Guardas e familiares das vítimas pediram clemência. Mas Nicholas Sutton foi executado

(dr) Tennessee Department of Correction

Nicholas Sutton

O norte-americano foi executado, esta quinta-feira, no Tennessee, devido ao assassinato de quatro pessoas, apesar de alguns pedidos de clemência por parte de guardas prisionais e familiares das vítimas.

De acordo com a CNN, Nicholas Sutton, de 58 anos, foi executado na cadeira elétrica, numa prisão do Tennessee, nos Estados Unidos. O norte-americano foi condenado, em 1981, por ter assassinado três pessoas: a sua avó, Dorothy Sutton, e outros dois homens.

Já na prisão, o preso matou um outro recluso, alegadamente por este o ter ameaçado de morte, tendo ficado no corredor da morte desde 1985.

Em janeiro, o seu advogado alegou, no entanto, que, por três vezes, Sutton salvou a vida de alguns guardas prisionais e, por isso, pedia a suspensão da execução. Alguns desses funcionários também pediram clemência.

“Um grupo de cinco presos, armados com facas e outras armas, cercou-me e tentou fazer-me refém durante um motim na prisão em 1985. Nick e outro preso confrontaram-nos, afastaram-me da situação e levaram-me em segurança para outro edifício. Devo-lhe a minha vida”, disse Tony Eden, um dos funcionários, que agora já se encontra aposentado.

Segundo o canal televisivo, até familiares das vítimas de Sutton pediram para que a sua vida fosse poupada. É o caso de Charles Maynard, sobrinho de um dos homens que foi assassinado.

Lowell Sutton, que conhecia Sutton quando era criança e era sobrinho de Dorothy Sutton, também pediu o seu perdão, alegando que Nicholas foi “vítima das circunstâncias”, uma vez que cresceu numa casa problemática e com um pai instável.

“A sua execução é contestada por alguns familiares das vítimas, muitos dos jurados que o sentenciaram à morte reconhecem as suas mudanças, e um número alto de profissionais de correção apresentaram-se em seu nome”, disse o seu advogado.

Apesar dos vários pedidos, o Governador do Tennessee, Bill Lee, rejeitou a clemência, assim como o Supremo Tribunal dos Estados Unidos. Nas suas declarações finais, Sutton agradeceu à sua mulher e a Deus. “Espero fazer um melhor trabalho na próxima vida do que fiz nesta”, disse ainda.

O Tennessee suspendeu as execuções, em 2009, por causa de uma controvérsia com as injeções letais, mas restabeleceu-as em 2018. Sutton foi a sétima pessoa executada desde então.

ZAP //

PARTILHAR

4 COMENTÁRIOS

    • Claro!!
      Mais um “cowboy” fanático religioso que, enquanto nega clemência a um condenado à morte (em 1985!), vai à missa ao Domingo, é contra a eutanásia e é activista “Pro-vida”!
      Merica!…

RESPONDER

Turquia retém avião com ventiladores para Espanha

A ministra das Relações Exteriores de Espanha, Arancha González Laya, disse esta sexta-feira que as autoridades da Turquia retêm em Ancara um avião oriundo da China com ventiladores, para combater a pandemia de covid-19. A ministra …

Arqueólogos revelam condições horríveis de campo de concentração nazi no Reino Unido

Uma equipa de arqueólogos revelou as condições horríveis de um campo de concentração nazi em Alderney, a ilha britânica mais setentrional do Canal da Mancha, onde estavam prisioneiros políticos e trabalhadores forçados durante a Segunda …

Governo quer reabrir ensino secundário a 4 de maio. Telescola deve arrancar depois da Páscoa

O Governo está a preparar a reabertura das escolas apenas para o ensino secundário para 4 de maio. Ainda falta ouvir a Direção-geral da Saúde, os especialistas, o Conselho Nacional de Educação e o Conselho …

“Não há razão para alarme”. Governo quer perdoar penas até dois anos e antecipar liberdade condicional

A proposta de lei do Governo que estabelece um regime excecional para as prisões, no âmbito da pandemia covid-19, já deu entrada na Assembleia da República, podendo ser consultada na página oficial do Parlamento. No diploma, …

O nosso cérebro evoluiu para acumular mantimentos (e julgar os outros por fazer o mesmo)

O nosso cérebro evoluiu de uma forma que, em situações de stress, acumulamos mantimentos e julgamos os outros por fazer exatamente o mesmo. Os media estão repletos de histórias – e a condenação – de pessoas que …

Autarca de Vieira do Minho denuncia: testes estão a ser desviados para Lisboa

O Agrupamento de Centros de Saúde (ACES) Gerês/Cabreira, Vieira do Minho, detetou 77 infetados pelo novo coronavírus, com os autarcas da área a reclamarem contra a demora na distribuição de testes, disse esta sexta-feira à …

Trump recomenda uso de máscaras (mas recusa-se a usá-las)

Esta sexta-feira, os Estados Unidos tiveram, pelo quarto dia consecutivo, o maior número de mortes em 24 horas, num total de 1.094, e contam com quase 30 mil novos casos. No seu briefing diário, de acordo …

A Antártida já foi uma floresta tropical

A Antártida pode ter sido o lar de ecossistemas quentes e pantanosos cercados por fetos e árvores coníferas há 90 milhões de anos, altura marcada pelo auge dos dinossauros. Uma análise do solo antigo extraído da …

Algumas estrelas têm "veneno" dentro de si (e é por isso que explodem)

Algumas estrelas têm um "veneno" dentro de si: o elemento néon no núcleo das estrelas pode desencadear uma reação química que leva a uma morte definitiva e explosiva. Estrelas menos massivas, como o nosso Sol, expandem-se …

Criada tecnologia que traduz pensamentos diretamente em texto

Uma equipa de investigadores diz ter criado um sistema capaz de traduzir sinais cerebrais diretamente em texto escrito. Este é um passo promissor para que no futuro seja possível escrever num computador apenas com o …