Afinal, os carros que se conduzem sozinhos podem não reduzir o trânsito

Ao contrário do que se pensava, os carros autónomos podem não reduzir o trânsito nas estradas. E há uma razão bizarra que explica porquê.

Muito se tem falado sobre os benefícios dos carros autónomos, que prometem tornar as estradas mais seguras e são também amigos da natureza, cortando na poluição e no consumo de energias fósseis. Contudo, esta noção está agora a ser contrariada por um grupo de investigadores.

Um estudo aprovado pela revista Applied Energy sugere que os benefícios dos carros autónomos podem não ser assim tão grandes quanto pensávamos. A investigação feita por cientistas da Universidade de Michigan mostra que o problema pode estar numa comodidade trazida por esta inovação.

Uma vez que estes novos veículos que se conduzem sozinhos vão ser tão convenientes e eficientes, pode levar a que passemos mais tempo nos carros. Pode parecer insignificativo, mas isto pode trazer um sério problema para o trânsito nas estradas.

Apesar de corroborar os aspetos positivos adjacentes à chegada dos carros autónomos, o grupo de cientistas responsável pelo estudo alerta que é necessário repensar se realmente estes novos veículos inteligentes vão conseguir ter impacto na redução do trânsito e do consumo de energia.

“A principal mensagem do estudo é que a viagem induzida de carros autónomos representa um desafio para as metas de redução do uso de energia”, disse, citado pela Universidade de Michigan, Samuel Stolper, um dos cientistas responsáveis pela investigação.

O estudo refere a possibilidade de se verificar o “rebound effect“, que consiste em quando as pessoas economizam dinheiro nas viagens, vão acabar por viajar mais, compensando qualquer tipo de valor que tenham poupado com os carros autónomos.

De acordo com os resultados, os cientistas acreditam que seja necessário pelo menos uma redução de 38% do tempo de viagem para encorajar as pessoas a viajar mais, levando a que não se verifique economia de energia. Além disso, como as viagens de carro ficariam mais baratas e mais convenientes, acabaríamos por passar mais tempo nas estradas.

O portal Science Alert destaca ainda que, com os benefícios dos carros autónomos, as famílias vão passar em média entre 2 a 47% mais tempo nos carros. Os cientistas alertam, portanto, para a possibilidade de o tiro sair pela culatra e os prós dos carros que se conduzem sozinhos, se transformem em contras.

PARTILHAR

RESPONDER

Governo vai monitorizar discurso de ódio na Internet

O Governo vai monitorizar o discurso de ódio nas plataformas online, estando "em vias" de dar início à contratação pública de um projeto que deverá traduzir-se num barómetro mensal de acompanhamento e identificação de sites. Segundo …

Tribunal britânico decide que é Guaidó (e não Maduro) quem manda nas reservas de ouro da Venezuela

A justiça britânica decidiu esta quinta-feira que é o líder da oposição venezuelana Juan Guaidó e não o Presidente Nicolás Maduro quem tem autoridade sobre as reservas de ouro da Venezuela depositadas no Banco de …

Mistério resolvido. Cientistas descobriram como é que as cobras "voam"

Nem todas as cobras se movem arrastando-se discretamente pelo chão. Há uma cobra do género Chrysopelea que parece voar de árvore em árvore. Agora, os cientistas descobriram como é que estes animais se movem pelo …

Mais de 80 mil pessoas registaram-se na Segurança Social desde janeiro

O programa “Segurança Social na Hora”, criado em janeiro deste ano, abrangeu até ao momento 80.700 pessoas, de acordo com os dados divulgados pela ministra do Trabalho, Solidariedade e Segurança Social (MTSSS). Ana Mendes Godinho avançou …

Douro. Poluição regressa a valores anteriores ao estado de emergência

Os valores de contaminação do estuário do rio Douro, que durante o estado de emergência baixaram a níveis só vistos há mais de 30 anos, já regressaram aos valores pré-pandemia. As boas notícias "rapidamente se esfumaram". …

Reino Unido deixa cair pontes aéreas e prepara levantamento da quarentena para dezenas de países

O Reino Unido vai deixar cair o plano para a criação de pontes aéreas e prepara-se para substituir a medida pela isenção de quarentena para dezenas de países. Dezenas de países vão ficar isentos de restrições …

Medina clarifica críticas em público: eram para chefias regionais (e não para Temido)

O presidente da Câmara de Lisboa, Fernando Media, veio esta quarta-feira a público esclarecer as duras críticas que vez relativamente à atuação das autoridades de saúde no combate à pandemia de covid-19. No seu habitual espaço …

Fraude nas viagens entre ilhas e continente. PJ desmantela mais uma rede criminosa

Esta quarta-feira, foi desmantelada mais uma rede criminosa que se aproveitava de forma fraudulenta do subsídio que financia as deslocações dos habitantes dos Açores e da Madeira ao continente. Existem fraudes nos subsídios das viagens entre …

Nova reviravolta. Livro polémico da sobrinha de Trump com luz verde para publicação

Um juiz do Tribunal de Recurso de Nova Iorque levantou na noite de quarta-feira uma proibição temporária de publicação de um livro escrito pela sobrinha do Presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, contendo revelações polémicas. Segundo …

Epidemiologista chefe da DGS abandona cargo. Saída foi "programada"

A chefe da divisão de Epidemiologia e Estatística da Direção-Geral da Saúde, Rita Sá Machado, vai integrar a equipa da Missão Permanente de Portugal junto dos Organismos e Organizações Internacionais das Nações Unidas, em Genebra. A …