Um em cada cinco britânicos finge estar doente para ficar a ver séries

Um em cada cinco telespectadores britânicos finge estar doente e telefona a dizer que não pode ir trabalhar para ficar em casa a ver séries de televisão.

Segundo uma sondagem da Radio Times, revelada pelo jornal britânico The Guardian, metade dos inquiridos admite assistir a mais de oito horas de uma série de uma só vez. É de facto um vício e há quem ache que é mesmo uma doença.

Ligar para o trabalho a dizer-se doente é, de acordo com o jornal, geralmente associado a ressacas, a feriados ou a doenças verdadeiras. Mas agora os programas de televisão parecem concorrer para uma fatia considerável de pessoas dizer-se doente.

A uma pesquisa da Radio Times, feita junto de 5 500 pessoas, 18% das pessoas responderam que ficaram “doentes” em casa especificamente para ver séries de TV.

Este fenómeno de “binge-watching”, como descrevem os anglo-saxões, que se pode traduzir por compulsão para ver, surgiu em 2013, quando a Netflix permitiu que os telespectadores assistissem à primeira temporada inteira de House of Cards de uma só vez.

Desde então os padrões de visualização da televisão alteraram-se profundamente, deixando de ser necessário esperar por um determinado horário de um certo dia da semana para acompanhar a série de TV favorita.

“A ascensão dos gigantes de streaming nos Estados Unidos e a tradicional adoção de serviços de streaming e catch-up pelos radiodifusores britânicos mudaram fundamentalmente o modo como consumimos televisão”, apontou Tim Glanfield, diretor editorial da Radio Times.

“Para muitos, a ideia de esperar uma semana para um novo episódio ou um ano para uma nova série é a exceção e não a regra em 2019. Ser capaz de descobrir e depois devorar horas de um programa de uma vez é a nova norma”, constatou.

Com a vontade de ver o que se segue, também há quem perca horas de sono: 80% dos que responderam ao inquérito da Radio Times confirmaram ter retardado a hora de sono para continuar a ver uma séria. Investigadores apontaram ainda que espetadores compulsivos são mais propensos a experimentar ansiedade, stress elevado e depressão.

ZAP //

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

  1. Não pode ser!…
    Toda a gente sabe que o britânicos são indivíduos exemplares, como ainda se viu este dias perto de alguns estádios portugueses…

Responder a Eu! Cancelar resposta

Inscrição hebraica com 2.800 anos revela antigo nome bíblico

Uma equipa de arqueólogos encontrou um jarro com 2.8000 anos com a inscrição em hebraico "Benayo" no sítio arqueológico de Abel Beth Maacah, no norte de Israel, local várias vezes mencionado na Bíblia Hebraica.  De …

Braga vence FC Porto e conquista Taça da Liga. Sérgio coloca lugar à disposição

O Sporting de Braga venceu hoje o FC Porto por 1-0 e conquistou a Taça da Liga, com Ricardo Horta a marcar o golo decisivo aos 90+5, garantindo um troféu que os bracarenses já tinham …

Rara moeda de ouro com a cara de Eduardo VIII vendida por preço recorde

Uma rara moeda de ouro com o perfil do rei britânico Edward VIII foi vendida a um comprador particular pelo valor recorde de 1,3 milhões de dólares. A informação é avançada pela Royal British Mint, a …

Depois dos incêndios, Austrália está prestes a experimentar uma "bonança" de aranhas mortais

Depois dos incêndios florestais que assolaram o país, os australianos começaram a implorar por chuva. O bónus de aranhas mortais não estava incluído no pedido, mas os especialistas do Australian Reptile Park acreditam que é …

Governo admite retirar cidadãos nacionais de Wuhan

As autoridades portuguesas estão a cooperar com outros países europeus para reforçar o apoio aos cidadãos nacionais que se encontram em Wuhan, onde ocorreram os primeiros casos do novo coronavírus, admitindo a possibilidade de retirá-los …

Os cogumelos podem ser muito mais antigos do que pensávamos

Os cogumelos podem ser mais antigos do que pensávamos, concluíram cientistas que dataram vestígios de micélio (constituinte dos cogumelos) com 800 milhões de anos, divulgou esta quarta-feira a Universidade Livre de Bruxelas, na Bélgica. Estudos anteriores …

Comer iogurte natural pode ajudar a reduzir o risco de cancro da mama

Uma das causas mais apontadas para o cancro da mama é a inflamação causada por bactérias nocivas. Esta tese ainda não foi provada, mas é apoiada pelas evidências até agora disponíveis de que a inflamação …

Primeiro caso suspeito de infeção por coronavírus detetado em Portugal

Foi detetado o primeiro caso suspeito de infeção infeção pelo novo coronavírus , em Portugal, anunciou este sábado a Direção-Geral de Saúde. “Este doente, regressado hoje [este sábado] da China, onde esteve na cidade de Wuhan …

Slava Semeniuta transforma chuva em atmosfera néon

O artista e fotógrafo russo Slava Semeniuta, também conhecido como Visual Scientist, mistura elementos naturais e faz mágica com eles. Slava Semeniuta, também conhecido como Visual Scientist, retoca fotografias de poças de água para criar composições …

Empresa quer vender dispositivos que extraiem água potável do ar

A empresa israelita Watergen está a planear começar a vender uma versão para o consumidor do seu aparelho que extrai água potável do ar ainda este ano. A tecnologia do gerador atmosférico da empresa está em …