Cientistas criaram uma Inteligência Artificial que consegue ler os seus pensamentos

(dr) The Future of Life Institute

Conforme os cientistas da computação tentam fazer as máquinas pensar e aprender como humanos, o meio termo ocupa-se a tentar usar a Inteligência Artificial para ler as nossas mentes.

No mais recente avanço, cientistas da Universidade de Kyoto, no Japão, estudaram redes neurais profundas e descobriram que os computadores têm a capacidade de, pelo menos, visualizar o que os humanos estão a pensar.

Antes de nos ultrapassarmos a nós próprios, vale a pena recordar que a tecnologia é incipiente e aplica-se apenas em condições ideais. Se não gostar da fotografia de perfil de alguém, o seu computador não vai registar isso e divulgá-lo ao mundo. Dito isso, a nova tecnologia tem certamente impressionantes – senão sinistras – aplicações potenciais.

Os investigadores lançaram as suas descobertas – que a Inteligência Artificial pode ser utilizada para descodificar pensamentos – no BoiRxiv.

Este conceito não é sem precedentes. A aprendizagem de máquinas tem sido, com suceso, utilizada em conjunto com imagens de ressonância magnética para produzir representações visuais do que a pessoa está a pensar, embora apenas quando se trata de simples imagens binárias.

Foi mostrado aos participantes no estudo imagens naturais, de vida selvagem, por exemplo, formas geométricas e letras alfabéticas durante variáveis comprimentos de tempo. A atividade do cérebro foi registada, com um computador “descodificando” a informação para produzir visualizações da imagem anteriormente mostrada e como essa imagem se manifesta nos pensamentos do cérebro.

A equipa japonesa usou isso para aperfeiçoar novos métodos mais avançados de “descodificação” de pensamentos usando a Inteligência Artificial. A visualização, por exemplo, agora estende-se a imagens mais “sofisticadas” e hierárquicas – a equipa tweetou um exemplo de uma imagem de uma coruja em primeiro plano, com um humano em grande parte oculto, visualmente mal definido, escondido por trás. Então cultivaram uma técnica para reconstruir a imagem com base na atividade cerebral.

A capacidade de “leitura mental” da IA, afinal, é muito mais matizada do que pensávamos. Os pixels binários já “passaram à história”, com a equipa de Kyoto a provar que a IA pode detectar os objetos.

Um dos cientistas que fez a descoberta, Kamitani, falou com a CNBC sobre a rapidez com que as técnicas estão a mudar: “O nosso método anterior era assumir que uma imagem é constituída por pixels ou formas simples. Mas é sabido que o nosso cérebro processa informações visuais extraindo hierarquicamente diferentes níveis de características ou componentes de diferentes complexidades”.

“Essas redes neurais ou modelo IA podem ser usados ​​como uma proxy para a estrutura hierárquica do cérebro humano”, concluiu.

Além disso, descobriu-se que a tecnologia ainda funcionava mesmo quando os participantes pensavam numa imagem, e não apenas quando estavam a processar ativamente essa imagem.

E quais as aplicações potenciais? A Inteligência Artificial a ler-nos a mente não é propriamente um pensamento reconfortante, mas também não é uma desgraça.

A tecnologia de “leitura mental” poderia permitir que um dia sejam criadas imagens ou arte apenas através da imaginação. Para quem sofre de alucinações, os médicos passariam a conseguir vê-las, ajudando a melhorar os cuidados psiquiátricos.

ZAP // alphr

PARTILHAR

3 COMENTÁRIOS

  1. Depois de mudar a senha da caixa de correio electrónico, agora vou ter de criar uma chave para o cérebro… E não a posso guardar na memória…

RESPONDER

O Bosão de Higgs foi apanhado a fazer algo inesperado

Uma equipa de cientistas do Laboratório Europeu de Física de Partículas (CERN) observou o Bosão de Higgs, a fazer algo inesperado: à medida que caía, esta parecia decompor-se numa combinação inesperada de partículas. De acordo com …

Feitos de estrelas. Os nossos ossos são compostos por estrelas que explodiram

Uma nova investigação concluiu que metade do cálcio do nosso Universo é oriundo de uma supernova rica em cálcio, que explodiu há milhões de anos. O novo estudo, cujos resultados foram esta semana publicados na revista …

"Monarquia criminosa". Parlamento declara Catalunha republicana e não reconhece o rei

O Parlamento catalão aprovou esta sexta-feira uma resolução na qual declara que “a Catalunha é republicana e, portanto, não reconhece nem quer ter um rei”, rotulando a monarquia de “criminosa”. A resolução foi aprovada em sessão …

Novo método deteta metais tóxicos em alimentos e água em apenas algumas horas

Uma equipa de cientistas da Universidade de Joanesburgo, na África do Sul, desenvolveu um método sensível para detetar níveis perigosos de metais pesados em alguns alimentos e água. Os vestígios de metais como chumbo (Pb), arsénico …

Meghan Markle vence primeira batalha judicial contra jornal britânico

A Duquesa de Sussex conseguiu que o Tribunal Superior de Londres optasse por manter anónima a identidade das suas cinco amigas, como parte da ação legal que está a ser levada a cabo. O 39º aniversário …

Cientistas obrigados a rebatizar dezenas de genes humanos. A culpa é do Excel

Só no ano passado, os cientistas viram-se obrigados a mudar os nomes de 27 genes humanos por causa de um erro de leitura do Microsoft Excel. Tal como explica o portal The Verge, que avança …

"Vai continuar a queimar". Covid-19 é mais parecida com um fogo florestal do que com ondas e picos

Com o surgimento do novo coronavírus no mundo, vários especialistas previam que este iria surgir em ondas e picos. Agora a visão de futuro é outra e os especialistas dizem que a pandemia se compara …

Mudanças climáticas podem vir a causar mais mortes do que a covid-19, alerta Bill Gates

  As mudanças climáticas podem custar muito mais vidas nas próximas décadas do que a pandemia do novo coronavírus (covid-19). O alerta é do co-fundador da Microsoft, Bill Gates, que, através de uma reflexão no seu …

Descoberta a primeira disrupção gigante nas nuvens de Vénus

Uma equipa internacional de cientistas, que incluiu um investigador do Instituto de Astrofísica e Ciências do Espaço (IA), descobriu a "primeira disrupção gigante" nas nuvens de Vénus que tem fustigado as zonas profundas da atmosfera …

TVI aposta em estúdio a Norte. Nuno Santos quer Informação mais ao estilo da SIC Notícias do que da CMTV

O diretor-geral da TVI, Nuno Santos, afirmou, em entrevista ao jornal Público, que a estação de Queluz de Baixo vai apostar num estúdio no Norte, revelando ainda que pretende mudar a Informação do canal mais …