Chave do quarto da prisão onde Napoleão morreu vai a leilão no Reino Unido

Sothebys

Chave do quarto da prisão onde Napoleão morreu

A casa de leilões britânica Sotheby’s colocou em leilão a chave do quarto onde Napoleão morreu, enquanto estava encarcerado pelos britânicos na ilha de Santa Helena.

A chave de metal, com 13 centímetros de comprimento, foi encontrada “num envelope, no baú de uma casa escocesa“, explicou David MacDonald, especialista britânico em móveis da Sotheby’s, em comunicado.

“A família que a teve sempre soube que ela estava lá em algum lugar, mas estava escondida”, acrescentou.

Um soldado chamado Charles Richard Fox, que estava na ilha de Santa Helena após a morte de Bonaparte em 1821, levou a chave para a Escócia para a oferecer à sua mãe, que era uma “grande admiradora” do ex-imperador francês, a tal ponto que lhe havia enviado doces e livros durante o seu cativeiro.

Os seus descendentes finalmente encontraram a chave e decidiram leiloá-la.

“Muitas vezes vemos objetos associados a Napoleão, pinturas importantes ou móveis de uma das suas moradas incríveis”, disse David MacDonald, “mas há algo muito poderoso sobre esta chave, especialmente porque vem do lugar onde ele esteve preso e do quarto onde morreu”.

“Era um objeto tão forte e poderoso naquela época quanto é hoje”, estimou.

O próprio Fox removeu a chave da fechadura durante uma visita após a morte de Napoleão e admitiu o facto numa carta de 6 de setembro de 1822, que será vendida com o objeto.

A Sotheby’s estima que a peça possa valer até 5.000 libras (cerca de 5.500 euros) após quatro dias de leilão, que será encerrado na quinta-feira.

ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Um medicamento comum utilizado para tratar a diarreia pode ajudar a combater células cancerígenas agressivas

Um fármaco comum prescrito para tratar a diarreia pode ajudar a combater um tipo agressivo de cancro cerebral (glioblastoma), sugere uma nova investigação levada a cabo pela Universidade de Frankfurt, na Alemanha. Em causa está …

"Bola de fogo" cruzou o céu sobre o Mediterrâneo a 105 mil quilómetros por hora

Uma "bola de fogo" atravessou o mar Mediterrâneo e o norte de Marrocos na noite de quarta-feira, a 105.000 quilómetros por hora. A bola de fogo foi observada por um projeto científico espanhol a uma velocidade …

Duterte rejeita que a filha o vá suceder na liderança das Filipinas. "Isto não é para mulheres"

O líder das Filipinas, Rodrigo Duterte, descartou, na quarta-feira, a hipótese de a filha o vir a suceder no próximo ano, acrescentando que a presidência não é tarefa para uma mulher por causa das …

"Uma memória a flutuar no oceano." Encontrada, dois anos depois, uma mensagem numa garrafa

Uma mensagem no interior de uma garrafa sobreviveu a uma viagem de dois anos pelo oceano. Recentemente, chegou às mãos de um ativista ecológico, enquanto limpava uma praia da Papua Nova Guiné. Em novembro do ano …

As células imortais de Henrietta Lacks revolucionaram a Ciência

O ano de 1951 foi muito importante no campo da biotecnologia e, surpreendentemente, tudo começou com a chegada de Henrietta Lacks a um hospital norte-americano. Descendente de escravos, Loretta Pleasant nasceu a 1 de agosto de …

Humanidade não será capaz de controlar máquinas superinteligentes, avisam cientistas

Uma equipa de investigadores do Instituto Max Planck para o Desenvolvimento Humano sugere que seria impossível controlar máquinas superinteligentes. A tecnologia de Inteligência Artificial (IA) continua a evoluir de vento em popa, enquanto alguns cientistas e …

Em 1950, a vacinação em massa salvou a Escócia

Em 1950, Glasgow, na Escócia, viu-se a braços com um surto de varíola e o cenário era muito semelhante ao que vivemos hoje: as autoridades sanitárias tentavam rastrear todos os contactos de pessoas portadoras do vírus, …

Japonês aluga-se a si próprio "para não fazer nada". E tem milhares de clientes

Um homem japonês que ganha a vida a alugar-se a si próprio “para não fazer nada” atraiu milhares de clientes. O negócio começou em 2018. Por 10.000 ienes (cerca de 79 euros) - mais despesas com …

Documentos de vacinas roubados por hackers também foram "manipulados"

A Agência Europeia do Medicamento, entidade reguladora da União Europeia (UE), informou este sábado que os documentos da vacina contra a covid-19 roubados e colocados na Internet por hackers foram também "manipulados". A manipulação aconteceu depois …

Há 11 anos que não se consumia tanta eletricidade num só dia. A culpa é do frio

O país está a bater recordes de energia, tanto em termos de pico como de consumo diário. A culpa é da vaga de frio que assolou Portugal neste Inverno. O consumo de eletricidade bateu, na quarta-feira, …