joelson é o terceiro mais novo de sempre a estrear-se pelo Sporting

O Sporting venceu esta quinta-feira na receção ao Gil Vicente, por 2-1, no jogo de encerramento da 29.ª jornada da I Liga portuguesa de futebol. A partida marcou também a estreia do jovem extremo Joelson …

Austrália pondera dar refúgio a quem abandone Hong Kong

O primeiro-ministro australiano disse esta quinta-feira que o Governo está a ponderar dar refúgio aos residentes de Hong Kong que desejem abandonar a ex-colónia britânica devido à nova lei de segurança nacional imposta por Pequim. Scott …

Vieira ainda sonha com Jesus (e a Libertadores pode ajudar no regresso)

O presidente do Benfica, Luís Filipe Vieira, não desistiu de voltar a colocar Jorge Jesus no comando técnico da equipa da Luz e, caso a Taça dos Libertadores não seja realizada, o regresso do treinador …

Marta Temido garante que não há descontrolo em Lisboa (mas assume falhas)

Em entrevista à RTP, a ministra da Saúde garantiu que não há "descontrolo" na evolução da pandemia na região de Lisboa e Vale do Tejo, mas sublinhou que se trata de uma "situação de sobressalto, …

A genética ajuda a determinar o quão afetuosas são as mulheres (mas não os homens)

A genética desempenha um papel importante no nível de afetividade das mulheres, mas o mesmo não acontece entre os homens, concluiu uma nova investigação científica levada a cabo com gémeos. Na nova investigação, recentemente publicada …