Bruxelas cancelou festas de passagem de ano

saigneurdeguerre / Flickr

Bruxelas em alerta máximo

Bruxelas em alerta máximo

Depois de várias operações policiais nos últimos dias, que resultaram em oito detenções por suspeita de planeamento de ataques na capital belga e uma outra relacionada com os atentados de Paris, o presidente da Câmara de Bruxelas decidiu cancelar os festejos de Ano Novo.

O presidente da Câmara de Bruxelas, Yvan Mayeur, tomou a decisão de cancelar as festividades com base num relatório que recebeu da Autoridade de Análise de Ameaças da Bélgica e num parecer do Centro de Crise de Bruxelas.

Yvan Mayeur esteve também em contacto com o ministro do Interior, Jan Jambon, antes de tomar a decisão final.

A imprensa local relata a dificuldade na tomada desta decisão, uma vez que pelo menos 50 mil pessoas eram esperadas para a comemoração do ano novo, pelo que haverá consequências económicas nomeadamente no setor da restauração.

Terá no entanto tido mais peso para as autoridades municipais a responsabilidade pública de expor turistas ao risco de atentados.

Na passada segunda-feira, as autoridades belgas detiveram dois suspeitos de planearem atentados durante as celebrações de Ano Novo em Bruxelas.

Estas detenções não estão relacionadas com os atentados de novembro em Paris, revelou em comunicado a Procuradoria belga.

Já esta quinta-feira, a polícia belga deteve mais seis pessoas, suspeitas de estarem a planear ataques para as festividades Ano Novo.

“Os seis detidos estão a ser ouvidas como parte da investigação a ataques em Bruxelas, durante a época de Ano Novo”, disse o procurador federal belga, citado pela agência France Presse.

“A nossa investigação revelou sérias ameaças de um ataque em lugares simbólicos em Bruxelas durante as celebrações na véspera de Ano Novo”, acrescentou o procurador.

Nos últimos dias, o continente europeu tem estado em alerta para eventuais ataques no dia da passagem de ano, depois de um alerta lançado pela polícia austríaca.

O aviso, feito pelos serviços secretos de um “país amigo”, contêm nomes de possíveis terroristas e dá conta de que podem acontecer ataques em locais com grandes concentrações de pessoas em várias capitais europeias.

ZAP

PARTILHAR

RESPONDER

Bons hábitos alimentares podem reduzir a probabilidade de contrair covid-19

Um novo estudo indica que as pessoas que comem muitas frutas e vegetais podem ter menos probabilidades de contrair covid-19. Num pesquisa que envolveu 590 mil adultos, os investigadores descobriram que as pessoas que eram adeptas …

Inteligência Artificial está a "alimentar" a violação dos direitos humanos, alerta ONU

Num novo relatório, a Organização das Nações Unidas (ONU) alertou os países que o uso imprudente de Inteligência Artificial (IA) pode estar a pôr em causa o respeito pelos direitos humanos. Michelle Bachelet, Alta Comissária das …

Foi viajar e não voltou. O misterioso desaparecimento de Gabby Petito (e do namorado)

Gabrielle Petito, uma jovem norte-americana de 22 anos, desapareceu misteriosamente. Gabby foi viajar com o namorado, que voltou para casa sozinho e não quis contar o que aconteceu — e agora também está desaparecido. Gabby Petito, …

Aos 101 anos, Ginny é a "Senhora Lagosta" e não planeia reformar-se

Virginia Oliver continua a trabalhar na pesca da lagosta, apesar de já ter 101 anos de idade. 'Ginny' não planeia reformar-se e já se tornou um meme na internet. Virginia 'Ginny' Oliver tem 101 anos e …

Dinamarca. Reclusos condenados a prisão perpétua proibidos de iniciar novos romances

Os reclusos que cumprem prisão perpétua na Dinamarca serão proibidos de iniciar novos relacionamentos amorosos, decisão proposta pelo governo após uma jovem de 17 anos se apaixonar por Peter Madsen, que assassinou a jornalista Kim …

Casal queria que o seu filho se chamasse Vladimir Putin. A Suécia não deixou

Na Suécia, os pais são obrigados a comunicar os nomes dos seus filhos recém-nascidos ao Skatteverket nos primeiros três meses a partir do nascimento. Um casal sueco, que vive na cidade de Laholm, foi proibido pela …

44 jogos seguidos sem ganhar. Mas o presidente não está preocupado

O Atlético Mogi não vence qualquer jogo oficial há mais de quatro anos. Perdeu em 42 desses 44 duelos. 17 de Junho de 2017 foi o último dia em que o Atlético Mogi venceu um jogo …

Autárquicas: António Costa promete que os municípios terão mais mil milhões de euros

O secretário-geral do PS, António Costa, indicou hoje, em Celorico de Basto, no distrito de Braga, que os municípios “vão passar a ter, a partir de abril, mais mil milhões de euros que acompanham a …

Mais de trinta anos após ter sido lançada ao mar no Japão, mensagem em garrafa é encontrada no Hawaii

Durante uma viagem ao Hawaii, uma jovem de apenas 9 anos encontrou uma garrafa que foi lançada ao mar há mais de trinta anos. Esta continha uma mensagem que, posteriormente, acabou por revelar uma experiência …

Mais 939 infeções, sete mortes e nova redução nos internamentos

Portugal registou nas últimas 24 horas mais 939 casos de infeção pelo coronavírus SARS-CoV-2, sete mortes atribuídas à covid-19 e nova redução nos internamentos em enfermaria e cuidados intensivos. De acordo com o boletim epidemiológico da …