Manu? “Deves chamar-me senhor presidente ou senhor”, respondeu Macron a um jovem

Stephane Mahe / EPA

O presidente francês, Emmanuel Macron

“Tudo bem, Manu?”, perguntou um adolescente, durante uma cerimónia oficial de homenagem aos veteranos de guerra, em Paris. Macron não gostou e repreendeu o jovem pela sua linguagem informal.

Esta segunda-feira foi marcada por uma cerimónia em Paris, o 78º aniversário da chamada de resistência do General Charles de Gaulle, em Suresnes, perto de Paris, uma cerimónia oficial de homenagem aos veteranos de guerra.

Um dos adolescentes que assistia à comemoração dirigiu-se ao Emmanuel Macron, tratando-o por “Manu”, o diminutivo do primeiro nome do Presidente francês. Macron não gostou, e deu um “sermão” ao jovem.

“Não, não podes fazer isso. Estás numa cerimónia oficial, comporta-te como tal. Podes armar-te em parvo, mas hoje é a La Marseillaise (hino francês). Chama-me senhor presidente da República ou senhor, certo?”, respondeu.

“No dia em que fizeres uma revolução, obténs primeiro um diploma e aprendes a sustentar-te. Só depois darás lições aos outros”, concluiu o Presidente, saudando os jovens que participavam na cerimónia de homenagem aos ex-combatentes da Segunda Guerra Mundial, adianta o Observador.

Emmanuel Macron não se esqueceu da represália e falou sobre o sucedido no seu Twitter. Na rede social, o Presidente afirmou que “o respeito é o mínimo na República, especialmente no dia 18 de junho, na presença dos companheiros da libertação”.

Depois do sermão, o rapaz pediu desculpa ao Presidente francês. Esta não é a primeira vez que Macron é apanhado pelas câmaras a dar lições àqueles que o desafiam e o desrespeitam.

Durante a campanha presidencial, no ano passado, um trabalhador em greve acusou-o de ser um homem de fato e não passar disso. “A melhor maneira de conseguir pagar um fato é arranjar um emprego“, respondeu Macron.

ZAP // Reuters

PARTILHAR

7 COMENTÁRIOS

  1. O Macron não podía estar mais coberto de razão. O crianço (porque se disser criança, é sexismo) foi parvinho de todo. Há momentos e momentos, para se armar em carapau de corrida.

  2. Não deixando estar coberto de razão pois estava numa cerimónia oficial, mais ainda com a carga simbólica em causa, quanto a mim deveria ter desvalorizado. Não ter sequer respondido teria sido melhor, e a “coisa” passava. É quase como o que aconteceu com o nosso ex-ministro Álvaro Santos Pereira : “chamem-me Álvaro”. Apesar de ser ministro, não deixou de ser Álvaro, não deixou ser ser competente, nem o foi mais ou menos pelo facto de ao nome se ter acrescentado Sr. Ministro. Na reportagem acima não é esclarecido sequer se o crianço em causa seria ou não conhecido do Presidente Macron. É a minha opinião.

  3. “No dia em que fizeres uma revolução, obténs primeiro um diploma e aprendes a sustentar-te. Só depois darás lições aos outros” – Ou seja, para um dia mais tarde poder dar lições aos outros, terá de ser diplomado… Não é possivel, na opinião desse individuo, que um “não diplomado”, possa ter moral e conhecimentos, para dar lições… Entre educação, e instrução há uma grande diferença! Efectivamente por uma questão de diferença de idades, devia tê-lo tratado de forma diferente, no entanto, não demonstrou qualquer indicio de desrespeito…
    Será que esse senhor participou de alguma revolução, ou é um politico “à portuguesa”?

    • Concordo. Se o jovem não esteve bem quando a tratou por Manu, ele n esteve melhor ao dizer” No dia em que fizeres uma revolução, obténs o primeiro diploma …. ” Por favor! É ridículo…não faz sentido.

