Um em cada cinco britânicos finge estar doente para ficar a ver séries

Um em cada cinco telespectadores britânicos finge estar doente e telefona a dizer que não pode ir trabalhar para ficar em casa a ver séries de televisão.

Segundo uma sondagem da Radio Times, revelada pelo jornal britânico The Guardian, metade dos inquiridos admite assistir a mais de oito horas de uma série de uma só vez. É de facto um vício e há quem ache que é mesmo uma doença.

Ligar para o trabalho a dizer-se doente é, de acordo com o jornal, geralmente associado a ressacas, a feriados ou a doenças verdadeiras. Mas agora os programas de televisão parecem concorrer para uma fatia considerável de pessoas dizer-se doente.

A uma pesquisa da Radio Times, feita junto de 5 500 pessoas, 18% das pessoas responderam que ficaram “doentes” em casa especificamente para ver séries de TV.

Este fenómeno de “binge-watching”, como descrevem os anglo-saxões, que se pode traduzir por compulsão para ver, surgiu em 2013, quando a Netflix permitiu que os telespectadores assistissem à primeira temporada inteira de House of Cards de uma só vez.

Desde então os padrões de visualização da televisão alteraram-se profundamente, deixando de ser necessário esperar por um determinado horário de um certo dia da semana para acompanhar a série de TV favorita.

“A ascensão dos gigantes de streaming nos Estados Unidos e a tradicional adoção de serviços de streaming e catch-up pelos radiodifusores britânicos mudaram fundamentalmente o modo como consumimos televisão”, apontou Tim Glanfield, diretor editorial da Radio Times.

“Para muitos, a ideia de esperar uma semana para um novo episódio ou um ano para uma nova série é a exceção e não a regra em 2019. Ser capaz de descobrir e depois devorar horas de um programa de uma vez é a nova norma”, constatou.

Com a vontade de ver o que se segue, também há quem perca horas de sono: 80% dos que responderam ao inquérito da Radio Times confirmaram ter retardado a hora de sono para continuar a ver uma séria. Investigadores apontaram ainda que espetadores compulsivos são mais propensos a experimentar ansiedade, stress elevado e depressão.

ZAP //

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

  1. Não pode ser!…
    Toda a gente sabe que o britânicos são indivíduos exemplares, como ainda se viu este dias perto de alguns estádios portugueses…

RESPONDER

Os animais começaram a fazer sons para poderem conversar no escuro

O reino animal está cheio de diferentes vocalizações. A produção sonora apareceu há entre 100 milhões e 200 milhões de anos e a sua origem está fortemente ligada à vida no escuro. Os vertebrados são animais …

O novo líder do CDS reclama uma nova direita (e quer um partido "sexy")

Francisco Rodrigues dos Santos sagrou-se este domingo o 10º presidente do CDS, reclamando no seu discurso de vitória a herança de todos os seus antecessores, desde o fundador, Freitas do Amaral, a Assunção Cristas. O tom …

Paços 0 - 2 Benfica | “Águia” não vacila e passa pressão

O Benfica foi a Paços de Ferreira vencer por 2-0, colocando pressão sobre o FC Porto, segundo classificado, que na próxima terça-feira recebe o Gil Vicente. A formação “encarnada” foi superior na maioria dos principais momentos …

Governo reabre processo para corrigir mapa das freguesias

O Governo reabriu o processo para a correção ao mapa de freguesias, num compromisso com as associações de municípios e de freguesias, anunciou o secretário de Estado da Descentralização e Administração Local, Jorge Botelho. “Iremos retomar …

Google cria modelo de cérebro mais detalhado (e com maior resolução) de sempre

A recriação 3D do cérebro de uma mosca da fruta - que mostra 20 milhões de sinapses e 25 mil neurónios - é a que tem a maior resolução até ao momento. Uma equipa de …

Morreu Kobe Bryant, uma das maiores estrelas de sempre da NBA

Kobe Bryant, um dos maiores basquetebolistas de sempre, morreu na manhã deste domingo em Calabasas, Califórnia, num desastre de helicóptero. De acordo com a TMZ, Bryant viajava com, pelo menos, três outras pessoas num helicóptero privado, …

Há seis queixas de violência policial por semana

Em Portugal, são apresentadas em média seis queixas semanais por violência policial, escreve o semanário Expresso na sua edição deste fim-de-semana, citando os dados mais recentes da Procuradoria-Geral da República. De acordo com os números, relativos …

CRISPR tornou galinhas resistentes a um vírus comum

A técnica de edição genética CRISPR tem sido usada para tornar as galinhas resistentes a um vírus comum, uma abordagem que poderia aumentar a produção de ovos e de carne em todo o mundo. Mesmo quando …

A Cybertruck de Musk poderá ser "incrivelmente barata" de produzir

A Cybertruck de Elon Musk, CEO da Tesla e da Space X, pode ser "incrivelmente barata" de produzir graças à sua inovadora tecnologia de carroçaria, afirmou um especialista em entrevista à Autoline Network. O engenheiro Sandy …

Novo estudo associa o burnout a uma consequência fatal

Uma nova investigação associa o burnout a um aumento de até 20% no risco de desenvolver fibrilhação auricular, a arritmia crónica mais frequente. O burnout é uma perturbação psicológica causada pelo stress excessivo devido a uma …