Apenas cinco dos 2000 reclusos libertados voltaram a cometer crimes. Três regressaram voluntariamente

Apenas cinco dos 1.929 reclusos libertados para travar a propagação da pandemia de covid-19 nas prisões portuguesas voltaram a cometr crimes.

De acordo com os dados da Direção-Geral da Reinserção e dos Serviços Prisionais, avançados pelo jornal Público, nenhum dos cinco reclusos reincidentes cometeu crimes contra a vida: os delitos registados foram furtos e roubos.

Outros 34 ex-reclusos voltaram a ser detidos por violarem as regras de saída precária, sistema que obriga os ex-reclusos a permanecerem em casa durante grande parte do tempo, regime semelhante ao uso de pulseira eletrónica.

Registaram-se ainda três casos de regresso voluntário ao sistema prisional português.

Além das 1.224 com penas encurtadas por decisão do Governo, a maioria com penas de curta duração – até dois anos -, juntaram-se, no início da pandemia, 14 indultos concedidos pelo Presidente da República, devido a questões de idade e saúde. A outros 691 foi dada uma licença precária prorrogável de 45 dias.

Além dos cinco casos que voltaram à prisão por reincidência criminal, pode haver um sexto: um homem apanhado a sair de um automóvel que não era seu, na freguesia de São Domingos de Benfica, em Lisboa. “Tinha na sua posse todos os documentos da viatura, um comando de garagem e outros objetos de uso pessoal da proprietária da viatura”, referiu a PSP, em comunicado. O homem foi detido.

Aprovado a 11 de abril pelo Governo, o regime excecional de libertação de presos, no âmbito da pandemia de covid-19, permite a concessão de um perdão parcial de penas até dois anos, define um regime especial de indulto, autoriza saídas administrativas extraordinárias de reclusos e prevê a antecipação excecional da liberdade condicional.

Até à semana passada, os serviços prisionais já tinham realizado cerca de 1.500 testes de despistagem à covid-19 e 18 pessoas acusaram positivo ao novo coronavírus, entre os quais quatro reclusos.

ZAP //

PARTILHAR

2 COMENTÁRIOS

  1. Nunca deviam ser sido libertados – é um mau sinal que se dá aos criminosos!
    A palavra “Apenas” era escusada no título – até porque ainda só passou pouco mais de 1 mês…

    • O problema não são os criminosos que foram libertados. O problema são aqueles que nunca foram nem irão dentro. Esse é que é o problema.

RESPONDER

Ex-adjunta da ministra da Justiça vai investigar corrupção no Governo

A magistrada Carolina Costa, que foi adjunta da ministra da Justiça, Francisca Van Dunem, foi escolhida para integrar o Departamento Central de Investigação e Acção Penal (DCIAP). Ora, este órgão, está a investigar vários elementos …

Coro de críticas ao "fecho" da Área Metropolitana de Lisboa aumenta. Governo insiste que medida é constitucional

O Governo insiste que o "fecho" da Área Metropolitana de Lisboa (AML) é uma medida prevista na situação de calamidade, mas o coro de críticas aumenta. Na conferência de imprensa desta quinta-feira, a ministra Mariana Vieira …

Como foi possível? "Inquérito urgente" à transferência de 788 mil euros para desempregado

Ainda não se sabe como é que foi possível que a Segurança Social tenha transferido 788 mil euros para um desempregado. O caso já levou à abertura de um "inquérito urgente" e o Governo quer …

MP investiga protesto com alegadas saudações nazi

Uma fonte oficial da Procuradoria-Geral da República revelou esta sexta-feira que foi instaurado um inquérito, dirigido pelo Departamento de Investigação e Ação Penal de Lisboa, às alegadas saudações nazi na manifestação que ocorreu na Praça …

Eriksen tem alta hospitalar

Seis dias depois de sofrer uma paragem cardíaca, Christian Eriksen teve alta hospitalar e visitou o estágio da seleção dinamarquesa antes de regressar a casa. Christian Eriksen teve alta hospitalar esta sexta-feira, confirmou a federação dinamarquesa, …

MP francês pede seis meses de prisão efetiva para Sarkozy

O Ministério Público (MP) pediu na quinta-feira um ano de prisão, com seis meses de pena efetiva, para o ex-Presidente francês Nicolas Sarkozy, julgado em Paris na sequência de uma investigação ao financiamento irregular na …

Portugueses já podem pedir Certificado Digital Covid

Os portugueses já podem pedir o Certificado Digital Covid, o documento que facilita as viagens para o estrangeiro durante as férias. O primeiro-ministro, António Costa, anunciou que os portugueses poderiam pedir o seu certificado digital europeu …

Guterres presta juramento na ONU e estabelece "prioridade mundial absoluta"

O secretário-geral da Organização das Nações Unidas (ONU), António Guterres, prestou juramento e tomou posse para um segundo mandato durante uma sessão plenária da Assembleia Geral das Nações Unidas, em Nova Iorque, Estados Unidos. António Guterres …

Suécia 1-0 Eslováquia | Isak carrega nórdicos às costas

A Suécia deu hoje um passo de ‘gigante’ rumo aos oitavos de final do Euro2020 de futebol, ao vencer a Eslováquia por 1-0, em encontro da segunda jornada do Grupo E, disputado em São Petersburgo. Depois …

Ex-CEO da Groundforce admite hipótese de comprar a empresa

O ex-CEO da Groundforce, afastado do cargo em abril por "violação grave dos deveres de lealdade", não exclui a hipótese de vir a comprar a empresa de handling. Em declarações ao jornal online ECO, Paulo Neto …