  4. Esse jovem é o fruto de uma má educação que vem afectando a sociedade em geral onde a liberdade não tem tido limites e que no final acaba por se destruir a si própria!.

    • Talvez, mas convém separar a “educação” da “liberdade” e lá porque “antigamente” não haiva liberdade, não quer dizer que houvesse educação!…

  5. Compreendo todo o protocolo,acho na minha opinião que quem esteve pior foi Macron. Ele já criou filhos?ele já fez uma revolução?e aquele emprego dele é mais digno do que o emprego das outras pessoas? ele tem alguma lição de moral para dar?porque na minha opinião o que é dos outros tem dono não se mexe.

Responder a JDias Cancelar resposta

A supergigante Betelgeuse é mais pequena e está mais perto da Terra do que se pensava

De acordo com um novo estudo feito por uma equipa internacional de investigadores, podem ser necessários mais 100.000 anos até que a estrela gigante vermelha Betelgeuse morra numa explosão de fogo. O estudo, liderado pela Dra. …

Mulheres menos propensas à covid-19 por respeitarem mais o distanciamento social

Uma das razões pelas quais as mulheres podem ser menos vulneráveis ​​a infeção pelo novo coronavírus deve-se ao facto de serem mais propensas a aderir às políticas de distanciamento social, sugeriu uma nova pesquisa. Uma pesquisa …

Braga 3 - 0 AEK | Minhotos de gala conquistam atenienses

O Sporting de Braga iniciou a sua participação no Grupo G da Liga Europa com uma vitória. Na recepção aos gregos do AEK de Atenas, os minhotos mostraram ser muito mais equipa e ganharam por …

Capitalismo vai arruinar o planeta até 2050, alertam cientistas

Um grupo de cientistas alerta que se continuarmos com este capitalismo desenfreado, o nosso planeta vai sofrer consequências a nível climático e ambiental. Até 2050, o planeta Terra pode sofrer seriamente às mãos do capitalismo desenfreado. …

Os novos faróis inteligentes da Audi levam-no ao cinema sem sair do carro

Os novos faróis LED da Audi levam-no ao cinema sem sair do carro, já que são capazes de projetar imagens na estrada ou em paredes. A novidade é lançada na nova linha de SUVs elétricos da …

FC Porto foi "histriónico" e não se portou bem, escreve-se em Manchester

Jornal inglês alega que os elementos do FC Porto foram exagerados, turbulentos e não tiveram um comportamento adequado. Não há uma única palavra sobre o árbitro. Na manhã seguinte à derrota (3-1) do FC Porto em …

De passagem secreta a cemitério de carros. Túnel sob Nápoles "esconde" veículos enferrujados da II Guerra

No centro de Nápoles, em Itália, há veículos e motocicletas abandonados e enferrujados dos anos 1940 alinhados num túnel a mais de 30 metros abaixo dos seus pés. A Piazza del Plebiscito foi nomeada após uma …

Primeira ministra islandesa interrompida por um terramoto quando dava uma entrevista em direto

Um terramoto de magnitude 5.6 interrompeu uma entrevista em direto da primeira ministra islandesa ao The Washington Post. Mas Katrin Jakobsdottir reagiu à situação de forma tranquila: "Isto é a Islândia". Katrin Jakobsdottir estava a dar …

O voo mais longo do mundo está de volta (e agora é ainda mais longo)

O voo da Singapore Airlines que partia de Singapura com destino até Nova Iorque, foi uma das vítimas do covid-19 e ficou suspendo a 23 de março. Agora, é possível viajar nesta rota novamente, e …

Obras de cinco museus de Berlim vandalizadas no início do mês

Sarcófagos egípcios, pinturas do século XIX e esculturas em pedra de três dos principais museus de Berlim foram atacados com uma substância líquida oleosa a 3 de outubro, dia em que se festejaram os 30 …