Surpresa? Carneiro é o preferido para primeiro-ministro. Montenegro não ganha, nem dentro do PSD

10

Estela Silva/Lusa

O ministro da Administração Interna e candidato à liderança do PS, José Luís Carneiro

Ministro da Administração Interna supera Pedro Nuno Santos e Luís Montenegro – que até é superado numa disputa interna que não existe.

A disputa pela liderança do Partido Socialista (PS) já começou e tem-se apontado constantemente que Pedro Nuno Santos vai vencer.

Até no congresso do Partido Social Democrata (PSD), no fim-de-semana passado, parecia que não estava definido que o adversário é Pedro Nuno. E pouco se falava sobre José Luís Carneiro.

No entanto, é Carneiro que surge como preferido para ganhar as eleições no PS…e as legislativas.

Na sondagem da Universidade Católica para a RTP, Antena 1 e jornal Público, o actual ministro da Administração Interna consegue 38% das intenções de voto contra apenas 29% de Pedro Nuno.

No entanto, e como noutros inquéritos do género, é importante a percentagem de pessoas que não sabem ou não quiseram responder: e neste caso, a percentagem é alta (28%).

Esta sondagem envolveu mais de 1.100 pessoas mas, olhando apenas para os inquiridos que votaram PS nas eleições do ano passado e que devem votar PS em Março, aí é Pedro Nuno Santos quem ganha: 53% das intenções de voto.

Um cenário que se repete entre os portugueses que vão votar CDU, Livre ou PAN nas eleições legislativas antecipadas (45%).

Os dois candidatos no PS já reagiram: José Luís Carneiro diz que uma sondagem “é uma sondagem” mas vê nestes números um sinal “dos militantes do PS”; Pedro Nuno Santos lembra que há três sondagens com resultados diferentes nos últimos dias e sublinha que quem vota em partidos de direita é que prefere José Luís Carneiro.

Carneiro volta a ganhar

Para primeiro-ministro, se a disputa for entre José Luís Carneiro e Luís Montenegro, também é Carneiro que vence: 42% para o socialista, 37% para o social-democrata.

Mas se Montenegro concorrer com Pedro Nuno Santos, voltam os empates técnicos: 40% para o PSD, 39% para o PS. Mais uma vez, há muitos indecisos (21%) nestes dois cenários.

Montenegro perderia no PSD

Luís Montenegro volta a ser derrotado numas eleições que não existem nesta altura: internas no PSD. Esta sondagem mostra que os portugueses preferiam ver Pedro Passos Coelho (37%) como candidato do PSD a primeiro-ministro, ou como alternativa Carlos Moedas (24%).

Luís Montenegro só tem 18% das preferências e surge apenas no terceiro lugar dentro do PSD, com menos de metade dos números de Passos Coelho.

ZAP //

10 Comments

  1. Portanto, se o PS escolher PNS para líder arrisca-se bastante a perder as eleições. Esse risco também existe com JLC, claro, mas é menor. Isto vem complicar as contas para os militantes do PS.

  2. Mas o PS saltou da geringonça logo que viu uma oportunidade. Então e agora o radical dos dois aeroportos (o estoira vergas das barbas), está agora a pensar (se ganhasse) em juntar-se novamente aos comunistas e bloquistas? ! Era a desgraça total do país. Era a Cuba ou Venezuela da Europa. Deus nos livre de tamanha desgraça. Mais valia fugir.

  3. Com a xuxalhada vai valer tudo. O desespero é grande. Esta é a hora fatal para Portugal. Ou reabilita-se e prospera ou torna-se numa Venezuela.

  4. Já falta muito pouco para nos identificar-mos com uma tipica república latino-americana de má memória.
    E quem gosta de fazer comentários a toda a hora, seja onde for, não despristigie o cargo político que exerce e demita-se já para não ser acusado de golpista.

  5. Se PNS ganhar as internas, pela 1º vez na vida não voto PS.
    Sou bem capaz de me abster de votar também pela 1ª vez na vida.

  6. Não vejo uma geringonça em segunda edição. Até porque os comunas devem perder os deputados todos e já não é sem tempo. Da outra que diz que não deve haver vergonha em ir buscar o dinheiro onde há, Deus nos livre. Era assim que fazia o pai dela!!

Deixe o seu comentário

Your email address will not be published.