Cientistas condenam teorias da conspiração sobre a origem do surto do coronavírus

Um grupo de 27 cientistas da área de saúde pública condenou, através de um comunicado, o fluxo de histórias e um artigo científico que sigerem que um laboratório em Wuhan, na China, pode ser a origem do surto de COVID-19.

“A partilha rápida, aberta e transparente de dados sobre o surto está agora a ser ameaçada por rumores e informações erradas sobre as suas origens”, escreveram os cientistas de nove países, num comunicado publicado na Lancet e citado pela Science.

O comunicado não aponta afirmações específicas sobre a origem do surto, mas várias publicações nas redes sociais colocam em acusa o Instituto de Virologia de Wuhan, por este possuir um laboratório com o mais alto nível de segurança. No local, os investigadores estudam vírus transmitidos por morcegos, incluindo o mais próximo ao SARS-CoV-2, que causa o COVID-19.

Essas especulações incluem a possibilidade de o vírus ter sido criado no laboratório ou de um dos seus funcionários ter sido infetado enquanto manipulava um morcego, tendo depois transmitido a doença fora daquele local. Os pesquisadores do instituto insistem que não há ligação entre o surto e o laboratório.

“Estamos juntos para condenar fortemente as teorias da conspiração, que sugerem que o COVID-19 não tem uma origem natural”, lê-se no comunicado, onde os cientistas classificam o trabalho dos profissionais de saúde chineses como “notável” e incentivam outros investigadores a assinar uma declaração onde podem afirmar o mesmo.

No início de fevereiro, o senador norte-americano Tom Cotton disse à Fox News que o laboratório enonctra-se “a poucos quilómetros de distância” de um mercado de frutos do mar onde foram detetados alguns dos primeiros casos de coronavírus.

“Não temos evidências que mostrem que a doença se tenha originado lá mas, devido à duplicidade e desonestidade da China desde o início, precisamos pelo menos fazer a pergunta para ver o que as evidências mostram”, afirmou, acrescentando que, inicialmente, o governo chinês recusou a oferta do governo dos Estados Unidos (EUA) de enviar cientistas para ajudar a esclarecer as dúvidas sobre o surto.

Os autores do comunicado publicado na Lancet indicaram ainda que cientistas de vários países que já estudaram o SARS-CoV-2 “concluíram, esmagadoramente, que o coronavírus teve origem na vida selvagem”, assim como muitos outros vírus que foram transmitidos nos últimos anos à pessoas.

“As teorias da conspiração não fazem nada além de criar medo, rumores e preconceitos que comprometem a nossa colaboração global na luta contra o vírus”, frisaram.

Peter Daszak, presidente da EcoHealth Alliance e um dos signatários do documento, colaborou com os cientistas do instituto de Wuhan que estudam os coronavírus provenientes de morcegos. “Estamos no meio da era da desinformação das redes sociais, e esses rumores e teorias da conspiração têm consequências reais, incluindo ameaças de violência que ocorreram a nossos colegas na China”, contou ao ScienceInsider.

“Podemos escolher entre apoiar os colegas que estão a ser atacados e ameaçados por teóricos da conspiração ou fechar os olhos. Estou orgulhoso de constatar que pessoas de nove países podem vir em sua defesa e mostrar solidariedade com pessoas que, afinal, estão a lidar com as condições horríveis decorrentes de um surto”, concluiu.

ZAP //

PARTILHAR

2 COMENTÁRIOS

  1. Não vejo qualquer nexo em afirmações do tipo. Até porque, um problema sério na China interessa mais aos EUA do que aos chineses. Alem do que, espertamente, o senador já procura apontar para a china antes de qualquer indício crível para afirmar qualquer coisa neste momento. Sei não. A democracia americana é muito boa para os americanos, tratando os demais do mundo como resto e, assim, qualquer competição com eles os torna mortais. Pelo menos é isso que diz a história recente deles e o atual governo.

RESPONDER

Consumo excessivo de álcool afeta o sistema nervoso (e aumenta a ansiedade)

Investigadores do Instituto de Investigação e Inovação em Saúde concluíram que o consumo repetitivo de álcool afeta diretamente células imunes do sistema nervoso central, que eliminam parte da comunicação entre os neurónios, e provoca o …

Afinal, os tubarões-baleia macho não são os maiores peixes dos oceanos

Um novo estudo revela que, afinal, os tubarões-baleia machos não são os maiores peixes do oceano. As fêmeas crescem continuamente muito depois de os machos pararem, atingindo tamanhos maiores - ainda que demorem mais tempo …

Exército norte-americano usou fundos de emergência covid-19 para comprar armas

O exército dos Estados Unidos utilizou fundos de emergência aprovados pelo Congresso especificamente para combater a covid-19 para comprar armas, denuncia esta semana o jornal norte-americano The Washington Post. O caso remonta a março passado, …

Carpinteiros usam técnica medieval na reconstrução de Notre Dame

A reconstrução de Notre Dame - que se prevê estar concluída no prazo de cinco anos - continua a avançar e os carpinteiros usaram técnicas medievais para erguer uma estrutura na fachada do monumento. A Catedral …

Durante um ano e meio, uma aldeia inteira perdeu a Internet todos os dias à mesma hora (e já se sabe porquê)

Durante 18 meses, os residentes de uma vila no País de Gales perderam a Internet todos os dias à mesma hora. Agora, engenheiros identificaram o motivo: uma televisão em segunda mão que emitia um sinal …

Gado na UE produz 704 milhões de toneladas de CO2 (mais do que todos os transportes juntos)

De acordo com uma nova análise da Greenpeace, animais de criação como vacas, porcos e outros, estão a emitir mais gases com efeito de estufa na Europa do que todos os transportes juntos. Na última década, …

É distraído e está sempre a perder a carteira? A Cashew Smart Wallet é para si

Uma simples carteira pode vir a melhorar os seus dias. A Cashew Smart Wallet é dotada de uma tecnologia de bluetooth que permite proteger os seus bens e ainda o ajuda caso a perca por …

Desportivo das Aves SAD desiste do Campeonato de Portugal

O Desportivo das Aves SAD vai abdicar da participação no Campeonato de Portugal (CdP), após ter falhado as negociações com o Perafita para utilizar as instalações do clube de Matosinhos. "As inscrições fechavam ontem [terça-feira] e …

Celebridades doam dinheiro para pagar dívidas a ex-presos impedidos de votar nos EUA

O bilionário Michael Bloomberg, o cantor John Legend e o basquetebolista LeBron James são algumas das celebridades que estão a doar dinheiro para pagar dívidas de ex-presidiários da Florida, impedidos de votar nas próximas eleições …

No debate sobre o Plano de Recuperação, evocou-se Sócrates e Passos

O líder do PSD questionou o primeiro-ministro se pretende "fomentar o desemprego" com o aumento do salário mínimo. O chefe do Governo manifestou-se "completamente perplexo". Na abertura do debate sobre o Plano de Recuperação e Resiliência, …