Casas de apostas deixam Conan Osiris fora da final

Pedro Pina / RTP / Lusa

O representante de Portugal no Festival Eurovisão da Canção, Conan Osiris, atua na terça-feira na primeira semifinal do concurso, em Telavive, e, a avaliar pela média de várias casas de apostas, arrisca-se a falhar a final.

Este ano, o Festival Eurovisão da Canção é disputado por 41 países. Na primeira semifinal atuam 17 países e na segunda, marcada para quinta-feira, 18.

Em cada semifinal serão escolhidos dez finalistas. Portugal, que concorre com a canção “Telemóveis”, interpretada e composta por Conan Osiris, ocupava na sexta-feira o 12.º lugar na lista de preferências dos apostadores relativas à primeira semifinal do concurso. Ou seja, não está entre os 10 que passam à final.

Na primeira semifinal atuam, além do cantor português, os representantes da Grécia, Chipre, Austrália, Islândia, Hungria, Sérvia, República Checa, Eslovénia, Bélgica, Estónia, Polónia, Bielorrússia, São Marino, Geórgia, Finlândia e Montenegro.

Na segunda final irão atuar os representantes da Holanda, Suécia, Rússia, Suíça, Azerbaijão, Malta, Macedónia do Norte, Noruega, Arménia, Dinamarca, Albânia, Roménia, Lituânia, Moldávia, Áustria, Croácia, Letónia e Irlanda.

A final, que decorre no dia 18 é disputada pelos 20 países escolhidos nas semifinais, pelos denominados ‘Cinco Grandes’ (França, Alemanha, Itália, Espanha e Reino Unido) e pelo país anfitrião (Israel).

Na sexta-feira, Portugal ocupava o 18.º lugar na lista de preferências dos apostadores, entre os 41 países concorrentes, na qual se mantém em primeiro lugar, desde 09 de março, o tema da Holanda, “Arcade”, interpretado por Duncan Laurence. No mesmo ‘site’, é perguntado aos internautas quem irá vencer o festival: até sexta-feira, apenas 3% escolhiam Portugal.

Este ano assinala-se a 64.ª edição do concurso, no qual Portugal participou a primeira vez em 1964, tendo entretanto falhado cinco edições (em 1970, 2000, 2002, 2013 e 2016). Entre 2004 e 2007, inclusive, e em 2011, 2012, 2014 e 2015, Portugal falhou a passagem à final.

A final do Festival da Canção, no qual é escolhido o representante português, foi a 03 de março, e nesse dia Portugal ocupava o 7.º lugar do ‘ranking’ das apostas. Nesse mês, foi ocupando entre o 7.º e o 11.º lugar. No final de abril desceu para o 12.º e em maio continuou a descida, até ao 18.º lugar.

O primeiro ensaio do representante português, em Telavive, aconteceu no passado domingo. No Festival da Canção, Osiris mereceu pontuação máxima (12 pontos) do público e de todas as regiões do país (Norte, Centro, Lisboa e Vale do Tejo, Alentejo, Açores, Madeira e Algarve) exceto do Algarve, que lhe deu a segunda pontuação mais alta (10 pontos).

As semifinais e a final do 64.º Festival Eurovisão da Canção são transmitidas em direto na RTP1, a partir das 20:00 de terça-feira, quinta-feira e sábado, respetivamente.

A RTP1 exibiu na noite passada, em estreia, “Conan, o rapaz do futuro”, documentário que “revisita a história do percurso artístico do músico, o ambiente e acontecimentos do Festival da Canção 2019 e revela os bastidores da sua preparação para o Festival Eurovisão da Canção 2019, tanto em Lisboa como já entre os ensaios, em Telavive”.

// Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Portugal produz menos lixo do que a média da OCDE (mas é o 3.º que menos recicla)

Portugal produz menos lixo do que a média da OCDE, mas é o 3.º que menos recicla, revelaram dados recentes da organização internacional. Em 2017, cada português produzir quase 500 quilogramas de lixo, valor inferior …

Novas demissões na Agência de Informações Financeiras do Vaticano

Um membro da entidade de regulação financeira do Estado do Vaticano, Marc Odendall, demitiu-se na sequência de buscas realizadas pela polícia e que originaram na suspensão do organismo do sistema de comunicações global. Marc Odendall, banqueiro …

Governo e Liga de clubes discutem redução do IVA para espetáculos desportivos

Secretário de Estado do Desporto afirma querer ouvir as reivindicações do organismo, mas sem se comprometer. O secretário de Estado da Juventude e do Desporto anunciou ontem que vai reunir-se com representantes da Liga Portuguesa de …

Tufão obriga a retirada de cerca de cinco mil pessoas do norte das Filipinas

Cerca de cinco mil pessoas foram retiradas do norte das Filipinas devido à aproximação do tufão Kalamaegi, que deverá tocar terra na província de Cagayan nas próximas horas, disseram esta terça-feira as autoridades locais. "Estamos preparados …

Acabaram-se as trotinetas no Algarve. Duraram 10 meses

A vereadora considera, no entanto, que a experiência foi “positiva”, já que permitiu recolher dados de mobilidade, nomeadamente, da utilização destas soluções em pequenos trajetos, ao mesmo tempo que colocou a questão na agenda pública. Sophie …

EasyJet diz que será a primeira a alcançar a neutralidade carbónica na aviação

A companhia aérea britânica easyJet afirmou esta terça-feira que será a primeira no mundo a alcançar a neutralidade carbónica através das compensações. Num comunicado publicado no seu site oficial, a companhia low cost anuncia ainda um …

Número de pré-avisos de greve até outubro é o mais alto dos últimos quatro anos

O número de pré-avisos de greve até outubro foi o mais alto dos últimos quatro anos, totalizando 781, segundo dados da Direção Geral do Emprego e das Relações do Trabalho (DGERT). Entre janeiro e outubro deste …

Na Índia, já há "bares de oxigénio" para quem quiser respirar ar puro

A Índia é um dos países mais contaminado do mundo. Desde o final de outubro, a poluição alcançou um nível crítico devido à queimada de restolhos nos campos. Agora, há uma solução arrojada para que os …

Depois do Papão Harrison, o novo exame foi "duro" (e muitos jovens médicos já pensam em emigrar)

Foram quatro horas de exame, com 150 perguntas, na temida Prova Nacional de Acesso para a Formação Especializada em Medicina e muitos dos jovens médicos não conseguiram concluí-la. Os que temem não conseguir aceder à …

Situação trágica. "Veneza está a desaparecer"

A situação em Veneza é trágica, com 85% da cidade italiana inundada depois das piores cheias dos últimos anos. Mas estas inundações são apenas um alerta para o que pode vir a seguir, já que …