Dinheiro do bar e papelaria dos Colégios GPS era entregue aos administradores

claremontcollegesdigitallibrary / Flickr

As receitas em dinheiro do bar e da papelaria de dois colégios eram entregues aos cinco administradores por funcionários, uma professora e um filho de um dos arguidos.

Todo o dinheiro que entrava em numerário no bar, papelaria e até numa feira do livro era entregue aos cinco administradores do grupo GPS constituídos arguidos, segundo a acusação do Ministério Público a que o Observador teve acesso.

De acordo com as orientações dadas aos serviços administrativos do Colégio São Mamede e do Colégio Miramar dadas pelos administradores, os pagamentos em cheque ou moedas deviam ser “depositados na conta bancária aberta em nome desses colégios”, mas se os alunos pagassem em notas, eram “entregues aos administradores, ou a pessoas da sua confiança”.

Este desvio de numerário terá acontecido entre 2010 e 2014, período em que “António Calvete, Manuel Madama, António Madama, Fernando Catarino e Agostinho Ribeiro decidiram apoderar-se de verbas provenientes de outras receitas dos colégios, designadamente de papelaria e bar” e também de uma feira do livro, cujas receitas atingiram os 1.068,39 euros.

Segundo o jornal, um total de 426.987,99 euros foi entregue aos arguidos, e desse total, quase meio milhão de euros foi recolhido por um funcionário no Colégio São Mamede, que aparece referenciado na acusação do MP como “Dr Manuel”.

Além disso, na lista de pessoas que recolheram o dinheiro para entregar aos administradores consta uma professora – que fez uma recolha no valor de 4.145 mil euros  – e Nuno Madama, filho do arguido António Madama, que recolheu 76.064,30 mil euros.

Este alegado desvio de dinheiro poderá justificar a apreensão de 29 mil euros “em numerário” a Manuel Madama – além de 60 veículos – e de 25 mil euros em dinheiro a António Madama, além de sete carros.

No passado dia 23 de março, o MP acusou por corrupção, peculato, falsificação de documento, burla qualificada e abuso de confiança dois ex-decisores públicos e cinco administradores do grupo GPS – três deles, inclusive, continuam em funções.

Foram usados mais de 34 milhões de euros dos mais de 300 milhões pagos ao grupo no âmbito dos contratos de associação com o Estado, principalmente através de seis empresas-fantasma controladas pelos administradores. Esse dinheiro serviu para pagar viagens, cruzeiros, carros, jantares, vinhos e seguros pessoais.

ZAP //

PARTILHAR

5 COMENTÁRIOS

RESPONDER

Rainha Isabel II está a procura de um gestor de redes sociais

A família real britânica está à procura de um gestor de redes sociais. O salário vai oscilar entre os 53 e 59 mil euros anuais por 37 horas semanais, de segunda a sexta-feira. A rainha Isabel II …

Cinco antepassados de crocodilos viveram há 150 milhões de anos na Lourinhã

Pelo menos cinco crocodilomorfos, antepassados dos crocodilos, viveram na região da Lourinhã há 150 milhões de anos, durante o período do Jurássico. Num artigo publicado na Zoological Journal of the Linnean Society, os paleontólogos Alexandre Guillaume, …

A radiação de Chernobyl está a deixar as vespas esfomeadas (e isso é má notícia)

A Zona de Exclusão de Chernobyl é a área em torno da cidade ucraniana de Pripyat, onde a Central Nuclear de Chernobyl entrou em colapso em 1986. Apesar de não haver humanos na região, e …

Beethoven deixou a 10.ª sinfonia inacabada (e a IA vai completá-la)

Um dos maiores dilemas da história da música é a obra inacabada de Ludwig van Beethoven (1770-1827), a "10ª sinfonia", com muitos músicos a esforçar-se para finalizá-la, utilizando alguns dos fragmentos disponíveis, mas sem sucesso. Desta …

Orcas bebé têm maior probabilidade de sobreviver se viverem com a avó

Crias de orca que vivam com a avó têm uma maior probabilidade de sobreviver quando comparadas às outras orcas. A experiência destas espécimes mais velhas é essencial para o grupo. Tal como nos humanos, as avós …

A "capital mundial das pessoas feias" mora na Itália

Piobbico, na Itália, é uma cidade medieval repleta de grandes edifícios de pedra cercados por florestas exuberantes. No entanto, a cidade é conhecida pela feiura dos seus habitantes. Esta cidade, com cerca de 2.000 habitantes, alberga …

Jovem norte-americano despistou-se e caiu ao rio. Siri chamou os bombeiros

Um jovem norte-americano estava a caminho da universidade quando perdeu o controlo do carro, que derrapou sobre gelo, e foi parar ao rio Winnebago. Como não conseguiu encontrar o seu telemóvel, recorreu à Siri para …

Basta uma máscara impressa para enganar os sistemas de reconhecimento facial

Especialistas da empresa de inteligência artificial Kneron testaram sistemas em três continentes e vários falharam. O reconhecimento facial é, cada vez mais, um método de controlo e de segurança encarado como credível e, inclusivamente, usado …

Pandit olha para as vacas como família e quer produzir "leite ético" para vegans

Um agricultor nos Estados Unidos quer produzir "leite ético" para vegans, mantendo como prioridade o bem-estar e a saúde das vacas. Ultimamente, o consumo de leite tem sido posto cada vez mais em causa. Não só …

Jogadores do Arsenal doam um dia de salário para ações solidárias

Os futebolistas e a equipa técnica do Arsenal vão doar um dia de salário para ações solidárias de Natal. Os elementos técnicos também entraram na iniciativa, que prevê, ainda, a doação da receita do próximo …