“Centeno é no Eurogrupo o que a geringonça não o deixou ser em Portugal”

GUE/NGL / Flickr

A eurodeputada Marisa Matias, do Bloco de Esquerda (BE)

Marisa Matias afirmou, em entrevista ao Jornal de Negócios, que se não fosse a geringonça, Mário Centeno seria como ministro das Finanças aquilo que representa enquanto líder do Eurogrupo.

Em entrevista ao Jornal de Negócios esta terça-feira, Marisa Matias afirmou que os últimos quatro anos de geringonça serviram, nem que seja, para controlar Mário Centeno e evitar que o presidente do Eurogrupo se substituísse ao ministro das Finanças português.

“Centeno à frente do Eurogrupo tem tido espaço para dar asas ao que teria sido o seu verdadeiro programa económico em Portugal se não houvesse a geringonça. Provavelmente, está mais confortável como presidente do Eurogrupo do que como ministro das Finanças, onde está condicionado pelo programa resultante do acordo parlamentar”, atirou a cabeça de lista do Bloco de Esquerda às europeias.

Durante a entrevista, Marisa Matias chegou mesmo a destacar a “contradição profunda, e provavelmente insanável”, entre Mário Centeno ministro das Finanças de Portugal, “que tem de responder a um acordo parlamentar”, e o Centeno presidente do Eurogrupo.

Além disso, e apesar dos último quatro anos de proximidade com o Governo do PS, Matias sublinhou que o Bloco de Esquerda continua a defender uma “solução multilateral” da dívida, isto é, a reestruturação da dívida continua uma carta do baralho.

“Muito mais de metade dos países da zona euro tem dívidas acima dos 60% inscritos no tratado orçamental e isso mostra que há um problema de fundo e que alguma coisa não está a funcionar”, começou por dizer a bloquista.

“A dívida não é só resultado do que nos tentaram convencer – padrões de consumo individuais ou com investimento público –, é sobretudo resultado de fatores de dependência externa de Portugal. Temos trabalhado com propostas para limitar esses fatores, em particular no setor energético. O Bloco defende um acordo para uma renegociação multilateral das dívidas públicas“, afirmou.

Para a cabeça de lista do Bloco às eleições europeias, é “inevitável” que a União Europeia avance neste sentido.

É insustentável manter estes níveis de divergência macroeconómica. Nos últimos 20 anos, e com as fragilidades da arquitetura do euro, essa fragilidade agravou-se. Se não começarmos a dirigir-nos aos problemas essenciais, eles caem-nos em cima. O que parece impossível num dado momento torna-se inevitável no momento a seguir”, concluiu.

ZAP //

PARTILHAR

2 COMENTÁRIOS

  1. Esta agora quer pretender fazer acreditar que por cá o Centeno fez bom trabalho graças à camarilha de extremistas que apoiam o governo e que por lá anda à rédea solta pelo meio um grupo de outra ideologia, é pena não ver os podres que se vão criando por cá logo a começar na saúde passando por outros sectores da sociedade, o que andará ela por lá a fazer?

RESPONDER

Rainha Isabel II está a procura de um gestor de redes sociais

A família real britânica está à procura de um gestor de redes sociais. O salário vai oscilar entre os 53 e 59 mil euros anuais por 37 horas semanais, de segunda a sexta-feira. A rainha Isabel II …

Cinco antepassados de crocodilos viveram há 150 milhões de anos na Lourinhã

Pelo menos cinco crocodilomorfos, antepassados dos crocodilos, viveram na região da Lourinhã há 150 milhões de anos, durante o período do Jurássico. Num artigo publicado na Zoological Journal of the Linnean Society, os paleontólogos Alexandre Guillaume, …

A radiação de Chernobyl está a deixar as vespas esfomeadas (e isso é má notícia)

A Zona de Exclusão de Chernobyl é a área em torno da cidade ucraniana de Pripyat, onde a Central Nuclear de Chernobyl entrou em colapso em 1986. Apesar de não haver humanos na região, e …

Beethoven deixou a 10.ª sinfonia inacabada (e a IA vai completá-la)

Um dos maiores dilemas da história da música é a obra inacabada de Ludwig van Beethoven (1770-1827), a "10ª sinfonia", com muitos músicos a esforçar-se para finalizá-la, utilizando alguns dos fragmentos disponíveis, mas sem sucesso. Desta …

Orcas bebé têm maior probabilidade de sobreviver se viverem com a avó

Crias de orca que vivam com a avó têm uma maior probabilidade de sobreviver quando comparadas às outras orcas. A experiência destas espécimes mais velhas é essencial para o grupo. Tal como nos humanos, as avós …

A "capital mundial das pessoas feias" mora na Itália

Piobbico, na Itália, é uma cidade medieval repleta de grandes edifícios de pedra cercados por florestas exuberantes. No entanto, a cidade é conhecida pela feiura dos seus habitantes. Esta cidade, com cerca de 2.000 habitantes, alberga …

Jovem norte-americano despistou-se e caiu ao rio. Siri chamou os bombeiros

Um jovem norte-americano estava a caminho da universidade quando perdeu o controlo do carro, que derrapou sobre gelo, e foi parar ao rio Winnebago. Como não conseguiu encontrar o seu telemóvel, recorreu à Siri para …

Basta uma máscara impressa para enganar os sistemas de reconhecimento facial

Especialistas da empresa de inteligência artificial Kneron testaram sistemas em três continentes e vários falharam. O reconhecimento facial é, cada vez mais, um método de controlo e de segurança encarado como credível e, inclusivamente, usado …

Pandit olha para as vacas como família e quer produzir "leite ético" para vegans

Um agricultor nos Estados Unidos quer produzir "leite ético" para vegans, mantendo como prioridade o bem-estar e a saúde das vacas. Ultimamente, o consumo de leite tem sido posto cada vez mais em causa. Não só …

Jogadores do Arsenal doam um dia de salário para ações solidárias

Os futebolistas e a equipa técnica do Arsenal vão doar um dia de salário para ações solidárias de Natal. Os elementos técnicos também entraram na iniciativa, que prevê, ainda, a doação da receita do próximo …