Cientistas “ressuscitaram” o gene que fez nascer a malária

George Poinar, Jr./ Oregon State University

O gene ancestral que fez nascer a doença mais mortal da História foi “ressuscitado” por cientistas, para que lhes fosse possível perceber a série de eventos que levou o parasita da malária a infetar humanos.

A malária mata cerca de 435 mil pessoas todos os anos, sendo a maioria menores de cinco anos. A maior parte dos casos é provocada pelo parasita Plasmodium falciparum uma das espécies de parasitas que podem causar malária. Todas se originaram, de acordo com o Newsweek, em grandes macacos de África.

[P. falciparum] é um dos grandes flagelos do homem”, disse Gavin Wright, do Instituto Wellcome Sanger do Reino Unido. “Foi dito que a malária matou mais pessoas na história da humanidade do que qualquer outra doença”.

Wright é o principal autor de um estudo publicado esta semana na revista especializada PLOS Biology que mostra como P. falciparum conseguiu mudar de hospedeiro dos gorilas para humanos há cerca de 50 mil anos. Nesse ponto, o parasita ganhou a capacidade de infetar os nossos glóbulos vermelhos.

“Até há alguns anos, a origem do P. falciparum era um mistério, mas verificou-se que estava mais intimamente relacionado a um parasita do Plasmodium que infetava exclusivamente gorilas”, disse Wright, em comunicado.

A sequência genética não explicou, contudo, como é que o parasita conseguiu saltar de gorilas para humanos. No entanto, revelou uma região do genoma que parece ter sido transferida e essa região codificou um gene chamado rh5, que sabemos que permite ao parasita infetar glóbulos vermelhos humanos.

“O próximo desafio foi entender como estas alterações moleculares poderiam ter levado o parasita a infetar seres humanos”, disse Wright.

A equipe reconstruiu a sequência ancestral para “ressuscitar” a sequência de ADN rh5 para mostrar a forma como foi transferida para os seres humanos. Os investigadores criaram cópias sintéticas desse gene antigo em laboratório para observar as interações moleculares que aconteceram.

“Pegámos nas sequências de genes existentes e as previsões baseadas em computador – reconstrução da sequência ancestral – para voltar atrás no relógio usando um tipo de ‘arqueologia molecular’ para determinar a provável sequência dos genes envolvidos no momento em que a espécie mudou”, explicou Wright

Os resultados mostraram que o parasita tinha a capacidade de se ligar a gorilas e humanos. “Isso fornece uma explicação molecular de como o salto das espécies poderia ter acontecido”, disse Wright. “Delineamos, portanto, um caminho molecular que explica como o ancestral de P. falciparum foi capaz de saltar de gorilas para humanos”.

A partir disso, os investigadores identificaram uma mutação que significava que P. falciparum perdeu a capacidade de infetar gorilas, confinando-a aos seres humanos.

Wright disse que entender estes eventos moleculares é importante, pois a maioria das doenças infecciosas são “zoonoses” – doenças infecciosas capazes de ser naturalmente transmitidas entre animais e seres humanos. É aqui que um patógeno que infeta outros animais acumula mutações, o que rompe as barreiras das espécies e infeta os seres humanos.

“Ao entender as possíveis vias moleculares envolvidas, embora as hipóteses sejam muito pequenas, podemos realizar uma vigilância sequencial do parasita circulante na natureza para tentar impedir que isto aconteça novamente”.

Em termos de malária, os cientistas têm visto o rh5 como um possível alvo para uma potencial vacina. Se a interação entre o parasita e esse gene puder ser interrompida, pode impedir que seja capaz de infetar os glóbulos vermelhos. “Atualmente, o Rh5 é um emocionante alvo de vacina contra a malária no estágio sanguíneo que está a ser trabalhado ativamente pela comunidade da malária”, disse Wright. “Qualquer informação adicional que possa ajudar no desenvolvimento desta vacina seria importante”.

ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Diretores das escolas vão decidir tamanho das turmas (e algumas poderão ser ainda maiores)

Os diretores escolares vão ter liberdade para criar turmas de diferentes dimensões, podendo haver agrupamentos com turmas pequenas e outras com uma "dimensão ligeiramente superior ao que já acontece". Tiago Brandão Rodrigues explicou, em entrevista à …

Impeachment de Trump. Novas provas, testemunhas e teorias da conspiração

No primeiro dia de audiência do processo de impeachment a Donald Trump, as principais testemunhas foram ouvidas, foram apresentadas novas provas e ficou reforçada a ideia de que Trump usou as relações diplomáticas para atacar …

Iniciativa Liberal pede ao Governo que não avance com prémio de assiduidade na função pública

O deputado único da Iniciativa Liberal, João Cotrim Figueiredo, entregou na quarta-feira na Assembleia da República um projeto de resolução que recomenda ao Governo que não implemente um sistema de incentivos à assiduidade dos funcionários …

Consumo de refrigerantes baixou após introdução de novos impostos

Os novos escalões de impostos para bebidas açucaradas podem ter feito com que os portugueses consumam menos refrigerantes. A receita fiscal obtida pelo Estado com este imposto baixou desde que as novas regras foram implementadas. Além …

"Podem voltar a ver basebol". Ibrahimovic diz adeus aos LA Galaxy

O futebolista sueco Zlatan Ibrahimovic, que atuou nos Los Angeles Galaxy (LA Galaxy) nas últimas duas temporadas, despediu-se esta quarta-feira do clube norte-americano através da sua conta na rede social Twitter, sem desvendar o futuro …

OE2020. Costa quer implementar medidas para as empresas em troca de aumentos de salários

No primeiro debate quinzenal da legislatura, António Costa recusou na quarta-feira falar em "contrapartidas", na reunião da Concertação Social e no Parlamento. Ao invés disso, o primeiro-ministro disse que, a par da "evolução dos salários", …

Nuno Manta Santos é o novo treinador do Desportivo das Aves

O treinador Nuno Manta Santos, que abandonou na segunda-feira o comando técnico do Marítimo, vai orientar o Desportivo das Aves até junho de 2021, oficializou hoje o lanterna-vermelha da I Liga de futebol. "Nuno Manta Santos …

Portagens das autoestradas não aumentam em 2020

  Os preços das portagens vão manter-se inalterados no próximo ano. A rede Brisa, uma das concessionárias de autoestradas em Portugal, justifica com a taxa negativa de inflação homóloga. As taxas de portagem na rede Brisa vão …

José Cid recebeu um Grammy e, na língua de Camões, prometeu continuar a cantar "canções de amor e ternura"

Com um Grammy de Excelência Musical na mão, José Cid prometeu, esta quarta-feira em Las Vegas, continuar a cantar "canções de amor e de ternura". O cantor, compositor e músico português José Cid recebeu um Grammy …

Oito golos, reviravoltas e agressão a Gabigol. Flamengo tropeça com o Vasco

Num embate intenso entre Flamengo e Vasco, a partida terminou com um "resultado amargo" para Jorge Jesus, mas com um espetáculo para os adeptos que foram ao Maracanã em dia de dérbi do Rio de …