A China é agora o maior parceiro comercial da Europa (mas os EUA ainda se mantêm à tona)

Atualmente, a Europa comercializa mais mercadorias com a China do que com os Estados Unidos, uma situação que mostra a forma como a pandemia está a transformar a economia global.

Dados divulgados esta semana pelo serviço de estatísticas da União Europeia atribuíram a mudança a um aumento de 5,6% nas importações da China em 2020 e a um aumento de 2,2% nas exportações.

Ao mesmo tempo, houve uma “queda significativa” no comércio com os Estados Unidos, com as importações a descer 13,2% e as exportações a cair 8,2%.

Em 2020, o valor de bens comercializados entre a Europa e a China foi de 586 mil milhões de euros, cerca de 31 mil milhões a mais do que os que foram trocados entre a União Europeia e os EUA.

A economia da China cresceu 2,3% no ano passado, paralelamente a uma tentativa de recuperação pós-pandemia. Por outro lado, os Estados Unidos viram a sua produção encolher 3,5%. Este decréscimo permitiu que a China, a segunda maior potência económica do mundo, aumentasse ainda mais a sua influência.

Daniel Gros, investigador do Centro de Estudos de Política Europeia, refere à CNN que a mudança não é uma surpresa, tendo em conta a situação da China na indústria global.

No entanto, o especialista sublinha que os laços económicos que ligam a Europa aos EUA continuam muito fortes: a UE continua a exportar mais para a América do que para a China. Além disso, Gros alerta que os dados não têm em consideração o comércio transatlântico de serviços, que vale cerca de 494 mil milhões de euros por ano.

“O relacionamento transatlântico geral continua muito mais forte do que aquele entre a Europa e a China”, explica Gros, acrescentando que “é muito mais profundo porque tem  mais investimento internacional”.

Ainda assim, Bruxelas aprofunda cada vez mais o seu relacionamento económico com a China, apesar de ver o país como um “rival sistémico”. A Europa partilha das preocupações dos Estados Unidos sobre as práticas de comércio e tecnologia de Pequim, mas, no final do ano passado, finalizou um acordo de investimento com a China com o objetivo de aumentar o acesso ao mercado.

A Comissão Europeia realça que estabeleceu “obrigações claras para as empresas estatais chinesas”, que costumam ser fortemente subsidiadas, e estabeleceu regras contra transferências forçadas de tecnologia.

Apesar das garantias vindas da UE, o acordo gerou um certo desconforto com os Estados Unidos. Jake Sullivan, atual conselheiro de segurança nacional do presidente Joe Biden, pediu aos líderes da UE que tratassem das preocupações comuns sobre Pequim com o novo governo.

Ana Isabel Moura, ZAP //

PARTILHAR

2 COMENTÁRIOS

  1. Frutos da administração Trump…. Famosa guerra económica com a China e Europa…. Resultado Falência generalizada do sector agriculta que por sua vez gostaram tanto que a maioria voltou a voltar nele com a promessas de voltar a fazer a América grande outra vez. Mas tudo que fez foi a tornar amiga da Coreia do Norte e submissa ao Putin.

RESPONDER

Há três anos, uma tempestade de poeira em Marte desencadeou a primavera no polo sul

Em 2018, Marte foi palco de uma fortíssima tempestade de areia que destruiu um vórtice de ar frio em torno do polo sul do planeta, desencadeando uma primavera precoce. Já no hemisfério norte, a tempestade …

Vídeo mostra salmões feridos devido ao sobreaquecimento das águas

O vídeo foi gravado por um grupo de conservação ambiental depois de uma onda de calor no Noroeste Pacífico que fez as temperaturas da água atingirem os 21 graus Celsius. De acordo com o jornal The …

Uma prenda de aniversário. Israelita doou um dos seus rins a um menino palestiniano

Uma israelita quis doar um rim a um estranho. Estranho esse que acabou por ser uma criança, de apenas três anos, que vive na Faixa de Gaza, na Palestina. De acordo com a agência Associated Press, …

Novo método permite eliminar a bioincrustação marinha eficazmente

Um projeto inovador demonstrou como os revestimentos de superfície eletricamente carregados podem eliminar a bioincrustação marinha ou o crescimento de organismos marinhos, melhorando a operação e manutenção de embarcações navais. A bioincrustação marinha é um fenómeno …

Aglomerado de safiras estrela encontrado no Sri Lanka pode ser o maior do mundo

Um aglomerado de safiras estrela do mundo foi encontrado num quintal no Sri Lanka. A pedra é azul, pesa 510 quilos e estima-se que valha cerca de 84 milhões de euros. A pedra foi encontrada …

Médico sírio acusado na Alemanha de crimes contra a humanidade

Um médico sírio foi acusado na Alemanha de crimes contra a humanidade por supostamente torturar e matar pessoas em hospitais militares no seu país de origem, informaram os promotores na quarta-feira. O Ministério Público Federal de …

Justiça climática. Vamos todos sofrer com as alterações climáticas, mas não de forma igual

A recente onda de calor na América do Norte é mais um exemplo de que apesar de ser um problema global, as alterações climáticas não vão afectar todos igualmente e podem exacerbar injustiças sociais e …

Os exemplos que Portugal deve seguir (e evitar) nas últimas etapas da pandemia

No plano apresentado pela equipa de Raquel Duarte comparam-se as estratégias opostas adotadas por Israel e Reino Unido, com a segunda a merecer nota negativa por parte dos investigadores. Os dados foram lançados na reunião que …

Jogos da Taça da Liga de sábado adiados para domingo para poderem ter público

O presidente da Liga Portuguesa de Futebol Profissional (LPFP) anunciou, esta quinta-feira, que os jogos da Taça da Liga agendados para sábado vão ser adiados para domingo, para que possam ter público nas bancadas. "A Liga, …

Dinamarca enfrenta acção legal por querer repatriar refugiados sírios

O governo dinamarquês quer repatriar sírios naturais de Damasco depois de um relatório mostrar que há zonas da Síria onde a segurança melhorou. A decisão está a ser criticada por activistas e o caso pode …