Chegaram 108 ventiladores da China esta quarta-feira

Massimo Percossi / EPA

Do total de 1.151 ventiladores comprados pelo Ministério da Saúde à China, só 264 é que terão chegado a Portugal até esta quarta-feira, avança o Correio da Manhã. O secretário de Estado da Internacionalização garantiu, no entanto, que processo está em curso e que esta manhã chegaram 108 ventiladores a Lisboa.

De acordo com o Correio da Manhã, dos 1.151 ventiladores comprados pelo à China, só 264 é que terão chegado a Portugal até esta quarta-feira, ou seja, cerca de 23% do total adquirido. Os restantes equipamentos estarão ainda retidos no país asiático, sendo que 443 estão na embaixada de Portugal em Pequim e 444 não foram sequer entregues pelos fornecedores chineses à embaixada.

O investimento em ventiladores por parte do Ministério da Saúde foi de cerca de 20,9 milhões de euros, uma vez que cada ventilador custou aos cofres do Estado uma média de 18.200 euros. Assim sendo, os 887 ventiladores retidos representam um encargo de 16,1 milhões.

Fonte do ministério adiantou ao CM que o problema decorre de falhas nos testes aos aparelhos que se revelaram pouco eficazes. “Alguns ventiladores, embora tenham passado nos testes do Serviço de Utilização Comum dos Hospitais e do Instituto de Soldadura e Qualidade, apresentaram várias falhas nos testes realizados pela Comissão de Acompanhamento de Medicina Intensiva, que acabou por recomendar que não sejam utilizados.”

O matutino adianta que o Governo irá fretar voos para trazer os ventiladores que já se encontram na embaixada, mais ainda não existe uma data prevista.

No entanto, em declarações ao Observador, o secretário de Estado da Internacionalização, Eurico Brilhante Dias, contrariou os números avançados pelo Correio da Manhã. De acordo com o governante, ainda esta manhã chegaram ao aeroporto de Lisboa 108 ventiladores, o que faz com que o tal número dos 264 ventiladores que tinham chegado a Portugal já esteja desatualizado.

“Até ao fim da semana chegará uma parte substantiva da encomenda de ventiladores, que foi integralmente satisfeita ao estado português”, revelou ainda, dando conta de que já chegaram a Portugal 942 ventiladores, invasivos e não invasivos, vindos da China, entre alguns adquiridos pelo Ministério da Saúde (“a grande maioria, 60 ou 70%), outros adquiridos por unidades hospitalares e outros doados.

Desses 942 ventiladores, 646 “já estão em território português”.

ZAP //

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

  1. Porque é que não cancelam a encomenda e pedem o resto do dinheiro de volta e investem nos ventiladores feitos em Portugal?.

RESPONDER

Cidade japonesa acaba de proibir a utilização de telemóveis enquanto se caminha

A cidade japonesa de Yamato acaba de aprovar uma proposta de lei que proíbe as pessoas de utilizarem telemóveis enquanto caminham. A cidade, localizada num subúrbio de Tóquio, entende que os telemóveis são um risco …

MIT apagou base de dados popular que ensinou IA a ser racista e sexista

O Instituto de Tecnologia de Massachusetts (MIT), nos Estados Unidos, viu-se obrigado apagar uma base de dados de treinamento de Inteligência Artifical (IA) depois de esta ensinar vários algoritmos a usar insultos racistas e sexistas. …

Escola Básica e fábrica de Paços de Ferreira encerradas, com nove casos positivos

A Escola Básica n.º 2 e a Fábrica de Lacados Abrelac, em Paços de Ferreira, Porto, foram encerradas após diagnosticados nove casos de covid-19 para “prevenção” e para “interromper as cadeias de transmissão”, disseram hoje …

Mais nove mortes e 328 casos confirmados em Portugal

Portugal regista hoje mais nove óbitos por covid-19, em relação a sábado, e mais 328 casos de infeção confirmados, dos quais 254 na região de Lisboa e Vale do Tejo, segundo os dados da Direção-Geral …

Cientistas criam miniatura de ondas de choque de supernovas (e quase desvendam um mistério)

Esta versão em miniatura das ondas de choque das supernovas pode ter ajudado os cientistas a chegar muito perto da resolução de um antigo mistério cósmico. Uma equipa de investigadores do Departamento de Energia do Centro …

Na Indonésia, são os recém-licenciados quem mais vai sofrer com o impacto económico da covid-19

A covid-19 continua a desacelerar a economia na Indonésia e pode causar graves impactos nos recém-licenciados que entram no mercado de trabalho pela primeira vez. Na Indonésia, o crescimento económico diminuiu para 2,97% durante o primeiro …

Mudanças climáticas ameaçam 60% das espécies de peixes do mundo

Uma nova investigação levada a cabo por cientistas do Instituto Alfred Wegener, na Alemanha, sugere que as mudanças climáticas podem destruir mais espécies de peixes do que se pensavam anteriormente. Se as temperaturas globais subirem …

Engenheiros desenvolvem célula de combustível duas vezes mais eficiente do que a de hidrogénio

Uma equipa de engenheiros da Universidade de Washington, nos Estados Unidos, desenvolveu um novo processo para uma célula de combustível que funciona com o dobro da tensão das células a combustível tradicionais de hidrogénio. O novo …

Preços das bebidas concertados durante anos. Seis supermercados sob suspeita de cartel

Seis grupos de distribuição alimentar e dois fornecedores de sumos, vinhos e outras bebidas, foram acusados pela Autoridade da Concorrência de concertarem preços durante vários anos em prejuízo do consumidor. "Após investigação, a Autoridade da Concorrência, …

Sindicato denuncia mobilização forçada de médicos para tratar surto de Reguengos de Monsaraz

O Sindicado dos Médicos da Zona Sul (SMZS) denunciou hoje o que diz ser uma “mobilização forçada de médicos” pela Administração Regional de Saúde (ARS) do Alentejo para o combate ao surto de covid-19 de …