Charlie Hebdo vai lançar edição especial para marcar um ano de atentado

France Diplomatie

A "Marcha Republicana" reuniu mais de 1 milhão de pessoas em Paris contra o atentado ao Charlie Hebdo

O jornal satírico francês anunciou esta quinta-feira que vai lançar uma edição especial para assinalar o primeiro ano depois do atentado à sua redação em janeiro passado, que provocou 12 mortos.

Naquele que é o último dia do ano de 2015, o Charlie Hebdo aproveitou para anunciar que a 6 de janeiro, véspera do primeiro aniversário do atentado, vai lançar uma edição especial para assinalar a data.

Com 32 páginas, esta edição, com quase um milhão de exemplares, vai ter uma seleção de caricaturas dos cartoonistas que morreram no ataque e dos que atualmente integram a redação, assim como mensagens de apoio.

Este gesto pretende assinalar o atentado à redação da publicação em janeiro passado, quando dois homens armados provocaram a morte de 12 pessoas. Este ataque ocorreu depois do jornal satírico ter publicado um número no qual o protagonista era o profeta Maomé.

O Charlie Hebdo afirmou que já recebeu muitas encomendas deste número especial por parte de outros países, nos quais se inclui a Alemanha com um pedido de 50 mil exemplares.

Este anúncio ocorre num momento em que o continente europeu vive em constante receio por causa da ameaça terrorista levada a cabo pelo Estado Islâmico, sobretudo depois dos ataques em Paris.

Bruxelas, por exemplo, já cancelou as festas previstas para celebrar a passagem de ano, devido à possibilidade de um eventual atentado na capital.

ZAP / ABr

PARTILHAR

5 COMENTÁRIOS

  1. Em vez de acabarem logo com essa estúpidez das provocações, não… depois queixem-se. Se não respeitam como é que querem ser respeitados !!! Provoquem e depois esperem pelas consequencias… pelos vistos têm gostado… grandes estúpidos !

  2. Sim senhor, muito bem, estão no caminho certo e se me perguntarem se eu tenho pena?, posso dizer com toda a certeza que nenhuma se voltar a acontecer o que aconteceu, porque agora está bem claro quem é o provocador, só tenho pena que venham a morrer muitos mais do que aqueles que já morreram, eu sabia que os franceses eram estúpidos, só não sabia o quanto, sem mais.

  3. José Mariano, valeu, estou de acordo, à muito palhaço na net e a nível mundial que deveria ler essa página primeiro e depois! doar eurinhos para encher os bolsos de quem foi e é culpado do que aconteceu e do que venha a acontecer novamente, os meus cumprimentos.,

RESPONDER

Estudo estima 471 mortes em Portugal até agosto (e que o pico foi atingido a 3 de abril)

De acordo com as estimativas do estudo, cerca de 151.680 pessoas vão morrer na Europa durante a "primeira vaga" da doença. Um estudo divulgado esta terça-feira nos Estados Unidos estima que a covid-19 venha a provocar …

Mais de metade da população mundial está fechada em casa

Mais de metade da população mundial (52%) está atualmente confinada nas suas casas por ordem das autoridades para combater a propagação da doença covid-19. Segundo um balanço feito pela agência France Fresse (AFP), mais de quatro …

Documentário da Netflix reacende debate sobre os milhares de tigres em cativeiro nos Estados Unidos

A minissérie documental da Netflix "Tiger King: Morte, Caos e Loucura" veio reacender o debate sobre os grandes felinos que estão em cativeiro, frisando que há cerca de 10.000 espécimes nestas condições nos Estados Unidos. …

Luciano venceu a covid-19 aos 100 anos. Teve direito a bolo, a um desenho e a uma alta hospitalar

Luciano Marques da Silva completou 100 anos no hospital de São João, no Porto, onde se encontrava hospitalizado devido à infeção por covid-19. Depois de dez dias de internamento, conseguiu vencer e recebeu alta. No dia …

Geneinno S2, a scooter subaquática que o impulsiona entre as ondas

Há dois anos, foi anunciada a Trident, uma scooter subaquática fabricada pela startup chinesa Geneinno. Agora, a empresa lançou um modelo mais barato e portátil, conhecido como Geneinno S2. O Trident - ou Geneinno S1 - …

WhatsApp restringe opção de reencaminhar mensagens para evitar desinformação

A rede social anunciou que vai passar a restringir o reencaminhamento de mensagens para tentar diminuir a disseminação de informação falsa sobre a pandemia de covid-19. De acordo com a revista Newsweek, a partir desta terça-feira, …

"Mostre-me a sua identificação." Na Tunísia, um robô pergunta às pessoas por que não estão em casa

Nas ruas de Túnis, a capital da Tunísia, um robô não pilotado aborda as pessoas na rua e pergunta-lhes por que não estão em casa, exigindo-lhes um documento de identificação. A Tunísia está em confinamento obrigatório …

Putin não quer repetir os erros dos outros países

Vladimir Putin diz que "o pico da epidemia ainda não foi superado", mas garante que tem "em consideração as experiências positivas e negativas de outros países". O Presidente da Rússia, Vladimir Putin, alertou esta terça-feira para …

É possível fazer uma máscara de tecido em apenas alguns segundos

O cirurgião-geral norte-americano Jerome Adams disse que as máscaras faciais de pano podem ser feitas a partir de utensílios domésticos comuns. No início do mês, Jerome Adams, cirurgião-geral dos Estados Unidos, deixou um aviso ao público …

Há dois mil enfermeiros em casa em vigilância ativa (e 363 infetados)

De acordo com o comunicado da Ordem dos Enfermeiros, que sublinha a necessidade de testar estes profissionais, "já não há nenhum distrito sem enfermeiros infetados". Quase dois mil enfermeiros estão, atualmente, em casa em situação de …