Uma cidade inteira dos EUA está refém de cibercriminosos

A cidade de Baltimore, nos Estados Unidos, está sob ataque. Mas a ameaça não vem de pessoas armadas com pistolas e bombas.

Há duas semanas, cibercriminosos usaram ransomware – um tipo de software nocivo que restringe o acesso ao sistema infetado com uma espécie de bloqueio e cobra um resgate em criptomoedas para que o acesso possa ser restabelecido – conhecido como RobinHood para assumir o controlo de cerca de 10 mil computadores da cidade. O resgate é de cerca de cem mil dólares em bitcoins (ou seja, 13 bitcoins), mas a cidade de Baltimore está a recusar pagá-lo.

No entanto, de acordo com o NPR, a cidade também não está equipada para quebrar o ransomware, o que significa que foi forçado a ficar em grande parte offline – outro exemplo preocupante da incapacidade do governo moderno de acompanhar a crescente ameaça do cibercrime.

O ataque enfraqueceu o governo de Baltimore. Os funcionários não conseguem aceder à caixa de correio eletrónico por isso, por enquanto, a cidade está a recorrer a soluções manuais para operações que normalmente envolvem redes de computadores.

Em relação a quando é que a cidade se recuperará totalmente do ataque, é ainda incerto. Porém, com base numa declaração recente do responsável da cidade, Bernard C. ‘Jack’ Young, ainda poderá demorar algum tempo.

“O nosso foco é fazer com que os serviços críticos voltem a ficar online e fazê-lo de uma maneira que garanta a segurança como uma das nossas principais prioridades ao longo deste processo”, escreveu Young na sexta-feira.

Especialistas em segurança cibernética dizem que provavelmente demorará meses para a cidade se recuperar totalmente. A posição é partilhada pelo responsável da cidade: “Poderemos ver os serviços parciais a começar a recuperar numa questão de semanas, enquanto alguns dos nossos sistemas mais complexos podem demorar meses no processo de recuperação.”

Este ataque é mais um dos mais de 20 feitos este ano. No ano passado, em março, a cidade de Atlanta foi atacada com ransomware o que provocou uma paralisação nos seus serviços cívicos digitais. Segundo o jornal local Atlanta Journal-Constitution, o ataque custou à cidade 17 milhões de dólares para se recuperar.

ZAP //

PARTILHAR

2 COMENTÁRIOS

  1. Estranho!!!! O Trump ainda não veio acusar os russos ou até os chineses???? E nem sequer aplicou sanções??? Deve estar a dormir.

  2. Isto Já era de esperar. Os grandes crânios que tratavam dos sistemas informáticos americanos eram de outras nacionalidades como Paquistão, Coreia, China, India, etc. Com o problema de imigração levantado por Trump, muitos regressaram aos seus países e outros não estão de acordo com estas politícas. Acho que não será preciso dizer mais nada. Já era de esperar…

RESPONDER

O primeiro drone acrobático tripulado de sempre é testado a fazer piruetas

Um novo vídeo mostra que o "Big Drone", da Drone Champions AG, é capaz de fazer acrobacias alucinantes com um passageiro dentro. A tecnologia dos drones melhora de vento em popa com o passar dos anos …

Fenómeno extremo ameaça corais na Grande Barreira na Austrália. E já matou quase metade

A Grande Barreira de Coral da Austrália pode estar a enfrentar a terceira "descoloração" no espaço de cinco anos, fenómeno provocado por um aumento da temperatura das águas do mar. Como avançou o Expresso, este fenómeno …

Trump critica cerimónia dos Óscares, "Parasitas" e Brad Pitt

O Presidente norte-americano criticou a cerimónia dos Óscares, esta quinta-feira, nomeadamente a atribuição do prémio de Melhor Filme para o sul-coreano "Parasitas" e ainda o ator Brad Pitt. Na noite desta quinta-feira, num comício em Colorado …

Paris lança número de emergência para fazer frente à crise de percevejos

O Governo francês lançou uma campanha, esta quinta-feira, para fazer frente à crise de percevejos que se instalou em Paris. Segundo a agência France-Press, citada pelo The Guardian, casas e hotéis da capital francesa estão a …

"Radical chique" e "ressentido". Filho de Paulo Branco pode ter sido o pivot do escândalo sexual em França

Juan Branco, o filho do produtor de cinema Paulo Branco, é o homem do momento em França. O advogado de 30 anos saltou para as luzes dos média no âmbito da divulgação do vídeo sexual …

Alcochete. "Se Mustafá estivesse lá aquilo não tinha acontecido"

O arguido Emanuel Calças disse, esta sexta-feira, em tribunal que, se Mustafá estivesse com o grupo que invadiu a academia do Sporting, "aquilo não tinha acontecido". "Tenho a certeza de que se o Mustafá estivesse presente …

Coronavírus ameaça o têxtil português (mas também é uma "oportunidade")

O sector têxtil nacional está ameaçado e pode parar a produção já em Março. Tudo devido à falta de matéria-prima que vem da China e que se deve à epidemia do novo coronavírus. A "situação …

Governo diz que prejuízo da TAP "não foi um desvio qualquer" e que já devia ter tido lucro em 2018 e 2019

O ministro das Infraestruturas disse, esta sexta-feira, que o orçamento que a comissão executiva da TAP apresentou ao Conselho de Administração para 2018 e 2019 previa lucro e que o prejuízo de 105,6 milhões "não …

João Lourenço duplica valor de subsídio de antigos Presidentes de Angola

O Presidente angolano, João Lourenço, duplicou o valor do subsídio de fim de mandato pago a antigos chefes de Estado, mas cortou outras regalias, nomeadamente a nível da segurança e quadro de pessoal. O decreto-presidencial 32/20, …

FC Porto castigado com um jogo à porta fechada

O FC Porto foi punido com um jogo à porta fechada, esta sexta-feira, devido a "um ato de ofensa corporal a agente desportivo" na final da Taça de Portugal. A punição aplicada pelo Conselho de Disciplina …