Divulgada lista das 236 escolas que vão poder escolher como ensinar os alunos

holtsman / Flickr

O projeto-piloto que pretende dar mais flexibilidade curricular arranca no próximo ano letivo e abrange 171 escolas públicas, 61 privadas e quatro escolas portuguesas no estrangeiro.

Segundo o Público, a partir do próximo ano letivo, cerca de 230 escolas portuguesas vão fazer parte de um projeto-piloto de flexibilidade curricular proposta pelo Ministério da Educação.

Deste número, 171 são escolas públicas (cerca de 20% da oferta existente), 61 do ensino privado e quatro estabelecimentos (dos sete) de ensino português no estrangeiro.

A ideia é que este novo modelo só seja aplicado no primeiro ano de cada ciclo de escolaridade, ou seja, no 1.º, 5.º, 7.º e 10.º anos. Às escolas, escreve o jornal, foi deixada a decisão de fixar quantas turmas destes anos irão participar neste projeto.

As escolas que vão inaugurar esta flexibilidade curricular têm apenas uma obrigação: integrar duas novas áreas que são Cidadania e Desenvolvimento e Tecnologias de Informação e Comunicação (TIC).

Uma das possibilidades será a fusão de disciplinas em áreas disciplinares, em que dois ou mais professores “trabalham em equipa”, dando as aulas individualmente ou em conjunto.

As escolas podem ainda optar por transformar disciplinas anuais em semestrais e os alunos do 10.º ano terão a possibilidade de trocar uma certa disciplina do seu curso por outra de um curso diferente.

Ao diário, Jorge Ascenção, presidente da Confederação Nacional das Associações de Pais, mostrou-se “apreensivo” pelo facto de nem o Ministério nem as escolas estarem a informar os encarregados de educação sobre quem será abrangido por estas mudanças.

Os pais têm o direito de saber o que vai acontecer no próximo ano letivo e isso não está a acontecer”, afirmou.

Esta sexta-feira, a Direção-Geral da Educação (DGE) publicou a lista das escolas abrangidas neste projeto.

ZAP //

RESPONDER

Morrem por dia 15 mil crianças com menos de 5 anos

Um novo relatório revela que 15 mil crianças morreram por dia em 2016 antes de completarem o quinto aniversário. Pelo menos 46% delas, ou 7 mil, não sobreviveram aos primeiros 28 dias após o nascimento. Quando …

Presidente da Proteção Civil demite-se

O presidente da Autoridade Nacional da Proteção Civil, Joaquim Leitão, demitiu-se esta quarta-feira, informou hoje à Lusa fonte do Governo. A mesma fonte adiantou que Joaquim Leitão entregou na quarta-feira uma carta de demissão dirigida …

A vidente que afinal não é filha de Dalí vai ter que pagar os custos da exumação

Pilar Abel, a espanhola que a 20 de julho obrigou a que o corpo do pintor surrealista Salvador Dalí fosse exumado, após alegações de que seria sua filha, foi condenada a pagar os custos judiciais …

Milhares de comunistas indonésios foram massacrados em 1966 com apoio dos EUA

Documentos desclassificados revelam novos detalhes sobre o massacre indonésio contra comunistas. De acordo com os documentos, Washington estava a par e apoiava a tomada do poder pelos militares e a perseguição dos opositores comunistas. Segundo a …

Pedro Siza Vieira admite que entra num "Governo fragilizado"

O novo Ministro Adjunto e amigo próximo do primeiro-ministro admite que o "Estado falhou" e que o Governo "está fragilizado" mas assegura estar motivado para o novo desafio. Em declarações ao jornal ECO, Pedro Siza Vieira, sócio …

May promete facilitar permanência de cidadãos europeus no Reino Unido

A primeira-ministra britânica prometeu, esta quinta-feira, "facilitar" a estadia dos cidadãos europeus no Reino Unido depois do Brexit, ao mesmo tempo que garantiu que o consenso com a União Europeia nesta matéria está "muito perto". Theresa …

Bruxelas deve considerar despesas dos incêndios como “excecionais”

O comissário europeu dos Assuntos Económicos, Pierre Moscovici, defendeu esta quinta-feira que as despesas públicas resultantes dos devastadores incêndios em Portugal sejam consideradas como "circunstâncias excecionais", sem consequências na avaliação orçamental a fazer por Bruxelas. "Parece-me …

Creme anticelulite tem ingrediente proibido

A Associação Portuguesa para a Defesa do Consumidor (DECO) pediu ao Infarmed a retirada do mercado do creme 'Depuralina Celulite', por conter um ingrediente proibido em cosméticos, na União Europeia, desde 2015. De acordo com um …

Benfica recebe o V. Setúbal, FC Porto o Portimonense e Sporting o Famalicão

O sorteio realizado, esta quinta-feira, na Cidade do Futebol, em Oeiras, ditou que os três grandes vão jogar em casa. Benfica e FC Porto jogam com outras duas equipas da I Liga, enquanto que o …

Líder neonazi britânico declara-se homossexual, revela ser judeu e abandona movimento

Um proeminente líder neonazi da Frente Nacional (NF) britânica deixou o movimento depois de se declarar homossexual e revelar a sua herança judaica. O líder fez as revelações sobre o seu passado violento enquanto renunciava …