Carta revela que há um tesouro nazi escondido sob um palácio na Polónia

Caçadores de tesouros estão a planear desenterrar o que acreditam ser 48 caixas de ouro nazi no valor de 579 milhões de euros num palácio usado pela SS – organização paramilitar de Hitler – como bordel.

Com esta escavação, que começa na próxima semana, os caçadores de tesouros esperam encontrar 10 toneladas de ouro, juntamente com outros objetos de valor, nos terrenos do palácio do século XVIII no vilarejo de Minkowskie, no sul da Polónia.

O tesouro terá sido roubado por ordem do chefe da SS Heinrich Himmler no final da II Guerra Mundial para estabelecer um Quarto Reich.

De acordo com o jornal britânico Daily Mail, acredita-se que inclua o chamado “Ouro de Breslau”, que desapareceu do quartel-general da polícia na atual cidade polaca de Wrocław.

Pensa-se também que inclua joias e objetos de valor das coleções particulares de alemães ricos que viviam na região e que entregaram as suas posses às SS para evitarem ser roubados pelo avanço do Exército Vermelho.

A suposta localização do tesouro foi revelada por documentos secretos, o diário de um oficial da SS e um mapa que os caçadores de tesouro receberam dos descendentes de oficiais, pertencentes a uma loja secreta que remonta a mais de 1.000 anos.

Entre os documentos está uma carta de um oficial sénior da SS chamado von Stein para uma das mulheres que trabalhava no palácio em Minkowskie e que, mais tarde, se tornou a sua amante.

“Minha querida Inge, cumprirei minha tarefa, com a vontade de Deus. Alguns transportes foram bem-sucedidos. Os restantes 48 baús pesados do Reichsbank e todos os baús de família, por este meio, confio-vos a vós. Só você sabe onde estão localizados. Que Deus a ajude e me ajude a cumprir a minha tarefa”, escreveu.

As páginas escritas a lápis do diário identificam 11 locais na Baixa Silésia que, antes e durante a guerra, era território alemão.

“Um cocho foi cavado no laranjal, que é um lar seguro para os baús e contentores entregues. Os 48 baús do Reichsbank, em bom estado, estavam escondidos, muito bem cobertos de terra e verdes com plantas ainda vivas”, lê-se numa página datada de 12 de março de 1945.

Um diário, supostamente escrito por um oficial de alto escalão da SS sob o pseudónimo de Michaelis, revelou no ano passado a localização de outro palácio na região, onde se acredita que 28 toneladas de tesouros estejam enterrados no fundo de um poço.

Contudo, os caçadores de tesouros vão começar a cavar no novo local porque, segundo os mesmos, é mais fácil aceder a este tesouro.

“Várias pessoas participaram do esconderijo dos depósitos em Minkowskie. Um deles era um oficial chamado von Stein. Ele costumava ficar no palácio porque tinha uma amante lá. Devido à sua localização, era frequentemente visitado por oficiais da SS de alto escalão, que o tratavam como um bordel”, disse Roman Furmaniak, chefe da fundação da Ponte da Silésia.

Inge foi a guardiã indicada por von Stein para ficar de olho no esconderijo. “Estava apaixonada pelo bonito oficial num uniforme preto da SS. Eram como deuses”, continuou. “Acreditava que teria de ficar lá durante um ano, talvez dois, e depois tudo estaria acabado. Ninguém acreditava então que a região ficaria sob o controle da União Soviética”.

No final da guerra, a região foi entregue à nova Polónia controlada pelos soviéticos, toda a população alemã foi expulsa e chegaram polacos que viviam na Ucrânia Ocidental.

Para se misturar com a nova população, Inge mudou a sua aparência e identidade, casou com um homem local e continuou a zelar pelo tesouro até à sua morte, 60 anos depois.

“A recuperação de obras de arte perdidas e o seu retorno aos seus legítimos proprietários pode tornar-se um catalisador para mudanças que visam trazer unidade – não polarização. Essa noção orienta a nossa missão. Temos todas as licenças necessárias para a realização desta obra. Estamos sempre a cooperar com o Ministério da Cultura e o conservador do património”, rematou Furmaniak.

Maria Campos, ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Talibãs confiscam fortunas de antigos funcionários do Governo afegão

O novo Governo talibã confiscou milhões de dólares em dinheiro e ouro de antigos funcionário do Governo do Afeganistão. O Banco Central do Afeganistão, agora controlado pelos talibãs, diz ter confiscado mais de 10 milhões de …

Seis recordes (indesejados) no Sporting-Ajax

Aos 68 segundos já havia um registo inédito em Alvalade. FC Porto continua bem fora de casa, Atlético de Madrid continua mal em casa. Pelo segundo ano consecutivo, o início do Sporting numa competição europeia foi …

Jovem de 16 anos do Real Massamá blindado com uma cláusula de €15 milhões

Amadu Baldé estreou-se este ano pela equipa sénior do Real Massamá. O jovem de 16 deixou tão boas impressões que o clube renovou-lhe o contrato e blindou-o com uma cláusula de rescisão de 15 milhões …

Portugal tem 80% da população com a vacinação completa. Faltam administrar 400 mil doses — mas a quem?

De acordo com as previsões das autoridades de saúde, Portugal deveria atingir a meta de 85% da população com o esquema vacinaal completo em outubro, pelo que ficam a faltar 400 mil doses. Portugal atingiu esta …

Entidade para a Transparência está há dois anos para sair do papel (e pode só chegar em 2024)

A nova Entidade para a Transparência está há dois para sair do papel e até pode só começar a funcionar em 2024. A lei que a criou é de 13 de setembro de 2019, mas até …

Sheriff, o clube que representa um país que oficialmente não existe, faz história na Champions

Na sua estreia absoluta na Liga dos Campeões, o Sheriff Tiraspol venceu o Shakhtar por 2-0. O clube representa um país que, oficialmente, não exista: a Transnístria. Sheriff Tiraspol foi fundado em 1997 por antigos membros …

Costa foi dar um empurrão ao "amigo" Manuel Machado (e tirou da cartola uma maternidade para Coimbra)

Manuel Machado corre o risco de perder a autarquia e, por isso, António Costa foi dar-lhe um empurrão esta quarta-feira, com a promessa de uma nova maternidade que irá avançar três semanas depois das eleições. …

Entre críticas às “ciclovazias”, Medina ouviu mais e falou menos (e ainda houve um debate à esquerda)

O último debate dos candidatos à Câmara de Lisboa aconteceu ontem na RTP, sendo que os temas de maior destaque voltaram a ser a habitação, mobilidade, turismo e alterações climáticas. Os doze candidatos não pouparam esforços …

Farmácias já estão a aceitar reservas de vacinas contra a gripe

Este ano, as farmácias portuguesas vão voltar a administrar gratuitamente a vacina contra a gripe a pessoas com mais de 65 anos. Para já, ainda não há data para o início da venda e imunização, mas …

Golo de Taremi foi bem anulado? Especialistas esclarecem decisão

Muitos contestam a anulação do golo de Taremi já perto do fim da partida. Especialistas em arbitragem defendem que a decisão foi bem tomada. Atlético de Madrid e FC Porto empataram a zero na primeira jornada …