/

Cartel mexicano ameaça matar jornalista por cobertura noticiosa injusta

Twitter

Azucena Uresti, jornalista mexicana

Um grupo de homens mascarados, que diz representar o cartel de droga mais perigoso do México, apareceu num vídeo onde ameaçou matar uma pivot de um noticiário da televisão nacional, alegando que esta fez uma cobertura noticiosa injusta.

O vídeo, que andou a circular na internet durante o dia de ontem, mostrava um grupo de homens mascarados, e fortemente armados, a cercar um homem que leu uma mensagem e diz ser Rubén Oseguera Cervantes, também conhecido como “El Mencho”, líder do cartel Jalisco Nova Geração.

A mensagem denunciava que a Milenio Television, canal nacional de notícias associado a uma grande rede de jornais, favorecia os chamados grupos de autodefesa que lutam contra o cartel Jalisco no estado de Michoacán.

Neste sentido, o homem misterioso ameaçou matar uma das principais figuras do canal televisivo: Azucena Uresti, que é pivot do noticiário diário.

A mensagem mencionava Hipolito Mora, que organizou uma força de autodefesa em Michoacán quase uma década antes, mas que mais recentemente se distanciou desses grupos, assim como Los Viagras, um grupo criminoso que opera no estado.

O representante do cartel de Jalisco referiu na mensagem que não queria inibir a liberdade de expressão, mas pretendia que a cobertura noticiosa fosse mais equilibrada.

De acordo com o jornal britânico The Guardian, tanto a Milenio Television como Azucena Uresti não comentaram as ameaças proferidas pelo grupo.

Por sua vez, o porta-voz da presidência, Jesús Ramírez Cuevas, garantiu no Twitter que o governo mexicano “irá tomar as medidas necessárias para proteger os jornalistas e os meios de comunicação ameaçados”.

De recordar que o Comité para a Proteção de Jornalistas considera o México o país mais perigoso do Hemisfério Ocidental para os jornalistas.

Os alvos mais comuns são repórteres locais que operam em regiões onde grupos criminosos rivais lutam pelo controlo.

  ZAP //

Deixe o seu comentário

Your email address will not be published.