Cartas inéditas revelam influência do pai na personalidade de Hitler

Várias cartas até então desconhecidas, escritas por Alois Hitler, pai de Adolf Hitler, lançam um olhar mais profundo sobre as origens familiares do ditador alemão. Os manuscritos servem como base para um livro que foi lançado na última segunda-feira, na Áustria.

O livro, publicado apenas em língua alemã, chama-se “Hitlers Vater – Wie der Sohn zum Diktaror wurde”, que significa “Pai de Hitler: Como o filho se tornou um ditador”, na tradução em português.

O autor e historiador austríaco Roman Sandgruber argumenta que Alois Hitler desempenhou um papel-chave na formação psicológica do filho e, consequentemente, na sua personalidade.



O livro baseia-se em 31 cartas que o pai de Adolf Hitler escreveu ao construtor de estradas Josef Radlegger após comprar a sua quinta em Hafeld, no norte da Áustria. Embora Alois Hitler não tivesse nenhuma experiência na agricultura, afirma o livro, “sempre quis ser um agricultor profissional (…) melhor do que os outros”.

O autor descreve Alois Hitler, que morreu em 1903 e era guarda na alfândega austríaca – o seu trabalho exigia mudanças constantes de residência e, por isso, a família teve de mudar de casa pelo menos 18 vezes – como um misto de autodidata, presunçoso e uma pessoa que se super estimava excessivamente.

O trabalho de Sandgruber usa como base correspondências inéditas, perdidas durante décadas num sótão, entregues a ele próprio pela neta de Radlegger, há cinco anos.

O autor do livro refere que as cartas revelam que Alois usava a mesma caligrafia que o filho: a Kurrentschrift, antiga forma manuscrita da língua alemã, com ângulos afiados e mudanças de direção.

A obra revela ainda que o antissemita e genocida Adolf Hitler tentou, provavelmente, esconder o facto de a sua família ter vivido numa propriedade judaica em Urfahr, perto da cidade de Linz, às margens do rio Danúbio.

Além disso, as cartas mostram que a mãe de Hitler, Klara, foi tratada por um médico judeu que mais tarde fugiu para os Estados Unidos.

É ainda referido pelo autor que Hitler já era antissemita na juventude. Ainda jovem, mudou-se para a cidade por volta de 1908 com o objetivo de se tornar num artista, mas acabou por ser recusado na escola que pretendia frequentar.

As últimas descobertas vão ao encontro dos relatos de August Kubizek, amigo de Hitler durante a adolescência, que é frequentemente citado por outros historiadores.

Como líder do partido nazi, Hitler emergiu como chanceler alemão em 1933, desencadeou a Segunda Guerra Mundial e promoveu o assassinato em massa de judeus e outras minorias.

A única revolta significativa de Adolf Hitler contra o seu pai, observa Sandgruber, foi o facto deste rejeitar o desejo de Alois de que o filho também seguisse uma carreira no serviço público, porém “Hitler queria ser um artista livre e não seguir os passos do seu pai”, escreve Sandgruber.

Ainda assim, afirma o autor, tanto o pai como o filho partilhavam o desprezo pela autoridade e eram anticlericais, ainda que Hitler não tenha abandonado a Igreja Católica.

Alexandra Föderl-Schmid, numa crítica que escreveu para o jornal alemão Süddeutsche Zeitung, realça que o livro é importante porque até agora não havia “quase nenhuma fonte” sobre Alois.

PARTILHAR

RESPONDER

Cientistas queriam estudar a propagação das borboletas, mas criaram uma matriosca de parasitas

Objetivo dos cientistas era perceber, através da introdução da espécie de borboletas Glanville fritillary qual o seu poder de dispersão numa ilha finlandesa. No entanto, acabaram com um retrato alarmante para todos os investigadores que …

Marcelo encontra-se em Nova Iorque com Presidentes das Maldivas e Peru

O Presidente da República tem agendados encontros bilaterais com cinco chefes de Estado, em Nova Iorque, à margem da Assembleia Geral da Organização das Nações Unidas (ONU), entre os quais os presidentes das Maldivas e …

Erupção do Fagradalsfjall dura há seis meses. É a mais longa na Islândia em 60 anos

A erupção vulcânica perto de Reykjavik se tornou a mais longa da história da Islândia desde 1960, marcando seis meses de expulsão de gás, pedra e lava no domingo (18). Milhares de espectadores ficaram maravilhados com …

Cientistas foram à procura de matéria escura e acabaram por encontrar energia escura

Uma equipa de cientistas foi à procura de matéria escura e pode ter encontrado energia escura em vez disso. Os investigadores querem ter a certeza que não foi uma casualidade. A energia escura é uma forma …

Role play ao serviço da Ciência. Investigadores fingem ser Neandertais para estudar caça a aves

Uma equipa de investigadores espanhóis decidiu adotar a "dramatização" científica para reconstruir um novo elemento do comportamento Neandertal: a cooperação com os membros do grupo enquanto usa fogo e ferramentas para caçar gralhas no interior …

Estoril 0-1 Sporting | Figueira deu o fruto que saciou o leão

Foi preciso surgir um erro crasso do guarda-redes estorilista (até então a fazer uma belíssima exibição) para o campeão nacional poder respirar de alívio e festejar a quarta vitória na Liga, esquecendo por agora a …

A tinta mais branca do mundo ajuda a poupar energia nas casas - e pode eliminar de vez o ar condicionado

Uma equipa de investigadores da Universidade de Purdue desenvolveu uma tinta tão branca que revestir um prédio com ela pode reduzir, ou até mesmo eliminar, a necessidade de ter ar condicionado. Depois de testar mais de …

Costa promete "lição exemplar" à Galp depois de "tanto disparate" em Matosinhos

O secretário-geral do PS, António Costa, considerou hoje que “era difícil imaginar tanto disparate, tanta asneira, tanta insensibilidade” como a Galp demonstrou no encerramento da refinaria de Matosinhos, prometendo uma “lição exemplar” à empresa. Falando em …

Porto 5-0 Moreirense | Días, Taremi e Fábio, o trio maravilha

O Porto foi o primeiro dos “grandes” a entrar em campo e deu o mote, e que mote. Os “dragões” receberam o Moreirense e golearam sem apelo nem agravo, por 5-0, graças a uma segunda …

Ronaldo volta a marcar pelo United em jogo com final frenético

O português Cristiano Ronaldo voltou hoje a marcar pelo Manchester United, mas foram Lingaard e David de Gea que ‘brilharam’ na vitória sobre o West Ham, por 2-1, em jogo da quinta jornada da Liga …