“Clara reprovação.” Rui Rio critica Governo por dar mais dinheiro ao Novo Banco

Rodrigo Antunes / Lusa

Rui Rio criticou a nova entrega de “dinheiro dos contribuintes” ao Novo Banco sem “uma auditoria específica para o efeito” e defendeu que “os portugueses não podem continuar a pagar a falência do BES”.

Esta sexta-feira, o líder do PSD criticou o Governo por ter feito uma nova entrega de “dinheiro dos contribuintes” ao Novo Banco sem “uma auditoria específica para o efeito”, apontando uma “clara reprovação” por parte dos sociais-democratas.

Numa posição escrita enviada à Lusa sobre a notícia, divulgada na quinta-feira pelo Expresso, de que o Novo Banco recebeu esta semana mais um empréstimo público no valor de 850 milhões de euros, Rui Rio defendeu que “os portugueses não podem continuar a pagar a falência do BES indefinidamente sem que haja, pelo menos, um rigoroso escrutínio às razões que o determinam”.

“A entrega de mais uma pesada ‘tranche’ de dinheiro dos contribuintes ao Novo Banco, sem que, mais uma vez, o Governo tenha aferido da necessidade de o fazer através de uma auditoria específica para o efeito, é uma atitude que tem de merecer a nossa clara reprovação”, escreveu o líder social-democrata.

Rio recorda que “a forma como o Governo entendeu vender o Novo Banco pressupõe a cobertura de determinadas imparidades com dinheiro público” até um montante total de 3,9 mil milhões de euros.

“Por essa razão, o Novo Banco tem vindo a receber avultadas verbas do Estado sem que tenha havido, da parte deste, o cuidado de aferir com rigor se o dinheiro é ou não devido, em face das razões invocadas pelo banco para a ele ter direito”, criticou.

A notícia do semanário surgiu depois de António Costa ter garantido, nessa tarde, no debate quinzenal, que não haveria mais ajudas de Estado até que os resultados da auditoria ao banco fossem conhecidos.

Esta sexta-feira, o primeiro-ministro explicou que não foi informado pelo Ministério das Finanças do pagamento de 850 milhões de euros ao Novo Banco, tendo já pedido desculpa ao Bloco de Esquerda pela informação errada transmitida durante o debate quinzenal.

Os 850 milhões de euros foram transferidos para o Fundo de Resolução sob a forma de um empréstimo, que injetou 1.037 milhões de euro no Novo Banco. O dinheiro destina-se a compor as contas do Novo Banco de 2019.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

"Inverno escuro", negócios de família e o apelo aos "swing states". Assim foi o último debate presidencial

Os candidatos à presidência dos Estados Unidos encontraram-se pela última vez antes das eleições, em Nashville, Tennessee, mas desta vez num tom onde não prevaleceram os gritos e os insultos. Contudo, os ataques foram duros …

Casos diários podem duplicar até ao Natal devido ao efeito "cascata"

O epidemiologista Manuel Carmo Gomes prevê que o número de infeções diárias em Portugal duplique em dois meses. O problema é o efeito "cascata" que escapou à atenção da saúde pública. A situação epidemiológica em Portugal …

Baixar o IRC "não é a melhor forma de apoiar as empresas"

Pedro Siza Vieira, ministro da Economia e Transição Digital, defendeu esta quinta-feira que a inclusão de medidas para a redução do IRC na proposta do OE2021 não traria vantagem para os negócios mais penalizados pela …

Piqué acusado de traição. Renovou contrato no dia em que criticou o presidente pela redução salarial

Piqué renovou contrato com o FC Barcelona no mesmo dia em que assinou uma carta em que os jogadores criticam o presidente do clube pela redução salarial que quer impor. A tensão entre a direção do …

Jogo das negociações ganha mais um capítulo. BE pediu ao Governo mais detalhes sobre as propostas

O Bloco de Esquerda ouviu as propostas do Governo, mas querem ir mais além com um compromisso concreto, de modo a conhecer a "dimensão real" da aplicação das medidas. O Bloco de Esquerda ouviu o Governo, …

Jornal espanhol ABC pede desculpas a jogador do Barcelona. Ansu Fati comparado com um "vendedor de rua negro"

O Barcelona entrou na fase de grupos da Champions com uma goleada por 5-1 frente ao Ferencvaros, numa partida em que o jornal ABC terá tecido comentários racistas. A publicação espanhola pediu, entretanto, desculpas a …

Referendo à eutanásia é votado esta sexta-feira, mas está condenado ao fracasso

O referendo à eutanásia será votado esta sexta-feira no Parlamento. Só o CDS-PP e a Iniciativa Liberal foram a favor da iniciativa popular.  Esta quinta-feira realizou-se, na Assembleia da República, o debate da resolução para um …

Misterioso morador voltou a habitar uma vila fantasma na Escócia (enterrada em areia)

Uma equipa de arqueólogos descobriu novos detalhes sobre uma pequena vila na Escócia, que foi abandonada depois de ter sido "enterrada" na areia, há mais de 300 anos. As mudanças climáticas durante a Pequena Idade do …

Ana Gomes sobe, Marcelo cai (mas pode ser reeleito à primeira volta)

Uma sondagem da Intercampus para o Jornal de Negócios e Correio da Manhã revela que a candidata presidencial Ana Gomes sobe nas intenções de voto. Marcelo Rebelo de Sousa está em queda, mas ainda pode …

“Não faz sentido” (e “não vale a pena”) fechar fronteiras na UE

Na segunda fase da pandemia “não faz sentido” e “não vale a pena” voltar a fechar fronteiras na União Europeia (UE), mas antes apostar na coordenação e na cooperação, defendeu a secretária de Estado dos …