Chelsea Manning saiu em liberdade ao fim de 7 anos de prisão

Facundo Arrizabalaga / EPA

Manifestação de apoio a Chelsea Manning, ex-militar responsável por passar documentos ao Wikileaks

Manifestação de apoio a Chelsea Manning, ex-militar responsável por passar documentos ao Wikileaks

A ex-analista do exército norte-americano Chelsea Manning foi, esta quarta-feira, libertada da prisão militar do Kansas, nos EUA, onde cumpriu sete anos de detenção por divulgar informação secreta apontando para crimes de guerra cometidos por militares norte-americanos. 

Chelsea Manning foi responsável pela divulgação de 700 mil documentos secretos dos EUA através da WikiLeaks, que deram origem ao “Cablegate”. Foi condenada a 35 anos de prisão mas, nos últimos dias do mandato, o ex-presidente dos EUA, Barack Obama, acedeu à comutação da pena da antiga militar para sete anos.

Através do Twitter, ex-analista do exército norte-americano confirmou a libertação. “A liberdade era apenas um sonho, difícil de imaginar. E agora está aqui! Vocês mantêm-me viva”, afirmou.

Um dia depois de ser condenada, Manning confessou numa carta que era transexual e que tinha mudado o seu nome para Chelsea. Desde então, já tentou suicidar-se duas vezes na cadeia.

Os seus advogados consideraram, no ano passado, que os maus tratos que sofreu desde a detenção em 2010, e a pena de prisão de 35 anos, estavam “a desmoralizar e a perturbar a sua saúde e humanidade”.

Amnistia saúda libertação de Chelsea Manning e quer eventuais crimes de guerra investigados

A Amnistia Internacional já saudou a libertação de Chelsea Manning da prisão militar de Fort Leavenworth, onde foi encarcerada após divulgar informação secreta apontando para crimes de guerra cometidos por militares norte-americanos.

“Hoje é o dia por que milhares de ativistas da Amnistia Internacional de todo o país e todo o mundo lutaram durante a cruel provação de Chelsea Manning”, disse a diretora executiva da Amnistia Internacional EUA, Margaret Huang.

O tratamento dado a Chelsea é especialmente revoltante pelo facto de ninguém ter sido responsabilizado pelos alegados crimes que ela denunciou”, prosseguiu a responsável.

Por essa razão, acrescentou, apesar de a AI celebrar a liberdade da cidadã norte-americana, continuará “a apelar para uma investigação independente sobre as potenciais violações de direitos humanos que ela expôs, e para que sejam criadas medidas de proteção para garantir que denunciantes como Chelsea nunca mais sejam sujeitos a tão horrível tratamento”.

Wikimedia

Chelsea Manning, ex-militar responsável por passar documentos ao Wikileaks

Chelsea Manning, a ex-militar responsável por passar documentos secretos ao Wikileaks

“A sua sentença foi muito mais longa do que as de militares condenados por assassínio, violação e crimes de guerra”, frisou a AI, que faz campanha pela libertação de Chelsea Manning desde 2013.

Além disso, notou a organização de defesa dos direitos humanos, a autora da fuga de informação do exército norte-americano foi, durante 11 meses antes de ser julgada, mantida sob custódia em condições que o Relator Especial da ONU sobre a Tortura classificou como “tratamento cruel, desumano e humilhante”.

Manning foi colocada na solitária como punição por uma tentativa de suicídio e foi-lhe negado tratamento adequado relacionado com a sua identidade de género durante o encarceramento.

“O tratamento vingativo dado a Chelsea Manning pelas autoridades dos EUA depois de ela ter denunciado potenciais crimes militares é um triste reflexo dos extremos em que quem está no poder muitas vezes cai para impedir os outros de falarem”, disse Margaret Huang.

“A libertação de Chelsea mostra que o poder do povo pode triunfar sobre a injustiça, uma mensagem inspiradora aos muitos corajosos ativistas que defendem os direitos humanos pelo mundo fora e que estão no centro da nossa nova campanha global, Brave”, acrescentou, referindo-se à iniciativa apresentada na terça-feira cujo objetivo é proteger os defensores de direitos humanos de quem os intimida, agride e mata.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Braga vence FC Porto e conquista Taça da Liga. Sérgio coloca lugar à disposição

O Sporting de Braga venceu hoje o FC Porto por 1-0 e conquistou a Taça da Liga, com Ricardo Horta a marcar o golo decisivo aos 90+5, garantindo um troféu que os bracarenses já tinham …

Rara moeda de ouro com a cara de Eduardo VIII vendida por preço recorde

Uma rara moeda de ouro com o perfil do rei britânico Edward VIII foi vendida a um comprador particular pelo valor recorde de 1,3 milhões de dólares. A informação é avançada pela Royal British Mint, a …

Depois dos incêndios, Austrália está prestes a experimentar uma "bonança" de aranhas mortais

Depois dos incêndios florestais que assolaram o país, os australianos começaram a implorar por chuva. O bónus de aranhas mortais não estava incluído no pedido, mas os especialistas do Australian Reptile Park acreditam que é …

Governo admite retirar cidadãos nacionais de Wuhan

As autoridades portuguesas estão a cooperar com outros países europeus para reforçar o apoio aos cidadãos nacionais que se encontram em Wuhan, onde ocorreram os primeiros casos do novo coronavírus, admitindo a possibilidade de retirá-los …

Os cogumelos podem ser muito mais antigos do que pensávamos

Os cogumelos podem ser mais antigos do que pensávamos, concluíram cientistas que dataram vestígios de micélio (constituinte dos cogumelos) com 800 milhões de anos, divulgou esta quarta-feira a Universidade Livre de Bruxelas, na Bélgica. Estudos anteriores …

Comer iogurte natural pode ajudar a reduzir o risco de cancro da mama

Uma das causas mais apontadas para o cancro da mama é a inflamação causada por bactérias nocivas. Esta tese ainda não foi provada, mas é apoiada pelas evidências até agora disponíveis de que a inflamação …

Primeiro caso suspeito de infeção por coronavírus detetado em Portugal

Foi detetado o primeiro caso suspeito de infeção infeção pelo novo coronavírus , em Portugal, anunciou este sábado a Direção-Geral de Saúde. “Este doente, regressado hoje [este sábado] da China, onde esteve na cidade de Wuhan …

Slava Semeniuta transforma chuva em atmosfera néon

O artista e fotógrafo russo Slava Semeniuta, também conhecido como Visual Scientist, mistura elementos naturais e faz mágica com eles. Slava Semeniuta, também conhecido como Visual Scientist, retoca fotografias de poças de água para criar composições …

Empresa quer vender dispositivos que extraiem água potável do ar

A empresa israelita Watergen está a planear começar a vender uma versão para o consumidor do seu aparelho que extrai água potável do ar ainda este ano. A tecnologia do gerador atmosférico da empresa está em …

"Sem padrinhos, nem donos". Líder da JP levanta congresso centrista

O candidato à liderança do CDS Francisco Rodrigues dos Santos arrancou este sábado no congresso centrista, que está a decorrer em Aveiro, a maior ovação dos delegados, com um discurso inflamado, em defesa de um …