Carlos Ghosn, presidente da Renault-Nissan, preso no Japão

WEF / Flickr

Carlos Ghosn, Chairman e CEO da Renault-Nissan Alliance

O presidente do conselho de administração da Nissan Motor Co, o franco-brasileiro Carlos Ghosn, foi detido esta segunda-feira em Tóquio após uma investigação das autoridades japonesas por alegadas irregularidades nas suas finanças pessoais.

Segundo informou a emissora de televisão NHK, a detenção foi feita por representantes da procuradoria do distrito de Tóquio.

Carlos Ghosn, nascido no Brasil, descendente de libaneses e cidadão francês, é presidente da Nissan Motor Co e da aliança formada por Nissan, Renault e Mitsubishi Motors. O gestor foi interrogado na capital japonesa após uma investigação a alegadas violações financeiras, no âmbito das quais terá declarado rendimento inferior ao real.

A Nissan Motor Co confirmou em comunicado oficial que Carlos Ghosn estava a ser investigado pela empresa “há vários meses”. Segundo a nota, as investigações estão ligadas a “má conduta” de Ghosn e de outro alto executivo do grupo, Greg Kelly.

“A investigação demonstrou que, durante muitos anos, tanto Carlos Ghosn como Greg Kelly declararam valores de compensação financeira no seu relatório à Bolsa de Tóquio que eram inferiores aos números reais“, segundo o texto da companhia franco-japonesa.

“Também em relação a Ghosn, foram descobertos muitos outros actos significativos de má conduta, como a utilização de bens da companhia para uso pessoal”, acções nas quais Kelly também estará alegadamente envolvido.

Devido a estas denúncias, a direcção do grupo Nissan vai a propor ao conselho de administração que “destitua sem demora” Ghosn e Kelly das suas actuais funções.

Entretanto, as acções da Renault tiveram a maior queda da sessão desta segunda-feira na Bolsa de Paris, tendo caído 8,43%, após a prisão de Carlos Ghosn. Os títulos chegaram a cair 14,1% durante o dia, mas recuperaram parte da forte desvalorização.

// EFE

PARTILHAR

2 COMENTÁRIOS

RESPONDER

Abanca pagou menos de 250 milhões pelo EuroBic

O Abanca ofereceu menos de 250 milhões de euros por 95% do EuroBic, segundo avança o Jornal Económico, o que significa que o banco espanhol avaliou o EuroBic ligeiramente abaixo do múltiplo a que transaciona …

Alegado escritor-fantasma confessa que recebeu pagamentos de Sócrates

Domingos Farinho, alegado escritor-fantasma do livro de José Sócrates "A Confiança no Mundo", confessou que recebeu pagamentos do ex-primeiro-ministro através da RMF Consulting. No requerimento de abertura de instrução que apresentou em janeiro de 2020, o …

Os cavalos perdem quatro dedos no útero

Os cavalos têm apenas um dedo em cada pata, sendo os cascos o equivalente à falange dos nossos dedos médios. No entanto, os seus ancestrais tinham mais dedos em cada pata, variando entre três e …

"Década perdida". Novo Banco com prejuízos de 1.058,8 milhões em 2019

O presidente executivo do Novo Banco disse esta sexta-feira que os últimos dez anos foram uma "década perdida" para a empresa que começou por ser BES e passou em 2014 a Novo Banco, mas …

Estados Unidos assinam acordo de paz com os talibãs no Afeganistão

O presidente norte-americano, Donald Trump, pediu esta sexta-feira aos afegãos para "aproveitar a oportunidade de paz", ao abrigo do acordo de paz que os Estados Unidos vão assinar no sábado com os rebeldes talibãs. A …

Portugal poderá ter um milhão de infetados (e ser decretada quarentena obrigatória)

A diretora-geral da Saúde, Graça Freitas, admite que poderá haver um milhão de portugueses infetados pelo Covid-19, 21.000 na semana mais crítica, assegurando que as autoridades de saúde estão a preparar-se para esta possibilidade. “Estamos a …

Descobertos na Sibéria vestígios do Evento de Tunguska, um dos maiores impactos na Terra

Um grupo de investigadores russos que investigam o fenómeno de Tunguska de 1908, o maior impacto terrestre registado na história moderna, descobriu camadas em sedimentos locais que podem conter substâncias de origem extraterrestre. A 30 de …

Exoplaneta gigante pode ter as condições ideais para abrigar vida

Uma equipa de cientistas da Universidade de Cambridge, no Reino Unido, descobriu que o enorme exoplaneta K2-18b - tem duas vezes o tamanho da Terra - pode reunir as condições ideais para abrigar vida. Depois de …

A Terra pode ter uma nova (e temporária) mini-lua

A Terra pode ter um novo vizinho, ainda que temporário. Astrónomos do Catalina Sky Survey, programa financiado pela NASA, acreditam ter identificado um asteróide que ficou preso na gravidade da Terra - pode ser a …

Príncipe italiano vende massa fresca numa roulote nos Estados Unidos

O príncipe italiano Emanuele Filiberto é dono da "Princípe de Veneza", a única roulote que vende massa fresca em Los Angeles, nos Estados Unidos. Harry e Meghan Markle podem bem pôr os olhos neste exemplo de …