Cicatrizes de Plutão revelam que objetos no Cinturão de Kuiper são “relíquias primordiais” do Sistema Solar primitivo

Plutão pode ter descido para o estatuto de planeta anão, mas os seus mistérios são ainda muito grandes. Investigadores estiveram a tentar desvendar os segredos do Cinturão de Kuiper.

Quando a sonda de reconhecimento da New Horizons da NASA passou por Plutão e pela sua lua Charon em 2015, as imagens resultantes revelaram um mundo inédito de picos gelados, planos glaciais e vulcões congelados não vistos em nenhum outro lugar do sistema solar.

Agora, os investigadores estão a olhar novamente para as imagens à procura de pistas sobre uma das regiões mais enigmáticas do sistema solar: o vasto anel de destroços de gelo conhecido como Cinturão de Kuiper.

Num novo estudo publicado na revista Science, um grupo de cientistas planetários liderados pelo Southwest Research Institute, no Colorado, EUA, debruçou-se nos mapas da New Horizons para contar as cicatrizes deixadas por milhares de milhões de colisões com objetos do Cinturão de Kuiper. Estes corpos gelados orbitam o Cinturão de Kuiper na borda do sistema solar – e Plutão é o maior deles.

Ao estudar impactos de crateras, os investigadores encontraram Plutão e Caronte foram mais atingidos por objetos grandes do que pequenos nos últimos quatro mil milhões de anos. Isto sugere que o Cinturão de Kuiper é primariamente povoado por objetos grandes e antigos que datam da formação do sistema solar.

“As crateras dão uma visão para o passado”, disse Kelsi Singer. “Podemos usar o número de crateras para dizer quantos anos uma superfície tem, o que nos ajuda a aprender mais sobre o Cinturão de Kuiper como um todo.”

Geralmente, partes da superfície de um planeta salpicadas de muitas crateras são consideradas relativamente antigas, enquanto regiões sem crateras são consideradas novos desenvolvimentos.

Em Plutão, por exemplo, há uma camada brilhante de gelo de nitrogénio conhecida como Coração, assim chamada pela forma que apresenta. Como não há crateras de impacto nesta região, acredita-se ser relativamente jovem em comparação com o resto da superfície de Plutão.

Em contraste, evidências anteriores sugeriram que algumas regiões ricas em crateras em Plutão têm cerca de quatro mil milhões de anos. Ao estudar de perto o tamanho das crateras nessas regiões, os investigadores conseguem obter uma visão geral dos tipos de objetos que se moviam no Cinturão de Kuiper há milhares de milhões de anos, não muito tempo depois de o sistema solar se formar.

No novo estudo, a equipa examinou quase três mil crateras de impacto das observações de 2015 da New Horizons. Algo se destacava: embora as crateras tivessem uma grande variedade de tamanhos, pouquíssimas crateras provinham de pequenos objetos que mediam entre um e dois quilómetros de diâmetro.

“Foi surpreendente para nós, porque baseamos as nossas expectativas sobre o Cinturão de Kuiper no que sabíamos sobre o cinturão de asteroides [entre Marte e Júpiter]”, disse Singer. “Acontece que há muito menos objetos pequenos no Cinturão de Kuiper do que pensávamos”.

Pequenos objetos celestes são criados por colisões entre objetos maiores. Um pequeno número de pequenos objetos no Cinturão de Kuiper significa que ocorreram menos colisões ao longo do tempo – e isto significa que muitos dos objetos em órbita naquela região são mais propensos a serem relíquias “primordiais” do sistema solar primitivo.

As descobertas encaixam-se em observações recentes do KBO, chamado Ultima Thule, um objeto em formato de boneco de neve, com cerca de 34 quilómetros de diâmetro, orbitando a cerca de um milhar de milhão de quilómetros além da órbita de Plutão.

“Quando a New Horizons chegou ao Ultima Thule em janeiro, parecia um corpo bastante primordial”, disse Singer. “Talvez haja uma grande cratera de impacto e não parece que foi quebrado e reformado.”

Se o cinturão de Kuiper está realmente cheio de objetos antigos como estes, estudar os mistérios da região poderia lançar luz sobre os primeiros dias do sistema solar. Por seu turno, a New Horizons continuará a mergulhar na fronteira de detritos gelados na borda do sistema solar.

PARTILHAR

RESPONDER

Ljubomir Stanisic rescindiu contrato “de forma unilateral” com a TVI

A caminho da SIC, o apresentador rescindiu o contrato com a estação de Queluz, avança a TVI. Ljubomir Stanisic tinha contrato até dezembro de 2020. “O Chef Ljubomir Stanisic rescindiu hoje [esta sexta-feira], unilateralmente, o contrato …

Netflix tem uma nova funcionalidade. Os cegos e os surdos agradecem

A nova funcionalidade da Netflix permite alterar a velocidade de reprodução dos seus filmes e séries. Esta é uma novidade bem recebida por espetadores cegos e surdos. A Netflix tem uma nova funcionalidade que permite que …

Cientistas transformam tijolos em dispositivos de armazenamento de eletricidade

Uma equipa de investigadores descobriu como converter o pigmento vermelho dos tijolos num plástico condutor de eletricidade. Esse processo permitiu transformar os tijolos em dispositivos de armazenamento de eletricidade. Esses supercapacitores de tijolo podem ser …

Primeiro Museu do Godzilla abre no Japão (e os visitantes podem entrar na boca do monstro)

O primeiro Museu do Godzilla do mundo está agora aberto no Japão e tem uma estátua enorme do icónico monstro, em cuja boca se pode entrar de slide. De acordo com a Newsweek, atualmente, os visitantes …

Hubble faz a primeira observação de um eclipse lunar total

Tirando vantagem de um eclipse lunar total, astrónomos usaram o Telescópio Espacial Hubble da NASA/ESA para detetar ozono na atmosfera da Terra. Este método serve como um substituto de como vão observar planetas semelhantes à Terra …

Biden tem 71% de probabilidade de vencer as eleições contra Trump

Joe Biden, candidato democrata à Casa Branca, tem 71% de probabilidade de vencer as eleições presidenciais norte-americanas frente a Donald Trump, o atual Presidente dos Estados Unidos, aponta uma nova sondagem. A pesquisa de opinião, levada …

Barcelona 2-8 Bayern | Atropelamento histórico na Champions

Noite histórica no Estádio da Luz. Em jogo dos quartos-de-final da Liga dos Campeões, o Bayern goleou o Barcelona por impensáveis 8-2 – com 4-1 em cada uma das metades. Um resultado que se tornou …

Depois das sementes, norte-americanos recebem máscaras, óculos de sol e até meias sujas da China

Vários residentes da Flórida, nos Estados Unidos, receberam pacotes misteriosos da China pelo correio que não tinham encomendado. Desta vez não eram sementes, mas sim máscaras cirúrgicas, óculos de sol e até meias sujas. Em declarações …

Imposto sobre refrigerantes reduziu o seu consumo

O imposto especial sobre as bebidas com maior teor de açúcar levou mais de 40% dos inquiridos num estudo da Universidade Católica esta sexta-feira divulgado a reduzir o seu consumo, comportamento que adotariam também com …

Uma só teoria da conspiração sobre a covid-19 matou 800 pessoas. 60 ficaram totalmente cegas

Pelo menos 800 pessoas morreram e 60 ficaram cegas na sequência de uma teoria da conspiração sobre a covid-19, concluiu um novo estudo. A investigação, cujos resultados foram esta semana publicados na revista científica American Journal …