Cidade na Sicília vai leiloar casas abandonadas por um euro

sctkirk / Flickr

Salemi, comuna italiana na região da Sicília

A cidade de Salemi, na Sicília, em Itália, vai leiloar várias casas abandonadas, com um preço inicial de um euro, para dar uma nova vida à região.

Não é a primeira vez que ouvimos falar de cidades italianas que vendem casas abandonadas ao desbarato para tentar reverter o despovoamento. A mais recente, conta a cadeia de televisão CNN, é Salemi, uma pitoresca cidade na Sicília. No próximo mês, várias propriedades em ruínas vão ser leiloadas com um preço inicial de apenas um euro.

O presidente da Câmara, Domenico Venuti, espera que esta estratégia traga uma nova vida à cidade, que viu a sua população diminuir consideravelmente quando, em 1968, um terramoto abalou o Valle del Belice. Pelo menos quatro mil pessoas fugiram.



“Todos os edifícios pertencem à autarquia, o que agiliza a venda e reduz a burocracia. Antes de lançarmos o projeto, recuperámos as partes antigas de Salemi onde as casas estão localizadas, melhorando as infraestruturas. Agora, a cidade está pronta para o próximo passo”, declara Venuti à estação televisiva.

“Foi um longo processo. Não só realizámos trabalhos de manutenção minuciosos, como também tivemos de recuperar muitas propriedades para uso residencial. Já estamos prontos há algum tempo, mas quisemos esperar para ver como evoluía a pandemia de covid-19″, explica o autarca.

Segundo a CNN, as casas, que datam de 1600, estão localizadas no coração do centro histórico, cercadas pelas antigas muralhas da cidade. Embora algumas possam precisar de bastantes obras devido aos danos causados pelo terramoto, outras estão em relativas boas condições.

De acordo com o presidente da Câmara, os potenciais compradores não precisam de visitar Salemi para ver as casas antes de fazer uma oferta, mas terão de enviar um plano detalhado da remodelação para demonstrar o seu compromisso com o projeto.

Os interessados podem ver fotografias dos imóveis, assim como mapas das zonas onde estão inseridos, e fazer o download dos formulários de inscrição no site institucional da Câmara assim que o projeto for lançado.

Os projetos de requalificação também serão avaliados de acordo com o seu impacto urbano. Clientes que queiram converter os imóveis em alojamentos turísticos ou em outro tipo de estabelecimento comercial vão receber pontos extra e incentivos fiscais.

Um único comprador pode adquirir mais do que uma casa, mas todos têm de pagar uma caução de três mil euros, que será devolvida se o projeto de remodelação ficar concluído em três anos.

ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Em apenas três anos, a Austrália perdeu um terço dos seus coalas

A seca, os incêndios florestais e a desflorestação na Austrália levaram o país a perder um terço dos seus coalas nos últimos três anos. A Austrália perdeu cerca de 30% dos seus coalas nos últimos …

Há modelos matemáticos que preveem se uma música vai ser viral — os mesmos utilizados com a covid-19

O uso de modelos matemáticos para antecipar o nível de sucesso de uma música pode começar a ser usado, a partir da publicação do presente estudo, por artistas e editoras para melhorar o desempenho dos …

Alemanha. Funcionário de posto de combustível abatido a tiro por cliente que se recusou a usar máscara

Um homem de 49 anos matou um funcionário de um posto de combustível na Alemanha, após tentar comprar cerveja sem utilizar a máscara. No país, o uso deste equipamento de proteção é obrigatório para entrar …

Um violino gigante flutuou no Grande Canal de Veneza (ao som de Vivaldi)

No passado fim de semana, um violino gigante, com quase 12 metros de comprimento, desceu o Grande Canal de Veneza. A bordo estava um quarteto de cordas, que tocou Four Seasons de Vivaldi. O Noah's Violin …

Assembleia de credores aprova recuperação da Groundforce

Esta quarta-feira, os credores da Groundforce aprovaram a recuperação da empresa. Em causa está uma dívida de 154 milhões de euros. Os credores da Groundforce, reunidos esta quarta-feira em assembleia de credores, no tribunal de Monsanto, …

Europeus acreditam numa "guerra fria" entre os EUA e a China e Rússia

A maioria dos cidadãos da União Europeia (UE), 62%, considera que os Estados Unidos (EUA), com apoio das instituições comunitárias, estão numa nova "guerra fria" com a China, mas recusam envolvimento nacional, revelou um inquérito …

Desenho de Van Gogh esteve guardado mais de 100 anos. Agora, é exibido pela primeira vez

O Museu de Amesterdão, nos Países Baixos, ganhou um novo inquilino: Study for 'Worn Out', um desenho recém-descoberto de Vincent van Gogh. O holandês Vincent van Gogh ainda continua a impressionar o mundo inteiro com a …

No Afeganistão, as professoras estão prontas para desafiar o regime talibã

No Afeganistão, as professoras estão prontas para desafiar o regime talibã, com receio de que os avanços dos últimos 20 anos tenham sido conquistados em vão. A Vice falou com algumas professoras afegãs que garantem continuar …

Apenas um terço das crianças em 91 países tem acesso a uma alimentação adequada, alerta UNICEF

Apenas um terço das crianças com menos de dois anos em 91 países em desenvolvimento têm acesso aos alimentos que necessitam para um crescimento saudável, revelou um relatório da UNICEF, apontando que nenhum progresso foi …

Preços das casas voltaram a aumentar no segundo trimestre

Entre abril e junho, o índice de Preços da Habitação (IPHab) cresceu 6,6% em termos homólogos. A revelação foi feita esta quarta-feira pelo Instituto Nacional de Estatística (INE). O Índice de Preços da Habitação (IPHab) cresceu …