China detém mais de 80 pessoas em investigação sobre vacinas falsas

A China informou que está a investigar uma rede de crime que fabrica “vacinas falsas” para a covid-19, em ação desde setembro, segundo a media estatal.

Os departamentos de polícia de Jiangsu, Pequim e Shandong detiveram mais de 80 pessoas envolvidas na produção de mais de 3.000 doses falsas da vacina para a covid-19, informou a agência de notícias Xinhua, citada pela CNN.

De acordo com a agência, o Ministério de Segurança Pública chinês está a investigar crimes relacionados ao fabrico e venda de vacinas falsas, “à prática ilegal de medicina e fraude”.

As autoridades descobriram que, desde setembro de 2020, os envolvidos “têm obtido enormes lucros” ao utilizar solução salina “para fabricar vacinas falsas contra o coronavírus e vendê-las a um preço mais alto”, referiu a Xinhua.

A China tem imunizado a população com vacinas de duas empresas, Sinovac e Sinopharm, ambas utilizadas noutros países, incluindo a Turquia. Inicialmente, as empresas avançaram que estas tinham uma eficácia de mais de 78%, mas os testes em estágio final da candidata da Sinovac no Brasil relataram uma taxa de eficácia de 50,38%.

A Sinovac manteve a sua vacina, mesmo com alguns países a colocá-la sob revisão. A Sinopharm, empresa estatal cuja vacina foi a primeira a ser aprovada na China, disse que seu produto teve uma eficácia de 79,34% nos testes.

Taísa Pagno //

PARTILHAR

RESPONDER

Presidente da República argentino cancela viagens para impedir que vice assuma Governo

Cristina Kirchner é parceira maioritária na coligação de Governo e exige, entre outras mudanças, a substituição de ários ministros, secretários e presidentes de organismos públicos. Recentemente, tem mostrado em público o seu descontentamento face à …

"Bazuca" europeia não resolve problema da falta de habitação

De acordo com vários especialistas, as 26 mil casas identificadas como prio­ritárias pelo Plano de Recuperação e Resiliência (PRR) não chegam para as necessidades do país, que podem chegar às 46 mil. A questão da aplicação …

Peça que terá sido usada no batismo de D.Maria II está à venda. Estado não a compra por ser demasiado cara

Há uma semana que está à venda uma peça que pertenceu à coroa portuguesa. Terá pertencido à família real depois do Terramoto de 1755 e, de acordo com o antiquário que agora a comercializa, terá …

"Dupla pancada". Vítimas de violência doméstica são deixadas ao abandono sem indemnização

Mais de 80% das vítimas de violência doméstica, a maioria mulheres, não recebem indemnizações, nem dos agressores nem do Estado. Se as vítimas não tiverem sofrido uma incapacidade para o trabalho por um período igual ou …

Ministério Público declara ilegal eleição de André Ventura

Ministério Público invalidou a mudança nos estatutos do Chega, incluindo a eleição direta de André Ventura. O líder do partido admite um novo congresso. No início do mês, o Ministério Público (MP) pediu ao Tribunal Constitucional …

Ministra dos Negócios Estrangeiros dos Países Baixos demite-se por causa do Afeganistão

Sigrid Kaag demitiu-se do seu cargo de ministra dos Negócios Estrangeiros dos Países Baixos, depois de o Parlamento considerar que o Governo fez uma má gestão da retirada de cidadãos do Afeganistão. A ministra dos Negócios …

Rio "atirou" Costa aos macacos e pediu aos eleitores que "penalizem" o descaramento do PS

Rui Rio afirma nunca ter visto um "desplante" semelhante ao do PS no que respeita a promessas eleitorais como o que está a acontecer na atual campanha para as autárquicas. Mais um dia, mais uma capelinha. …

Boris quer destronar Thatcher com mais uma década no poder

Há quem acredite que o atual primeiro-ministro britânico, Boris Johnson, quer bater o recorde de Margaret Thatcher, que exerceu o cargo de 1979 a 1990. Um membro do Governo britânico terá dito ao The Times que …

Itália passa a exigir certificado verde a todos os trabalhadores

Medida é das mais restritivas atualmente em vigor no mundo inteiro, já que todos os regimes de obrigatoriedade que vigoram atualmente aplicam-se sobretudo a profissionais do setor da saúde. A partir de 15 de outubro, itália …

Com receio de que violência negacionista possa escalar, PSP reforça segurança pessoal de políticos

As forças de segurança temem que a violência negacionista aumente e o movimento atraia pessoas desequilibradas. No passado sábado, vários negacionistas, reunidos em mais uma manifestação, desta vez com o mote “Pelas nossas crianças – Rumo …