Charlie Hebdo vai lançar edição especial para marcar um ano de atentado

France Diplomatie

A "Marcha Republicana" reuniu mais de 1 milhão de pessoas em Paris contra o atentado ao Charlie Hebdo

O jornal satírico francês anunciou esta quinta-feira que vai lançar uma edição especial para assinalar o primeiro ano depois do atentado à sua redação em janeiro passado, que provocou 12 mortos.

Naquele que é o último dia do ano de 2015, o Charlie Hebdo aproveitou para anunciar que a 6 de janeiro, véspera do primeiro aniversário do atentado, vai lançar uma edição especial para assinalar a data.

Com 32 páginas, esta edição, com quase um milhão de exemplares, vai ter uma seleção de caricaturas dos cartoonistas que morreram no ataque e dos que atualmente integram a redação, assim como mensagens de apoio.

Este gesto pretende assinalar o atentado à redação da publicação em janeiro passado, quando dois homens armados provocaram a morte de 12 pessoas. Este ataque ocorreu depois do jornal satírico ter publicado um número no qual o protagonista era o profeta Maomé.

O Charlie Hebdo afirmou que já recebeu muitas encomendas deste número especial por parte de outros países, nos quais se inclui a Alemanha com um pedido de 50 mil exemplares.

Este anúncio ocorre num momento em que o continente europeu vive em constante receio por causa da ameaça terrorista levada a cabo pelo Estado Islâmico, sobretudo depois dos ataques em Paris.

Bruxelas, por exemplo, já cancelou as festas previstas para celebrar a passagem de ano, devido à possibilidade de um eventual atentado na capital.

ZAP / ABr

PARTILHAR

5 COMENTÁRIOS

  1. Em vez de acabarem logo com essa estúpidez das provocações, não… depois queixem-se. Se não respeitam como é que querem ser respeitados !!! Provoquem e depois esperem pelas consequencias… pelos vistos têm gostado… grandes estúpidos !

  2. Sim senhor, muito bem, estão no caminho certo e se me perguntarem se eu tenho pena?, posso dizer com toda a certeza que nenhuma se voltar a acontecer o que aconteceu, porque agora está bem claro quem é o provocador, só tenho pena que venham a morrer muitos mais do que aqueles que já morreram, eu sabia que os franceses eram estúpidos, só não sabia o quanto, sem mais.

  3. José Mariano, valeu, estou de acordo, à muito palhaço na net e a nível mundial que deveria ler essa página primeiro e depois! doar eurinhos para encher os bolsos de quem foi e é culpado do que aconteceu e do que venha a acontecer novamente, os meus cumprimentos.,

RESPONDER

Dizer que MAI autorizou festejos do Sporting é "delírio"

Esta sexta-feira, no Funchal, o ministro da Administração Interna, Eduardo Cabrita, voltou a distanciar-se do modelo adotado pelo Sporting para os festejos do campeonato. Os festejos do Sporting, do passado dia 11 de maio, não cumpriram …

"Não tem emenda." PSD e Bloco de Esquerda criticam relatório do Novo Banco

O Bloco de Esquerda defende que a versão entregue do relatório da comissão do Novo Banco, redigida por um deputado do PS, tem uma "parcialidade evidente" a favor do Governo. O PSD diz que "não …

Frederico Morais falha Jogos Olímpicos. Testou positivo à covid-19

O português Frederico Morais vai falhar a estreia do surf nos Jogos Olímpicos Tóquio2020, por estar infetado pelo novo coronavírus, informou esta sexta-feira o Comité Olímpico de Portugal (COP). O surfista natural de Cascais, de 29 …

Governo propõe que todas as freguesias possam ter pelo menos um autarca a meio tempo

O Governo aprovou uma proposta para que todas as freguesias do país possam ter um autarca a meio tempo independentemente da sua dimensão, anunciou esta sexta-feira a ministra da Modernização do Estado, que tutela as …

Espanha vai administrar terceira dose da vacina

Espanha anunciou esta sexta-feira que será administrada uma terceira dose da vacina contra a covid-19, embora ainda não haja data prevista. Carolina Darias, ministra da Saúde espanhola, anunciou esta sexta-feira que será administrada uma terceira dose …

Portugal com mais 3.794 casos de covid-19 e 16 mortes

Portugal registou, esta sexta-feira, 3.794 novos casos e 16 mortes na sequência da infeção por covid-19, de acordo com o boletim epidemiológico da Direção-Geral da Saúde (DGS). Segundo o último boletim da Direção-Geral da Saúde, o …

Deputada expulsa do parlamento britânico por chamar “mentiroso” a Boris Johnson

A deputada do Partido Trabalhista, Dawn Butler, foi esta quinta-feira expulsa da Câmara dos Comuns, a câmara baixa do Parlamento britânico, por chamar "mentiroso" ao primeiro-ministro, Boris Johnson. Butler foi expulsa pela presidente adjunta temporária, Judith …

UGT dispara contra o Governo. "Exemplo vem sempre de quem está no topo"

Numa carta aberta ao primeiro-ministro, a UGT criticou a atitude de vários ministros, a destruição de milhares de postos de trabalho durante a pandemia e alertou para a suspeita de existir cartelização entre os grandes …

Greve de fome de 470 pessoas em Bruxelas termina 60 dias depois

Em Bruxelas, mais de 470 pessoas deram por terminada uma greve de fome que durou dois meses. O governo belga disse que não pode ceder a chantagens e saudou a boa decisão. Nos últimos dois meses …

Estados Unidos anunciam novas sanções a Cuba. “É apenas o início”

Sanções dos Estados Unidos a Cuba têm como objetivo castigar “os indivíduos responsáveis pela opressão da população cubana”. Ministro dos Negócios Estrangeiros cubano, numa reação, fala em medidas "sem fundamento e caluniosas" e pede que …