Casal indiano acusado de falsificar fotos de subida ao Everest

O casal diz ter sido o primeiro da Índia a escalar a montanha mais famosa do mundo mas agora suspeita-se que as fotografias que comprovam o feito tenham sido alteradas.

Dinesh e Tarakeshwari Rathod, funcionários da polícia na cidade indiana de Pune, chegaram mesmo a receber um certificado de escalada oferecido pelo Governo do Nepal.

Os dois dizem ser o primeiro casal da Índia a escalar a montanha mais famosa do mundo, também conhecida por Monte Everest, escreve a BBC.

No entanto, a polémica estalou quando outros montanhistas alegaram que as fotografias do casal que comprovam o feito são, na verdade, uma grande fraude.

O casal defende-se, afirmando que a sua versão pode ser confirmada pelos dois guias sherpas que os acompanharam durante a difícil jornada.

Perante esta acusação, o Governo do Nepal está a investigar o caso e, caso se confirme que as imagens foram editadas, os dois indianos arriscam-se a perder o certificado e podem ser acusados de fraude.

Ghanashyam Upadhyaya, porta-voz do Ministério do Turismo nepalês, afirmou à emissora britânica que o comité vai contar com o apoio de especialistas jurídicos, técnicos e administrativos para investigar as fotos apresentadas.

“O comité vai investigar as fotografias enviadas, o relatório apresentado pelo oficial de contacto do governo e os relatórios apresentados pelos guias e pela agência que participaram na expedição”, disse a porta-voz.

As dúvidas começaram a surgir quando outros montanhistas alegaram que o casal aparece com roupas e botas diferentes nas fotografias da escalada das que apresentaram como prova da chegada ao topo da montanha.

Um montanhista da cidade de Bangalore, Satyarup Sidhantha, chega mesmo a dizer que as fotografias apresentadas pelos Rathod são, na verdade, imagens que ele próprio registou quando subiu ao Everest e que foram alteradas.

Outro montanhista, Surendra Shelke, começou a suspeitar do acontecimento por causa do “atraso entre o dia em que o casal afirma ter alcançado o topo e a sua entrevista congratulando-se com o feito”.

O casal afirma ter chegado ao topo da montanha no dia 23 de maio mas o anúncio só aconteceu no dia 5 de junho.

Tarakeshwari Rathod garantiu à BBC que ela e o marido chegaram ao topo do Everest e os dois rejeitam as acusações de fraude a que estão a ser sujeitos.

O diretor da Makalu Adventure, a agência que organizou a viagem, afirma, “sem qualquer dúvida”, que o casal chegou ao topo da montanha.

“Foram levados até o pico pelos sherpas que trabalham há anos para a empresa e chegaram ao topo no dia 23 de maio”, afirmou à BBC.

Relativamente ao atraso da entrevista, o responsável justifica com o facto da indiana ter ficado com uma pneumonia durante a descida e, por isso, ter estado internada.

“Ficou uma semana no hospital. Só depois de ter recuperado é que o casal pôde dar uma entrevista na Índia para anunciar o feito”, explicou.

 ZAP / BBC

PARTILHAR

RESPONDER

China diz que surto está "sob controlo" após 14 províncias não reportarem novos casos

O surto do coronavírus Covid-19 está "sob controlo", depois de a atualização diária mostrar que 14 das 34 províncias e regiões autónomas do país não detetaram novos casos, anunciaram esta sexta-feira as autoridades chinesas. O vice-diretor …

Após 2 anos preso, Pedro Dias assume três homicídios e diz-se arrependido

Pedro Dias, conhecido pelos homicídios de Aguiar da Beira, manifesta-se arrependido pelos crimes por que foi condenado a 25 anos de prisão, após cumprir dois anos da pena. Um arrependimento que é também um assumir …

Orçamento da UE. Proposta agrava corte de Portugal na coesão em 2 mil milhões

A proposta do presidente do Conselho Europeu, Charles Michel, prevê um corte de 2 mil milhões de euros no envelope da coesão para Portugal. Os chefes de Estado e de Governo da União Europeia iniciaram esta …

Russos atormentam Estados Unidos outra vez. Presidenciais são o alvo

Os serviços secretos norte-americanos estão convencidos de que os russos estão, novamente, a tentar influenciar as presidenciais daquele país. Faltam nove meses para as eleições presidenciais norte-americanas, mas já há suspeitas de que os russos estão …

Processo obscuro e pouco transparente. Expansão do Metro do Porto cria mal-estar

O alargamento do Metro do Porto está a criar mal-estar entre algumas autarquias da área Metropolitana do Porto. Os autarcas falam num processo obscuro e pouco transparente. O protocolo para consolidação da expansão da rede de …

Barcelona contrata jogador com o mercado fechado (mas Leganés não pôde fazer o mesmo)

O Barcelona foi autorizado a contratar um jogador com o mercado fechado, mas o pedido do Leganés foi rejeitado. O clube perdeu Braithwaite para o clube catalão. O FC Barcelona anunciou, esta quinta-feira, a contratação do …

Portugueses gastam 160 euros por ano na "epidemia das raspadinhas". 11 vezes mais do que os espanhóis

De acordo com um estudo recente, há cada vez mais pessoas a chegarem aos consultórios médicos com a doença do jogo patológico desencadeada pela raspadinha. Num artigo científico publicado na The Lancet, Pedro Morgado e Daniela …

Direita chega ao jogo das comissões no MB Way. PSD e Chega juntam-se ao PS

O PSD quer alargar serviços dentro das contas de baixo custo e incluir transferências via a aplicação da SIBS. O Chega quer eliminar custos nessas transações. Depois da esquerda, é a vez da direita marcar terreno …

Fãs de Kobe Bryant em luto estão a deixar flores na sepultura errada

Numa tentativa de prestar homenagem ao ex-basquetebolista, vários fãs de Kobe Bryant em luto estão a deixar flores na sua sepultura. O problema é que o têm na campa de outra pessoa. Quase um mês depois …

Precários das escolas ganham menos 170 euros por mês ao entrarem nos quadros

Nas escolas, os psicólogos que passem a efetivos através do PREVPAP passam a ganhar menos 170 euros por mês. Há outros trabalhadores na mesma situação. Os psicólogos precários que trabalham em escolas passam a ganhar menos …