Espanha, França e Bélgica com descida de casos. Itália limita Natal e Madrid cancela festas de Ano Novo

francediplomatie

Madrid, assim como Paris e Bruxelas, têm boas notícias – mas não o suficiente para suavizar medidas. Já em Itália há restrições adicionais e a cidade de Londres também considera também passar ao nível três, o mais alto, de restrições.

A maioria dos países europeus está a registar uma descida das curvas de casos de infeção, mas em alguns, as linhas parecem mais um planalto do que uma descida de uma encosta do pico de uma montanha.

O diário espanhol El País compara a situação de Espanha com a de outros países europeus, notando que a média nacional de casos por 100 mil habitantes a 14 dias é de menos de 300, um número semelhante ao de França e Alemanha, e menor do que outros países, como Itália, Polónia, Suécia ou Portugal, todos com mais de 600 casos neste indicador.

O jornal alerta que apesar desta boa notícia, a situação geral de toda o país continua a ser considerada de risco alto (um patamar abaixo do risco extremo em que esteve até quarta-feira).

Neste sentido, o governo de Madrid cancelou todas as tradicionais comemorações de Ano Novo, incluindo o evento principal na Praça Puerta del Sol, quando milhares comem uma passa a cada badalada da meia-noite, avança o DN.

Esta restrição faz parte de uma série de novas medidas destinadas a garantir a saúde e segurança pública no Natal e no Ano Novo para tentar evitar um aumento nas infeções por Covid-19. “A Comunidade de Madrid concordou em suspender todas as celebrações da passagem de ano em praças públicas ou ruas da região”, referiu a autoridade regional de saúde.

O número de visitantes também será limitado nos mercados de Natal, bem como nos eventos em que as crianças apresentam as suas listas de desejos de Natal ao Pai Natal e aos três reis magos. Os habituais desfiles de 5 de janeiro, na véspera do Dia de Reis, habitualmente marcados por grandes aglomerados de pessoas no centro da cidade, só serão permitidos em espaços fechados com todos os espetadores sentados.

Em grande parte, Espanha conseguiu reduzir os níveis de infeção da segunda onda devido ao recolher obrigatório e ao encerramento de bares e restaurantes em algumas áreas, mas as autoridades de saúde estão preocupadas que a época festiva provoque um aumento nos casos.

O governo espanhol já sublinhou que as viagens de férias entre regiões só serão permitidas para visitas de familiares, enquanto as festas de Natal serão limitadas a 10 pessoas.

Situação na Europa

A curva alemã destaca-se por ter aplanado mas não descido significativamente, daí que o país tenha decidido manter as restrições em vigor até 7 de Janeiro, mesmo durante o Natal.

Outros países muito afetados que conseguiram recuperações foram a Bélgica, que chegou a ser o pior em termos de casos de infeção de toda a Europa e que agora fez o indicador da incidência a 100 mil habitantes a 14 dias descer para 271, ou França, que desceu para 255.

Em termos de casos de infeção, os países mais afetados são agora o Luxemburgo (1177,6), a Croácia (1117,1) e a Lituânia (1041,1), segundo os mesmos indicadores do ECDC. Em termos de mortes, a Bulgária (26,5), a Eslovénia (23,4) e o Liechtenstein (20,8) são os que têm a mais alta taxa de óbitos por 100 mil habitantes a 14 dias.

Itália, que mantém uma média de infeções ainda bastante alta registou, por outro lado, esta quinta-feira um recorde de mortos desde o início da pandemia: 993.

O primeiro-ministro, Giuseppe Conte, anunciou mais restrições até dia 6 de Janeiro, por causa do “risco de uma terceira vaga, não menos violenta que a primeira e que a segunda, e que pode acontecer em Janeiro”.

De acordo com o Público, por esta razão, não vai haver missa do galo no Natal e não vai ser possível circular entre regiões diferentes a partir e 21 de Dezembro, nem entre cidades diferentes nos dias 25 e 26 de Dezembro, e no dia 1 de Janeiro.

