Cidade turca vai afundar-se já em outubro. É uma das mais antigas do mundo

A histórica cidade de Hasankeyf, na Turquia, vai afundar-se nas próximas semanas devido à construção de uma barragem que produzirá energia para a região, noticia a CNN. Milhares de habitantes terão de mudar de casa.

A cidade, junto ao caudal do rio Tigre, na província de Batman, no sudeste da Turquia, a alberga cerca de 3 mil pessoas, havendo mais 3 mil pessoas que vivem nas redondezas em pequenas populações rurais, explica a cadeia de televisão norte-americana.

Neste momento, os habitantes locais estão a deixar as suas casas e a mover-se para uma cidade que o Governo turco construiu para ao efeito. Foram construídas cerca de 700 habitações, tal como escreve a revista Visão.



Contudo, e apesar das novas casas construídas pelo Governo, os habitantes não parecem estar muito satisfeitos. Hasankeyf tem cerca de 11 mil anos de história, sendo uma das cidades mais antigas da Mesopotâmia.

“Vivíamos com esperança [de que não seríamos obrigados a sair], mas agora perdemo-la. Deram-nos de três a cinco meses [para sairmos] (…) Preciso começar tudo de novo. Sinto-me como se tivesse acabado de chegar a este mundo. Não sei se será bom ou mau”, disse Firat Argun, um habitante que pertence a uma família que vive na cidade há 300 anos, em declarações à CBS, que frisa que esta é uma das cidades mais antigas do mundo.

A construção da barragem de Ilisu é um projeto envolvido em polémica já há vários anos, tendo mesmo perdido o apoio de vários Governos e investidores estrangeiros por implicar a destruição de grande parte da cidade antiga. A barragem Ilisu fará desaparecer várias ruas, casas e locais históricos, com exceção da cidadela.

Contudo, ao que parece, a construção vai mesmo avançar na primeiras semanas de outubro. A Turquia defende, por sua vez, que a construção trará inúmeros benefícios económicos e ambientais à região.

ZAP ZAP //

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

  1. Não admira que aos turcos não lhes custe muito! Não são originários dali! Ocupam a Anatólia e territórios gregos e romanos há uns séculos. Sonhos deles e dos árabes era conquistar o Rom, nome a que davam ao Império Romano do Oriente. Tudo o que escavam é de outros! Portanto perder património, mesmo um como este de import`^anciã fundamental para a Humanidade, não lhes custa nada. Quanto menos sobrar de outras civilizações, e nações que são as verdadeiras donas dos territórios melhor! Os portugueses estiveram 500 anos em África, mas eram colonos e ocupantes, estes estão desde 1453 em Constantinopla e têm a mania que este território sempre foi deles. Eles, nem da Ásia menor são originários, mas dos terras turcomanas, como o Turquemenistão, Afeganistão e outras coisas acabadas em ão, menos o Irão.

RESPONDER

China pousa pela primeira vez uma nave em Marte

A China anunciou este sábado que pousou com sucesso a sua primeira nave espacial na superfície de Marte, avançou a agência estatal Xinhua citando a Administração Espacial Nacional da China. Ao pousar na planície Utopia, no …

Garrafas de água, sumo e latas de cerveja podem vir a ter uma taxa até 15 cêntimos

O preço de embalagens de água, sumos ou cerveja vai passar, em 2023, a vir acompanhado de uma taxa de depósito. O valor da tara deve variar entre os 5 e os 15 cêntimos. Como noticia …

Banco Montepio passa de lucros a prejuízos de 15,9 milhões no primeiro trimestre

O Banco Montepio registou prejuízos de 15,9 milhões de euros no primeiro trimestre deste ano em comparação com lucros de 5,4 milhões no mesmo período do ano passado, foi divulgado esta sexta-feira ao mercado. De acordo …

Aviso da PSP a negar festejos em Alvalade andou “perdido” na CML. Medina sacode responsabilidades

O Sindicato dos Oficiais da PSP garante que município foi “redundantemente alertado” para entendimento de que devia ser recusada colocação de ecrãs gigantes junto a Alvalade. Contudo, a autarquia diz não ter informado os promotores …

Metrópole no Camboja medieval. Estudo mostra quantas pessoas viveram no Império de Angkor

Um novo estudo arqueológico mostra quantas pessoas viveram no antigo Império de Angkor ao longo do tempo. A população era comparável à da Roma antiga. Quão grandes eram as antigas cidades? No seu auge, há cerca …

Prazo para limpar terrenos termina hoje. Proprietários voltam a arriscar coimas

O prazo para a limpeza de terrenos florestais termina hoje, após ter sido prorrogado devido à pandemia e às condições climatéricas, pelo que os proprietários em incumprimento ficam sujeitos a contraordenações, com coimas entre 280 …

Entre indiretas a Rui Moreira e farpas a Costa, Rio acusa PS de ter desistido de ganhar o Porto

O Presidente do PSD participou na apresentação da candidatura de Vladimiro Feliz, que considera "competente" e "trabalhador" à Câmara do Porto. Por outro lado, Rio usou a ocasião para acusar o PS de ir a …

Cientistas descobrem o segredo das pessoas que vivem mais de 105 anos

Uma equipa de investigadores descobriu que os idosos que vivem mais de 105 anos tendem a possuir uma base genética única que torna os seus corpos mais eficazes na reparação de ADN. Esta é a primeira …

Quem já teve covid-19 pode agendar vacina em junho. No verão, vacinados podem vir a deixar máscara

Os doentes recuperados há mais de seis meses de infeção por SARS-CoV-2 vão poder marcar a sua vacinação através do portal de auto-agendamento a partir da primeira semana de junho, confirmou fonte da task force …

Governo aprova 11 milhões de euros para SIRESP de indemnização compensatória

A indemnização compensatória foi aprovada no dia em que o Presidente da República promulgou o decreto-lei que define o modelo transitório de gestão, operação, manutenção, modernização e ampliação da rede de comunicações do Estado SIRESP. O …