Certas pessoas têm um sexto sentido para detetar doenças nos outros

Os seres humanos podem ter uma capacidade inerente de detetar pessoas doentes através pistas visuais extremamente subtis. Segundo um novo estudo, esta habilidade poderia atuar como uma defesa comportamental contra doenças, limitando o risco de contaminação.

De acordo com um estudo, publicado esta semana na Proceedings of the Royal Society B, algumas pessoas têm a capacidade de detetar pessoas doentes a partir de dicas visuais extremamente subtis. Esta competência poderia servir de escudo contra doenças, limitando o contacto físico ou o risco de contaminação.

“A capacidade de detetar pessoas doentes pode permitir que as outras pessoas evitem ficar perto do doente, minimizando o risco de adoecer se a pessoa for portadora de doenças contagiosas”, explica John Axelsson, neurologista da Universidade de Estocolmo, na Suécia, e principal autor do estudo.

As pessoas captam sinais quase invisíveis de que o corpo do doente está a lutar para recuperar da patologia. Entre estes sinais podemos destacar a palidez, o inchaço facial, os cantos dos olhos avermelhados, o suor e o canto da boca caído.

De acordo com Axelsson, esta capacidade é inerente ao ser humano, e é sensível o suficiente para detetar pistas simples em fotografias de pessoas doentes, embora o estudo tenha provado que nem sempre isso acontece.

Segundo o Science Alert, estudos anteriores comprovam que demonstrações exageradas dos sintomas do problema de saúde causam uma certa ansiedade a quem observa, mas, até agora, nenhum outro estudo provou que efeitos têm os sinais subtis de um paciente.

O estudo da Universidade de Estocolmo testou a reação, recrutando 16 pessoas saudáveis, com idades compreendidas entre os 19 e os 34 anos, e dividindo-as em dois grupos distintos.

O primeiro grupo recebeu uma injeção da bactéria Escherichia coli, que causa uma rápida resposta inflamatória, provocando sintomas de mal-estar. Já o segundo recebeu placebo.

Antes e duas horas depois do teste, os 16 indivíduos foram fotografados. O objetivo era tirar duas fotografias aos participantes: a primeira, aparentemente saudáveis, e a segunda na qual pareciam doentes.

Um outro grupo, composto por 62 pessoas, analisou as fotografias (no seu total, 32) e classificou as pessoas como doentes ou saudáveis.

Entre as 2.945 classificações das 32 pessoas, 41% das imagens foram identificadas como pessoas com mal-estar (longe dos 50% que deveriam ter sido registados), mas entre as 1.215 classificações de pessoas doentes, apenas 775 estavam corretas . As restantes 440 classificações estavam incorretas.

“Os humanos são apenas semi-precisos“, disse Mark Schaller, psicólogo da Universidade da Colúmbia Britânica, que não participou no mais recente estudo.

Em suma, 13 das 16 pessoas doentes foram identificadas (81%). Mas, apesar de ser um bom resultado, algumas das características faciais podem simplesmente coincidir com as de uma pessoa triste ou cansada, por isso, os autores concluiram que as dicas visuais não são suficientes para afirmar que alguém está doente.

“Esta constatação suporta a ideia de que os humanos têm a habilidade de detetar sinais de doença na fase inicial, depois da exposição ao agente infecioso”, concluem os autores no artigo.

PARTILHAR

2 COMENTÁRIOS

  1. Fora de brincadeiras, até pelo olfacto conjugado com a análise visual se pode descobrir que tem alguma doença, não sabemos é qual..!

RESPONDER

Ummu tem 25 anos e é rosto das negociações com o Boko Haram

Com a Nigéria a enfrentar uma crise de raptos, Ummu Kalthum é uma das mais jovens — e mais bem-sucedidas — mediadoras a negociar acordos para libertar reféns do Boko Haram no país. Na última década, …

Liveblog Autárquicas. Urnas encerradas e abstenção entre 45 e 50%

Realizam-se este domingo Eleições Autárquicas em Portugal, nas quais está em jogo a eleição de 308 presidentes de câmaras municipais, os seus vereadores e assembleias municipais, bem como 3091 assembleias de freguesia. Acompanhe tudo no …

Alemanha: Sociais-democratas reclamam vitória (com "desastre" para os conservadores)

Os sociais-democratas SPD reivindicaram hoje vitória nas eleições parlamentares alemãs, numa altura em que os conservadores da CDU, força política de Angela Merkel, se aproximam de uma votação mínima histórica, de acordo com as primeiras …

Em 2018, cientistas de Wuhan terão planeado infetar morcegos com coronavírus

Em 2018, um grupo de cientistas da cidade chinesa de Wuhan, onde foi registado o primeiro caso de covid-19, estaria a planear infetar, com coronavírus modificados, morcegos que vivem em cavernas. Os cientistas terão pedido 14 …

Este batom foi lançado em 1971, mas está esgotado - e é mais uma prova do impacto económico do TikTok

O Black Honey da Clinique é o mais recente produto de maquilhagem a bombar no TikTok. Muitas marcas estão a notar o poder económico que em ser viral na aplicação e estão a tentar promover …

Portugal regista mais duas mortes e 599 casos de covid-19

Nas últimas 24 horas registaram-se mais duas mortes e 599 novos casos de covid-19 em Portugal, de acordo com o boletim epidemiológico da DGS. Portugal regista hoje duas mortes atribuídas à covid-19, assim como 599 novos …

Em 2021, Sochi voltou a ser Sochi e em Sochi ganha a Mercedes – com recorde histórico para Hamilton

Lando Norris, o jovem piloto da Mclaren, vai sair da Rússia com um misto de sensações. No fim-de-semana em que conquista a primeira pole position da carreira, perde também, de forma dramática, a hipótese de …

As pessoas que comem mais gordura láctea têm menor risco de doença cardíaca

As pessoas que fazem uma dieta com maior teor de gordura láctea têm um menor risco de desenvolver doenças cardiovasculares, revela um novo estudo. Uma equipa internacional de cientistas estudou o consumo de gordura láctea de …

Alaphilippe revalida título de campeão mundial de fundo

O francês Julian Alaphilippe revalidou neste domingo o título de campeão mundial de fundo, ao cortar isolado a meta no final da “prova rainha” dos Mundiais de ciclismo de estrada, que decorreram na região belga …

Do céu ao inferno. Adeptos do Palmeiras chamam "arrogante" a Abel Ferreira

O Palmeiras perdeu e está cada vez mais longe da liderança do Brasileirão. Os adeptos estão insatisfeitos com as exibições e chamaram "arrogante" a Abel Ferreira. O Palmeiras, treinado pelo português Abel Ferreira, perdeu na deslocação …