Centeno diz que probabilidade de prolongar moratórias “é reduzida”

Stephanie Lecocq / EPA

O governador do Banco de Portugal (BdP) afirmou, esta quarta-feira, que a probabilidade de se estender as moratórias bancárias é “reduzida”, embora não queira já fechar a porta a essa possibilidade.

A Assembleia da República aprovou, na generalidade, com o voto contra do PS, um projeto de lei do PCP para prolongar as moratórias bancárias por mais seis meses. No mesmo dia, numa entrevista à TVI24, Mário Centeno explicou que a probabilidade dessa extensão ocorrer “é reduzida”.

“As consequências de uma moratória que não está enquadrada nas orientações da Autoridade Bancária Europeia tem alguns aspetos gravosos quer para os bancos quer para os próprios clientes. A probabilidade de haver uma extensão é reduzida, mas essa porta não está fechada”, afirmou o governador do Banco de Portugal.

O ex-ministro das Finanças lembrou ainda que Portugal tem as moratórias mais longas de duração (18 meses), tendo considerado que “são as mais amplas no seu âmbito e que não foram restritas a nenhuma empresa por dimensão, nem setor, quando em outros países da Europa isso aconteceu”.

Portugal foi dos “primeiros países da Europa a implementar moratórias para o crédito” e “está a ser dos últimos a sair”, destacou ainda.

Tal como recorda o canal televisivo, a adesão às moratórias públicas por parte de particulares (para crédito à habitação e ao consumo destinado a educação) e empresas terminou esta quarta-feira, sendo que quem o faça agora poderá beneficiar desta medida de diferimento do pagamento do crédito (capital e/ou juros) por um máximo de nove meses.

Já os particulares que aderiram às moratórias privadas para o crédito à habitação também retomam a partir desta quinta-feira o pagamento do empréstimo sendo que, segundo os dados do BdP, estão nesta situação cerca de 86 mil famílias. No caso do crédito ao consumo, a moratória privada aplica-se até 12 meses após a contratação, com o limite de 30 de junho.

Na mesma entrevista, Centeno também abordou a questão do Novo Banco que, na semana passada, pediu ao Fundo de Resolução mais quase 600 milhões de euros. O governador do BdP referiu que havia projeções que apontavam que o banco iria precisar de uma injeção de capital inferior a esse montante e que isso ainda pode acontecer.

“Havia projeções e havia contas que demonstravam a possibilidade do valor ser mais baixo e isso ainda não está demonstrado que não seja assim. Como é normal neste contrato, que esteve associado à venda do Novo Banco, há um conjunto de verificações que decorrem neste período de 30 dias, um pouco mais, até à injeção de capital do Fundo de Resolução no Novo Banco que permitirão, ou não, validar essa número”, disse.

“Eu tenho neste dossier, como em todos os outros, uma enorme preocupação e que é a de que, perante um compromisso, todas as partes o possam honrar. Todas as partes não é só o Governo, que aqui tem uma parte reduzida”, adiantou.

Também questionado sobre a decisão do Governo de enviar os diplomas dos apoios sociais para o Tribunal Constitucional, o ex-ministro de António Costa considerou que, se existem dúvidas sobre a Constituição, estas devem ser desfeitas.

“O Estado de Direito de qualquer país começa na Constituição e quando nós não respeitamos a nossa Constituição, não nos respeitamos a nós próprios. Se há dúvidas sobre o respeito da Constituição eu acho que é legítimo que essas dúvidas sejam eliminadas”, declarou.

ZAP ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Cavaco Silva considera que seria "chocante" PSD aprovar reforma das Forças Armadas

O ex-Presidente da República defende que é "um erro grave" a reforma das Forças Armadas que o ministro da Defesa pretende fazer, afirmando que seria para si "chocante" ver o PSD aprová-la. "Considero um erro grave …

Risco de ser hospitalizado ou morrer de covid diminui 90% após vacinação

O risco de um adulto ser hospitalizado ou morrer por covid-19 diminui 90% a 95% passados 35 dias sobre o início da vacinação, conclui um estudo divulgado este sábado pelo Instituto Nacional de Saúde de …

No Japão, combater a pandemia implica pedir ajuda a um grande gato cor-de-rosa

Um super-herói mascarado patrulha dois dos distritos mais movimentados de Tóquio para ajudar os cidadãos japoneses a derrotar o coronavírus. O seu nome é Koronon e é um gato cor-de-rosa. O cruzado é um mascote com …

Portugal regista mais uma morte e 334 novos casos. Internamentos voltam a subir

Nas últimas 24 horas, foram confirmados 334 novos casos e registou-se mais um óbito. O boletim deste domingo dá ainda conta de mais 229 recuperados. Segundo o boletim epidemiológico deste domingo, dia 16 de maio, atualmente …

Romualda Fernandes - PS

"Senti alguma dor". Romualda Fernandes fala sobre a atitude racista da qual foi vítima

Romualda Fernandes pronuncia-se pela primeira vez sobre a notícia da Lusa para dizer que aquilo que a define não é a cor da pele, mas os seus valores. Em causa está uma notícia da Agência Lusa, …

Elefantes encontrados mortos numa reserva florestal. Envenenamento pode ser a causa

As autoridades estão a tentar perceber de que forma é que os 18 elefantes selvagens asiáticos morreram no nordeste da Índia. Os elefantes, que incluíam cinco filhotes, foram encontrados mortos na reserva florestal protegida de Kondali, …

"Máxima segurança". Porto de Lisboa com protocolo de segurança para receber cruzeiros

A administração do Porto de Lisboa assinalou este domingo o regresso do movimento de passageiros de cruzeiros a partir desta segunda-feira, com o levantamento das restrições ao desembarque de passageiros em viagens não essenciais, sublinhando …

”Terrível engano”. Programa do Governo para incentivar regresso dos emigrantes exclui as ilhas

O Programa Regressar, criado em 2019 pelo Governo da República para incentivar o regresso dos emigrantes ao país, descrimina os Açores e a Madeira. O Governo prolongou os apoios (que podem chegar aos 7679 euros por …

Relatório alerta que parte da produção de painéis solares depende da exploração de uigures

A região de Xinjiang, na China, evoluiu nas últimas duas décadas e tornou-se num importante centro de produção para muitas das empresas que fornecem ao mundo as peças necessárias para a construção de painéis solares. No …

Morreu a atriz brasileira Eva Wilma. Tinha 87 anos

A atriz de brasileira Eva Wilma morreu este sábado aos 87 anos no hospital Albert Einstein, em São Paulo, onde estava internada desde abril devido a um cancro de ovário. A artista tinha sido internada a …