Cidade italiana colocou homossexuais entre prioritários para a vacina. Já pediu desculpa

Em La Spezia, Itália, os homossexuais foram incluídos na lista de prioritários na vacinação contra a covid-19 por se considerar que adotam “condutas com risco”.

A autoridade sanitária da localidade italiana de La Spezia, no norte do país, incluiu no protocolo de vacinação contra a covid-19 os homossexuais, que caracterizou como indivíduos de risco e prioritários, gerando polémica e críticas a nível nacional.

A polémica surgiu quando Ferrucio Sansa, candidato apoiado pelo Partido Democrata (PD, centro-esquerda) e pelo Movimento 5 Estrelas (M5S) às eleições regionais de 2020 na Ligúria, condenou as autoridades sanitárias locais por terem incluído os homossexuais na lista de “pessoas com condutas de risco, ao lado de toxicodependentes e de outras relacionadas com a prostituição”.

O formulário de inscrição foi distribuído pelos cidadãos no quadro da campanha nacional de vacinação contra o novo coronavírus, para se poderem gerir as reservas de vacinas destinadas aos grupos prioritários.

As denúncias ocorreram imediatamente e a senadora Monica Cirinnà, promotora da lei que reconhece a união civil entre homossexuais desde 2016, afirmou ser “inaceitável” que uma referência à homossexualidade apareça entre os comportamentos de risco como forma de acesso a qualquer serviço de saúde.

É uma grave violação da dignidade pessoal, sinal de uma cultura ainda muito difundida e que tende a estigmatizar a homossexualidade”, frisou Cirinnà.

O diretor da entidade de saúde local, Paolo Cavagnaro, já pediu desculpas. “É um erro claro, reconhecêmo-lo, que também estamos a tentar encontrar uma explicação, pelo que só podemos pedir desculpa”, afirmou.

O caso ganhou expressão esta quinta-feira, quando foi descoberto que o formulário havia sido retirado diretamente do portal do Ministério da Saúde italiano em outubro.

O presidente da região da Ligúria, o conservador Giovanni Toti, descreveu a situação como “incrível e vergonhosa” e acusou a oposição de querer criar confusão sem antes verificar os factos.

“Quanto à incrível e vergonhosa inclusão de homossexuais entre os ‘sujeitos como fatores de risco’ para as prioridades de vacinação, descobriu-se que, após uma primeira investigação interna, o erro tem origem numa cópia das diretrizes ministeriais. Obviamente, isso multiplica o erro, embora não o elimine”, escreveu Toti na sua página na rede social Facebook.

“Tudo isto dá-me razão quanto à total incapacidade, ignorância, má-fé e torpeza por parte da oposição na Ligúria, que não para de me acusar sem averiguar ou investigar antes o que se passou”, acrescentou Toti, numa referência a Sansa, que foi quem detetou o erro.

Em comunicado, o Ministério da Saúde explicou que “apenas o comportamento determina o risco e não a orientação sexual das pessoas” e reconheceu que se tratava de “um documento antigo usado para doações de sangue”.

“Os documentos ministeriais de formulários antigos e desatualizados serão imediatamente corrigidos”, acrescentou o Governo italiano.

// Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Dinamarca. Reclusos condenados a prisão perpétua proibidos de iniciar novos romances

Os reclusos que cumprem prisão perpétua na Dinamarca serão proibidos de iniciar novos relacionamentos amorosos, decisão proposta pelo governo após uma jovem de 17 anos se apaixonar por Peter Madsen, que assassinou a jornalista Kim …

Casal queria que o seu filho se chamasse Vladimir Putin. A Suécia não deixou

Na Suécia, os pais são obrigados a comunicar os nomes dos seus filhos recém-nascidos ao Skatteverket nos primeiros três meses a partir do nascimento. Um casal sueco, que vive na cidade de Laholm, foi proibido pela …

44 jogos seguidos sem ganhar. Mas o presidente não está preocupado

O Atlético Mogi não vence qualquer jogo oficial há mais de quatro anos. Perdeu em 42 desses 44 duelos. 17 de Junho de 2017 foi o último dia em que o Atlético Mogi venceu um jogo …

Autárquicas: António Costa promete que os municípios terão mais mil milhões de euros

O secretário-geral do PS, António Costa, indicou hoje, em Celorico de Basto, no distrito de Braga, que os municípios “vão passar a ter, a partir de abril, mais mil milhões de euros que acompanham a …

Mais de trinta anos após ter sido lançada ao mar no Japão, mensagem em garrafa é encontrada no Hawaii

Durante uma viagem ao Hawaii, uma jovem de apenas 9 anos encontrou uma garrafa que foi lançada ao mar há mais de trinta anos. Esta continha uma mensagem que, posteriormente, acabou por revelar uma experiência …

Mais 939 infeções, sete mortes e nova redução nos internamentos

Portugal registou nas últimas 24 horas mais 939 casos de infeção pelo coronavírus SARS-CoV-2, sete mortes atribuídas à covid-19 e nova redução nos internamentos em enfermaria e cuidados intensivos. De acordo com o boletim epidemiológico da …

Milionário norte-americano Robert Durst condenado por matar melhor amiga

O milionário norte-americano Robert Durst, tornado famoso por um documentário do canal HBO, foi condenado na sexta-feira num tribunal de Los Angeles, nos Estados Unidos, por matar a melhor amiga, um crime que remonta a …

Em Inglaterra, há crianças de 16 anos que vão passar a viver em alojamentos não regulamentados

A 9 de setembro, foi aprovada uma nova lei em Inglaterra, segundo a qual as crianças com 16 e 17 anos podem ser colocadas em alojamentos não regulamentados. O sistema de acolhimento de crianças inglês está …

Suspeitos numa mota sem matrícula dispararam na direcção de candidata do CDS

A candidata do CDS à Junta de Freguesia de Palmela, em Setúbal, foi surpreendida, na noite de sexta-feira, por disparos de caçadeira, protagonizados por "duas pessoas sem capacete", numa mota sem luzes, nem matrícula. O incidente …

Jerónimo diz que conquista de Guimarães só é possível "milho a milho"

O secretário-geral do PCP defendeu, esta sexta-feira, que a presença da CDU na autarquia de Guimarães só pode ser reconquistada “milho a milho”, na noite em que a dirigente do PEV Heloísa Apolónia integrou a …