Cientistas aconselham UE a proibir pesca da sardinha em Portugal durante 15 anos

O presidente da Associação de Produtores da Pesca do Cerco disse hoje estar “perplexo” com a recomendação do organismo científico sobre a suspensão da pesca da sardinha por 15 anos, considerando que é um “cenário apocalíptico” e injustificado.

O presidente da Associação Nacional das Organizações de Produtores da Pesca do Cerco (ANOP/Cerco) comentava em declarações à agência Lusa a notícia, do jornal de Negócios, de que o Conselho Internacional para a Exploração do Mar, organismo científico que aconselha a Comissão Europeia sobre as quotas de captura de peixe, recomenda a suspensão total da sardinha por um período mínimo de 15 anos.

O parecer do organismo científico, que não é vinculativo e a que jornal de Negócios teve acesso, diz que “Portugal deve parar por completo a pesca da sardinha e durante um período mínimo de 15 anos para que o stock de sardinha regresse a níveis aceitáveis”.

“Estamos perplexos. Discordamos totalmente deste parecer e não o compreendemos de todo. Não compreendemos como passamos de um cenário relativamente positivo, com uma ligeira recuperação do recurso e com base na recomendação do ano anterior, para este cenário tão pessimista, eu diria até apocalíptico”, disse à Lusa Humberto Jorge.

O presidente da ANOP/Cerco disse que a associação discorda “do cenário traçado” porque o que “se está a verificar no terreno é uma abundância e regularidade das capturas e desembarques como há muitos anos não se verificava”.

“Discordamos e não compreendemos de todo como se passa de uma situação de relativo otimismo para um cenário apocalíptico quando este parecer não contém absolutamente nenhuma informação científica nem profissional desde outubro do ano passado e até agora”, frisou.

Segundo Humberto Jorge, as informações científicas recolhidas durante o ano de 2017 não estão contidas no parecer do organismo científico.

Humberto Jorge lembra que o stock tem problemas há cerca de 10 anos, sobretudo com recrutamento de juvenis, por motivos que nem os cientistas sabem explicar, embora possam estar relacionados com alterações climáticas, que não têm a ver com a pesca.

“Temos reconhecido o problema e diminuímos o período de atividade ao longo de dez anos para níveis mínimos como nunca tivemos, mas também é um facto que assistimos a uma permanente estabilização da biomassa e neste ultimo ano até uma melhoria da biomassa na faixa portuguesa”, disse.

Por isso, a associação não compreende a recomendação com um cenário tão negro.

“Espero que Portugal, Espanha e a Comissão Europeia, não tanto a Comissão Europeia porque têm uma tendência forte para seguir estes pareceres, consigam contrariar esta vontade que não se baseia em dados científicos recentes, nem em dados profissionais recente”, concluiu.

Em declarações ao Negócios, o secretário de Estado das Pescas, José Apolinário, esclareceu que este relatório não dispõe de informação atualizada, respeitante às zonas Centro e Norte do país – que só deverá chegar nos próximos meses e do qual resultará uma recomendação ao país”.

// Lusa

PARTILHAR

6 COMENTÁRIOS

  1. E porque não uma moratória em todo o mundo (com proibição de importação para a UE) dessa espécie e de todas as outras mais ameaçadas? Ah, e tal, …
    Bem me parecia, o que eles querem sei eu!

  2. Se não proibirem os peixes do mar como é que nos vão convencem a comer as toneladas o salmão perca do Nilo e outros peixes de viveiro que a UE tem para nos impingir?

  3. E quem é que anda a pescar além de nós nas nossas águas com o aval da UE? Já passamos pela proibição de várias coisas impostas pela UE, que me recorde de momento a figueira para a produção de aguardente e passamos a comprá-la no estrangeiro, portanto esta da sardinha poderá ser mais uma de origem duvidosa!.

  4. A pesca da sardinha se for regulamentada devidamente e não houver embarcações a capturar em grandes quantidades para alimentar os Atuns que estão em jaulas no Mediterrâneo.
    A sardinha não acaba
    Mas o sushi é bem mais caro

RESPONDER

Cientistas investigam estranho gelo cor-de-rosa num glaciar dos Alpes italianos

Uma equipa de cientistas anunciou esta segunda-feira estar a tentar averiguar a origem de gelo cor-de-rosa num glaciar nos Alpes italianos. O fenómeno deverá ser provocada por algas que aceleram os efeitos das mudanças climáticas. A origem …

Especialistas de 32 países alertam OMS: covid-19 também se transmite pelo ar

Numa carta aberta à Organização Mundial de Saúde, 239 cientistas pedem que a organização reveja as recomendações que tem emitido, alertando para o facto de a covid-19 poder transmitir-se pelo ar. Numa carta dirigida à Organização …

Moreirense 0-0 Sporting | Nulo em jogo de pólvora seca

A 30ª jornada fechou no Minho com um nulo entre Moreirense e Sporting, que continua sem derrotas sob o comando de Rúben Amorim. A formação leonina poderia muito bem ter vencido em Moreira de Cónegos, pois …

Armazém flutuante. A China está a guardar petróleo no mar (e já se sabe porquê)

A China está a guardar uma quantidade épica de petróleo no mar. De acordo com a CNN, o país comprou tanto petróleo estrangeiro a preços baratos que formou um congestionamento maciço de navios-tanque no mar, …

Peregrinos em Meca proibidos de tocar ou beijar a Caaba por causa da covid-19

Os muçulmanos que vão participar na peregrinação a Meca não poderão tocar ou beijar a Caaba nem a "pedra negra", presentes na Grande Mesquita, local considerado como um dos mais sagrados pelo Islão, informaram as …

Países Baixos continuam a abater milhares de martas. 20 quintas afetadas pela pandemia

Esta segunda-feira, as autoridades holandesas abateram milhares de martas em mais duas fazendas onde foram detetados surtos de covid-19. Esta segunda-feira, as autoridades abateram milhares de martas em mais duas fazendas, sendo agora 20 as quintas …

Cientistas criam robô para fazer testes à covid-19 (e proteger os profissionais de saúde)

O Korea Institute of Machinery & Materials (KIMM) desenvolveu um novo robô de coleta remota de amostras que elimina o contacto direto entre os profissionais de saúde e os pacientes, potencialmente infetados com o novo …

"Não use desodorizante". A peculiar estratégia de Berlim para promover o uso de máscaras nos transportes públicos

"Não use desodorizante". Esta é a peculiar campanha adotada pela empresa que controla os transportes públicos em Berlim, na Alemanha, para promover o uso correto de máscaras, evitando assim novos casos de covid-19.  Tal como escreve …

Vírus pode ter estado adormecido antes de surgir na China, diz investigador de Oxford

O novo coronavírus pode ter estado adormecido algures no mundo antes de ter surgido na China, defendeu o investigador da Universidade de Oxford, Tom Jefferson, apontando para várias descobertas de amostras do vírus em Espanha, …

Federer sente falta de Wimbledon. "Deu-me tudo"

Roger Federer admitiu sentir a falta de Wimbledon, o torneio do "Grand Slam" que, se não tivesse sido cancelado devido à pandemia de covid-19, estaria a decorrer em Londres. O tenista suíço Roger Federer admitiu, esta …