Capitão da Força Aérea esteve 35 anos desaparecido. Estava escondido na Califórnia

(dr) US Air Force

William Howard Hughes Jr. esteve 35 anos desaparecido e a viver sob uma identidade falsa

O Capitão da Força Aérea norte-americana esteve 35 anos desaparecido. Foi encontrado, na semana passada, a viver na Califórnia com uma identidade falsa.

A 17 de julho de 1983, William Howard Hughes Jr. telefonou aos pais a avisar que ia para a Holanda. O Capitão da Força Aérea norte-americana foi enviado numa missão da NATO e estava previsto regressar no início do mês seguinte.

Na altura, o oficial tinha 33 anos e liderava o gabinete de análise de vigilância na base aérea de Kirtland, no Novo México. Na data prevista do seu regresso, Hughes não apareceu. 35 anos depois, o norte-americano foi “apanhado”, escreve o Washington Post.

Nos dias a seguir ao desaparecimento, os investigadores encontraram o seu carro no Aeroporto Internacional de Albuquerque e, no interior da sua casa, estavam duas listas: uma com coisas que tinha para fazer e outra com os livros que queria ler quando voltasse.

De seguida, as imagens de sistemas de videovigilância mostravam Hughes, no dia 22 de julho, a levantar mais de 28 mil dólares, cerca de 24 mil euros, de 19 bancos diferentes nessa mesma região.

Segundo o jornal, os investigadores começaram a supor que o capitão tinha voltado mais cedo da missão em território holandês e desapareceu. Outros especularam que Hughes tinha desertado para a União Soviética com informação confidencial, uma ideia que alimentou teorias da conspiração durante vários anos.

Por seu lado, a família temia antes o rapto. Na altura, a irmã, Christine Hughes, defendeu que o irmão nunca iria desertar ou desaparecer sem avisar. “Seria uma coisa totalmente contrária ao carácter da pessoa que conhecemos”, afirmou à Associated Press em 1984. Mas, pelos vistos, parece ter sido precisamente o que Hughes decidiu fazer.

Na semana passada, quase 35 anos depois do seu desaparecimento, a Força Aérea norte-americana encontrou Hughes a viver descansadamente na Califórnia, sob a identidade falsa de “Barry O’Beirne”. O oficial foi detido em casa com uma acusação de deserção.

O norte-americano surgiu nos radares das autoridades depois de ter sido sinalizado numa investigação por fraude de passaportes. Confrontado pelas “inconsistências na identidade”, o homem confessou o seu nome verdadeiro e admitiu que fugiu por se sentir “deprimido na Força Aérea”.

Hughes encontra-se agora à espera de julgamento e enfrenta uma possível pena de cinco anos de prisão e uma dispensa desonrosa da Força Aérea.

ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Portugal ultrapassa Estados Unidos em população com vacinação completa

EUA vivem atualmente um planalto no seu processo de vacinação, com pouco mais de meio milhão de cidadãos a serem vacinados diariamente. Desaceleração no ritmo de inoculações é atribuída a motivações pessoais da população e …

Mulher que vestia camisola com capa do Charlie Hebdo ferida em Londres

Uma mulher que vestia uma camisola estampada com uma capa da revista satírica francesa Charlie Hebdo foi ferida levemente com arma branca no domingo em Hyde Park, em Londres, informou a polícia, que pediu colaboração …

Novo Banco. Comissão de inquérito aprova que resolução do BES foi "fraude política"

A comissão de inquérito ao Novo Banco aprovou uma proposta do PCP de alteração ao relatório referindo que a resolução do BES e a sua capitalização inicial, de 4.900 milhões de euros, foi "uma fraude …

BCP prevê saída de mais de 800 trabalhadores e admite despedimento coletivo

O presidente do BCP disse esta segunda-feira que deverão sair do banco mais de 800 trabalhadores, abaixo da meta inicial de 1.000, mas que depende dos funcionários que aceitarem rescindir e mantém a possibilidade de …

Jogos Olímpicos. Ouro e prata para atletas de...13 anos

Pódio muito jovem na estreia do skate feminino. A espreitar o pódio ficou uma norte-americana com quase o triplo da idade. O skate está a "viver" os seus primeiros dias na história dos Jogos Olímpicos. Inserido …

SEF e PSP reforçam fiscalização às regras aplicáveis nas viagens de avião

O SEF e a PSP reforçaram a fiscalização nos aeroportos às regras do tráfego aéreo devido às variantes de covid-19 e ao aumento do número de voos previsto para as próximas semanas, segundo um despacho …

Ramalho Eanes defende que Otelo "tem direito a lugar de proeminência" na História

O ex-presidente da República Ramalho Eanes defendeu esta segunda-feira que Otelo Saraiva de Carvalho, falecido no domingo, tem direito a um "lugar de proeminência histórica", apesar "da autoria" do que considerou "desvios políticos perversos, de …

Hidilyn Diaz dá primeira medalha de ouro de sempre às Filipinas

A filipina Hidilyn Diaz deu esta segunda-feira a primeira medalha de ouro de sempre ao seu país em Jogos Olímpicos, ao conquistar a categoria de -55 kg de halterofilismo em Tóquio2020. Depois de ter sido segunda …

Londres e Paris assinam acordo de segurança marítima para o Canal da Mancha

Os governos britânico e francês assinaram esta segunda-feira um tratado de cooperação em segurança marítima em caso de ameaças, como ataques a navios que operam no Canal da Mancha. O Governo do Reino Unido explicou, em …

Estudantes ingleses deverão estar vacinados contra a covid-19 para assistir a aulas nas universidades

Governo britânico estará a considerar a obrigatoriedade de apresentação de certificado de vacinação contra a covid-19 nas salas de aula, auditórios e residências das universidades, não estando previstas na medida alternativas como um teste negativo …