Também no Reino Unido há possibilidade de um aumento de restrições, pelo menos em Londres, que pode passar ao nível 3, o nível máximo de restrições em que encerram os restaurantes (deixando apenas com take-away) e as salas de espetáculo, entre outras.

Ainda assim, as autoridades britânicas mostram-se esperançosas e consideraram  “provável” um recuo da pandemia de covid-19 “na primavera” graças à vacinação.

ZAP ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Aprovadas alterações à lei eleitoral autárquica. Eleitores em confinamento podem votar em casa e em lares

A Assembleia da República aprovou esta quinta-feira, por maioria, as alterações à lei eleitoral autárquica, que dá resposta às reivindicações dos movimentos de autarcas independentes que se queixavam de dificultar as candidaturas. Votaram a favor PS, …

Sporting interessado em Claudinho, estrela da Red Bull

O Sporting está à procura de reforços para o ataque, tendo em vista já a próxima temporada. Claudinho, do Red Bull Bragantino, é um dos favoritos. O principal foco do Sporting para esta temporada é conquistar …

Sondagem. Operação Marquês faz PS cair e PSD subir

O PSD subiu quatro pontos percentuais na mais recente sondagem, enquanto o PS desceu dois pontos. A decisão da Operação Marquês pode ter tido influência nas intenções de voto. A mais recente sondagem ICS/ISCTE para o …

Cristiano Ronaldo quer regressar ao Manchester United, avança imprensa italiana

O jornal Gazzetta dello Sport escreve que Cristiano Ronaldo quer regressar ao Manchester United, podendo fazê-lo já no final desta temporada. Não seria a primeira vez que se falava do interesse do Manchester United em Cristiano …

Os antigos egípcios tinham uma fixação por gatos. A explicação é mórbida

Os antigos egípcios são conhecidos pela sua adoração por gatos. Ao contemplar peças elaboradas por estes, são muitas as homenagens a estes bichos de quatro patas: desde estátuas gigantescas a joias complexas. Mas por que …

Governo aceita mudanças no teletrabalho. Quer evitar mais uma coligação da oposição

O Governo admite vir a fazer ajustes no decreto-lei que estende até ao final do ano a obrigatoriedade do teletrabalho. O objetivo é evitar uma coligação negativa no Parlamento. Miguel Cabrita, secretário de Estado Adjunto e …

Portugal vai ter doses da AstraZeneca e J&J a mais. Testes da vacina portuguesa previstos para julho

Neste trimestre, Portugal vai receber mais de nove milhões de doses de vacinas, das quais cerca de 5,5 milhões da Pfizer, 795,6 mil da Moderna, 1,6 milhões da AstraZeneca e 1,2 milhões da Janssen. Com a …

Abelhas bebé adoram hidratos de carbono. Descoberta pode ajudar a salvar a espécie

Uma equipa de investigadores percebeu que as abelhas bebé adoram hidratos de carbono. Esta descoberta pode ajudar a salvar a espécie. As abelhas selvagens são essenciais para sustentar as paisagens que amamos. Uma comunidade saudável de …

Restrições ao fim de semana podem acabar em maio

Políticos e especialistas voltam a reunir-se na sede do Infarmed, na próxima semana, para decidir como avança a última fase do desconfinamento, que começa a 3 de maio. Os dados da pandemia encorajam o Governo …

Crónica ZAP - Nota Artística por Nuno Miguel Teixeira

Nota artística: há Jardim na Boavista, há perfume Gaitán em Braga

https://soundcloud.com/nuno-teixeira-264830877/sp-braga-2-1-boavista-o-musical Não foi há muitos anos que Sporting de Braga e Boavista lutaram pelo título, pelo primeiro lugar. Agora o contexto é outro: os primeiros querem ficar no pódio da classificação correta e os segundos não …