Cientistas criam seda de aranha artificial mais resistente e barata

qnchembio-1789-f4

Cientistas criaram um novo método de produção de seda de aranha artificial, inspirada na seda de aranha natural, mas mais resistente e barata, e com usos que vão desde os têxteis a dispositivos médicos avançados.

O trabalho, publicado esta segunda-feira na revista Nature Chemical Biology, foi realizado por uma equipa de investigadores de Espanha, Suécia, Reino Unido e China.

Um dos coautores do estudo, Gustavo Plaza, investigador agregado à Universidade Politécnica de Madrid, explicou, citado pela agência noticiosa Efe, que a seda de aranha “é um material biodegradável e atrativo para muitas aplicações“, devido “à sua extraordinária capacidade para absorver energia” e por ser “um material biocompatível”.

Contudo, é tão cara de se obter que dificilmente é comercializável.

Na última década, foram desenvolvidas proteínas recombinadas, com caraterísticas semelhantes ao material das teias de aranha.

Mas os métodos habituais para fiar fibras a partir destas proteínas requer o uso de dissolventes ou coagulantes que, em alguns casos, podem ser tóxicos, o que dificulta ou impede, por exemplo, as aplicações biomédicas das fibras.

Além disso, sublinhou Gustavo Plaza, “as fibras artificiais obtidas até agora apresentaram propriedades sensivelmente inferiores às da seda de aranha natural, o que dificultou o seu emprego comercial”.

A seda da aranha é composta por proteínas de grande tamanho. Nas glândulas das aranhas, estas proteínas mantêm-se numa solução muito concentrada, que passa através de um canal estreito, no qual a acidez muda e o material se torna numa fibra insolúvel.

Inspirados na forma como as aranhas fabricam a seda, a equipa internacional de investigadores concebeu uma proteína híbrida, que inclui sequências de aminoácidos presentes nas sedas de duas espécies de aranhas, para controlar a coagulação das proteínas, imitando o processo de fiação natural das próprias aranhas.

Os cientistas desenvolveram, também, um novo método de fiação, que permite controlar a acidez da solução proteica.

Com este método, no qual apenas é usada água com dissolvente, conseguiram produzir seda de aranha artificial mais resistente e maleável do que outras, com uma resistência tal que se aproxima à das sedas naturais.

A seda biodegradável produzida com esta técnica é igualmente mais barata e mais fácil de obter do que a seda natural de aranha, podendo ser usada em biomateriais, em dispositivos médicos avançados e em tecidos para absorver impactos – por exemplo, em viaturas, precisou Gustavo Plaza.

// Lusa

1 COMENTÁRIO

RESPONDER

-

Grupo que se despiu e acorrentou em Auschwitz protestava contra guerras

Um procurador polaco informou esta quarta-feira que as 11 pessoas que se despiram, acorrentaram e degolaram um carneiro em frente ao campo de concentração nazi de Auschwitz eram ativistas pela paz que protestavam contra as …

Almeida Sampaio, representante permanente de Portugal junto da NATO.

Embaixador de Portugal na NATO investigado por desvio de 400 mil euros

O Embaixador Almeida Sampaio, actual representante permanente de Portugal junto da NATO, está a ser investigado por suspeitas de que terá desviado cerca de 400 mil euros de dinheiros públicos. A notícia é avançada pelo jornal …

-

Implante no cérebro permitiu a tetraplégico mexer mão e braço

Um homem que ficou tetraplégico num acidente voltou a mover-se com a ajuda da tecnologia. Bill Kochevar conseguiu, depois de oito anos paralisado, mover uma mão e um braço, sendo o primeiro recetor de sistemas …

-

Há mais banqueiros suspeitos no caso Sócrates

O Ministério Público acredita que há outros banqueiros, além de Ricardo Salgado, sob suspeita no âmbito da investigação em torno da "Operação Marquês", nomeadamente pelo eventual recebimento de comissões ilegais. Estas suspeitas são apontadas na primeira …

-

Surto de Hepatite A com origem na Holanda já tem mais de 100 casos em Lisboa

Portugal continental registou 105 casos de hepatite A desde janeiro, quase todos sinalizados na Grande Lisboa, havendo um predomínio de casos em homens homossexuais. A hepatite A é uma infeção aguda, causada por um vírus ARN, …

-

Boeing 737 com 141 passageiros incendeia-se ao aterrar no Peru

Um avião da Peruvian Airlines com 141 passageiros a bordo incendiou-se na terça-feira ao aterrar no aeroporto de Jauja, situado nos Andes peruanos, sem causar vítimas, informou a companhia aérea em comunicado. Um Boeing 737 da …

Andrómeda, ou M31, é uma galáxia espiral parecida com a Via Láctea.

NASA resolve mistério das emissões de raios-X de Andrómeda

A vizinha da Via Láctea, Andrómeda, contém uma fonte predominante de emissão de raios-X altamente energéticos, mas a sua identidade permanecia misteriosa até agora. Relatado num novo estudo, a missão NuSTAR (Nuclear Spectroscopic Telescope Array) da …

Gravura rupestre quase imperceptível supreende com bailarino de máscara do período Neolítico, no Egipto.

Descobertas gravuras rupestres surpreendentes no Egipto

Uma descoberta de "arqueologia para pessoas preguiçosas" permitiu chegar a surpreendentes desenhos de arte rupestre que dão pistas relevantes sobre como foi o período Neolítico ou Idade da Pedra Polida no Egipto, muito antes de …

-

Cientistas descobrem que os pulmões fabricam sangue

Cientistas da Universidade da Califórnia em São Francisco, nos EUA, descobriram que os pulmões não só facilitam a respiração, como também possuem funções fundamentais na produção de sangue. A descoberta foi possível graças a um processo …

Exemplar jovem de um tigre-da-Tasmânia em 1910

Afinal, o Tigre-da-Tasmânia pode não estar extinto

Após vários "avistamentos" do famoso Tigre-da-Tasmânia, que se acredita estar extinto há mais de 80 anos, uma equipa de cientistas australianos quer desfazer as dúvidas e vai à caça deste marsupial carnívoro com "armadilhas de …