Afinal, os carros que se conduzem sozinhos podem não reduzir o trânsito

Ao contrário do que se pensava, os carros autónomos podem não reduzir o trânsito nas estradas. E há uma razão bizarra que explica porquê.

Muito se tem falado sobre os benefícios dos carros autónomos, que prometem tornar as estradas mais seguras e são também amigos da natureza, cortando na poluição e no consumo de energias fósseis. Contudo, esta noção está agora a ser contrariada por um grupo de investigadores.

Um estudo aprovado pela revista Applied Energy sugere que os benefícios dos carros autónomos podem não ser assim tão grandes quanto pensávamos. A investigação feita por cientistas da Universidade de Michigan mostra que o problema pode estar numa comodidade trazida por esta inovação.

Uma vez que estes novos veículos que se conduzem sozinhos vão ser tão convenientes e eficientes, pode levar a que passemos mais tempo nos carros. Pode parecer insignificativo, mas isto pode trazer um sério problema para o trânsito nas estradas.

Apesar de corroborar os aspetos positivos adjacentes à chegada dos carros autónomos, o grupo de cientistas responsável pelo estudo alerta que é necessário repensar se realmente estes novos veículos inteligentes vão conseguir ter impacto na redução do trânsito e do consumo de energia.

“A principal mensagem do estudo é que a viagem induzida de carros autónomos representa um desafio para as metas de redução do uso de energia”, disse, citado pela Universidade de Michigan, Samuel Stolper, um dos cientistas responsáveis pela investigação.

O estudo refere a possibilidade de se verificar o “rebound effect“, que consiste em quando as pessoas economizam dinheiro nas viagens, vão acabar por viajar mais, compensando qualquer tipo de valor que tenham poupado com os carros autónomos.

De acordo com os resultados, os cientistas acreditam que seja necessário pelo menos uma redução de 38% do tempo de viagem para encorajar as pessoas a viajar mais, levando a que não se verifique economia de energia. Além disso, como as viagens de carro ficariam mais baratas e mais convenientes, acabaríamos por passar mais tempo nas estradas.

O portal Science Alert destaca ainda que, com os benefícios dos carros autónomos, as famílias vão passar em média entre 2 a 47% mais tempo nos carros. Os cientistas alertam, portanto, para a possibilidade de o tiro sair pela culatra e os prós dos carros que se conduzem sozinhos, se transformem em contras.

PARTILHAR

RESPONDER

Amostra de ADN desvenda homicídio cometido há quatro décadas

Uma amostra de ADN, colhida de um norte-americano da Carolina do Sul após este ser detido por apontar uma arma, permitiu às autoridades desvendar um caso antigo, identificando-o como principal suspeito do homicídio de uma …

Investigadores portugueses criam simuladores para treinar médicos à distância

Investigadores da Faculdade de Medicina da Universidade do Porto (FMUP) desenvolveram, durante o confinamento, um método para os estudantes treinarem para cenários de emergência sem saírem de casa. Em declarações à Lusa, Carla Sá Couto, do …

Restam apenas dois rinocerontes brancos do norte (mas há uma esperança para salvar a espécie)

Com a morte do último macho em 2018, o rinoceronte branco do norte chegou ao ponto em que não pode ser salvo naturalmente. Com apenas duas fêmeas restantes, a subespécie é agora tida como oficialmente …

Há uma região na América do Norte sem qualquer caso de covid-19. Tem a dimensão do México

Nunavut, uma região localizada no norte do Canadá, continua sem registar nenhum caso de covid-19. A receita para o sucesso tem vários ingredientes, mas as caraterísticas especiais da região e as medidas rígidas tomadas logo …

Site da campanha de Trump foi alvo de ataque. Hackers "fartaram-se das fake news"

O website oficial da campanha presidencial de Donald Trump foi alvo de um ataque informático que o deixou temporariamente desfigurado na noite desta quarta-feira. Os hackers responsáveis substituíram o habitual conteúdo por uma mensagem normalmente utilizada …

CV30. O poderoso anticorpo descoberto por cientistas que dá luta ao novo coronavírus

Investigadores do Fred Hutchinson Cancer Research Center, nos Estados Unidos, descobriram um potente anticorpo, encontrado no sangue de um recuperado de covid-19, que interfere com a superfície espinhosa do novo coronavírus, fazendo com que partes …

Igreja flutuante "nasceu" num canal de Londres

A Denizen Works recentemente concluiu uma igreja flutuante pouco ortodoxa em Londres, no Reino Unido. O projeto tem um novo teto que pode ser baixado ou levantado conforme as necessidades. Batizado de Génesis em homenagem ao …

Compostos de alga vermelha da costa de Peniche eficazes no tratamento do cancro

A alga vermelha “Sphaerococcus coronopifolius” da costa de Peniche possui compostos com atividade antitumoral que podem contribuir para o desenvolvimento de novos fármacos ou potenciar o efeito de fármacos de combate ao cancro já existentes, …

Surto de covid-19 em Vila Flor. Festa de aniversário de autarca gera polémica

A festa organizada por funcionários da Câmara de Vila Flor, no distrito de Bragança, para celebrar o aniversário do seu presidente, está a dar que falar. O município já conta com cerca de 70 infetados. De …

Alberto II da Bélgica conhece filha de relação extraconjugal pela primeira vez

O antigo rei Alberto II da Bélgica encontrou-se pela primeira vez com a filha Delphine de Saxe-Cobourg, depois de anos de negações sobre a paternidade da recém-reconhecida princesa. De acordo com o jornal britânico The Independent, …